Conecte-se agora

Idaf prorroga campanha e produtores tem até 31 de dezembro para declarar rebanhos

Publicado

em

Foto: Marcos Vicentti/SECOM-AC

Detentor da condição sanitária de estado livre de febre aftosa sem vacinação, o Acre não realiza mais as duas campanhas anuais de imunização contra a doença. No entanto, os produtores continuam com a obrigação de declarar os rebanhos nos períodos em que ocorriam as campanhas – com início em maio e novembro.

A declaração dos rebanhos de todas as espécies animais existentes nas propriedades rurais – bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos, suínos, equídeos e aves – continua sendo obrigatória e deveria ter sido feita entre 1º de novembro e 15 de dezembro nas unidades do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf).

Com a baixa adesão à campanha ocorrida nesta segunda etapa, o diretor-presidente do Idaf, José Francisco Thum, resolveu prorrogar a 2ª etapa da Declaração de Rebanhos Pecuários para o dia 31 de dezembro de 2020. Após esse prazo, os produtores que não realizarem o procedimento serão considerados inadimplentes e poderão ser autuados e multados.

Com as medidas adotadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde (MS) para prevenção e controle da Covid-19, o Idaf vem disponibilizando formas mais rápidas e que não causem aglomerações nas unidades. Assim, a declaração de rebanhos poderá ser realizada por meio do endereço eletrônico gta.ac.gov.br, na modalidade Produtor online.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas