Conecte-se agora

Polícia Federal e Exército acabam com retirada ilegal de madeira e prendem três pessoas

Publicado

em

Uma ação conjunta entre a Polícia Federal e o Exército Brasileiro num assentamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma agrária (Incra) nessa quinta-feira, 10, no município de Xapuri, resultou na descoberta de desmate e retirada ilegais de madeira de lei. Foram apreendidas motosserras e três pessoas foram presas e levadas para a Delegacia da PF em Epitaciolândia.

Os policiais chegaram ao local graças a informações fornecidas pela Plataforma PF-SCCON do Programa Brasil M.A.I.S. Essa tecnologia conta com a constelação de satélites PLANET, que captura imagens diariamente e, por meio de um algoritmo automatizado, detecta a ocorrência de desmatamentos e outras alterações. A Polícia Federal também contou com a utilização de drone e de outras tecnologias de captura de imagem.

Os conduzidos responderão pela prática de derrubada de espécies consideradas madeira de lei, crime previsto no art. 45 da Lei 9.605 de 12 de fevereiro de 1998 cuja pena pode chegar a 2 anos de reclusão e multa.

Madeira de lei

Madeira de Lei designa as espécies como o Ipê, Pau-ferro, Jatobá, Jacarandá e o Angelim, que , por sua qualidade e resistência, principalmente ao ataque de insetos e umidade, duram mais que as outras. São aptas para emprego em construção civil, naval, confecção de móveis, coronha de armas, instrumentos musicais.

Apresentam aparência com cores marcantes, do bege-amarelado passando pelo amarelo, vermelho a marrom escuro, dependendo da espécie; a superfície costuma ser lisa e lustrosa.

A origem do termo remontaria ao tempo da chegada da família de Dom João VI ao Brasil. Na “lei” foram estabelecidas algumas espécies para uso exclusivo da coroa, notadamente para a construção naval e de dormentes de ferrovias.

Anúncios

Cidades

Funcionários batem ponto e fazem buzinaço em frente à prefeitura de Epitaciolândia

Publicado

em

A queda de braço entre os servidores da Educação e o prefeito de Epitaciolândia, Sérgio Lopes (PSDB), por conta da decisão do gestor municipal de retirar dos contracheques, a partir de janeiro passado, um reajuste de salário concedido em 2016, pelo ex-prefeito André Hassem, posteriormente tornado nulo pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-AC), teve mais um capítulo nesta quarta-feira (3).

Como prometeram em manifestação realizada no dia anterior, os trabalhadores da categoria bateram ponto e fizeram um buzinaço em frente à prefeitura. Eles dizem que permanecerão no local até que o município encontre uma solução para o problema que, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), deixou parte deles recebendo menos que o salário-mínimo.

Os servidores exigem a devolução imediata dos valores descontados e o prefeito diz que não pode atender a reivindicação por impedimento legal. Tanto André Hassem quanto Tião Flores, antecessores de Lopes, foram condenados pelo TCE-AC a devolver recursos para os cofres públicos em razão dos pagamentos considerados irregulares, que somados ultrapassam os R$ 3 milhões.

O ac24horas já conversou com os dois lados da questão por mais de uma oportunidade. O prefeito tucano garante que continuar pagando o reajuste tornado nulo pelo Tribunal de Contas também será sentenciado a devolver os valores. Por outro lado, o Sinteac diz que há saídas possíveis para o prefeito não manter a redução dos vencimentos dos trabalhadores, mas que há falta de vontade para isso.

O prefeito Sérgio Lopes contra-ataca afirmando que o movimento dos trabalhadores não é unânime e tem viés político-partidário. Ele diz que entre os incentivadores das manifestações que vêm ocorrendo há quase duas semanas estão alguns dos adversários que foram derrotados por ele nas eleições de novembro passado, como a professora Neide Lopes, que disputou a prefeitura pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Continuar lendo

Cidades

“Permitir que governadores e prefeitos comprem vacinas é preservar mais vidas”, diz Jéssica Sales

Publicado

em

A deputada Jéssica Sales (MDB) comemorou a aprovação nesta terça-feira, 2, do encaminhamento à sanção presidencial do Projeto de Lei que permite aos estados, municípios e setores privados comprarem vacinas para imunizar a população e colaboradores. Da parte do setor privado, ressalta a parlamentar, a metade das doses adquiridas serão doadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), resultando em mais vacinas para imunização de milhares de brasileiros.

A parlamentar garante que a saúde é uma das prioridades de seu mandato e que desde o início da pandemia tem voltado suas atenções para medidas de enfrentamento da Covid-19. Dentro da cota de emendas de bancada, Sales destinou neste ano de 2021, mais R$ 950 mil para ações de combate a doença.

Outra importante medida aprovada pela Câmara para a deputada é a que autoriza R$ 2,5 bilhões para o Ministério da Saúde comprar cerca de 40 milhões de doses de vacinas através da participação no consórcio de países, Covax Facility.

“Temos pressa! Agregar parcerias é ampliar vacinação e isso significa mais vidas preservadas! As pessoas anseiam por isso, clamam por mais vacinas, querem estar imunizadas para se resguardarem e poderem voltar à normalidade”, disse Jéssica.

Continuar lendo

Cidades

Idosos se emocionam ao receber a primeira dose da vacina contra Covid-19 em Xapuri

Publicado

em

O início da vacinação de idosos das faixas etárias de 74 a 89 anos de idade, em Xapuri, nesta terça-feira (2), teve momentos de emoção quando alguns deles manifestaram gratidão e até mesmo oraram durante o ato de imunização.

A funcionária pública municipal Delzira Alves Figueiredo rezou um Pai Nosso enquanto recebia a vacina. O momento foi registrado em vídeo pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

O aposentado federal Dalmo Rufino da Silva, de 71 anos de idade, foi outro que recebeu a imunização. Ele agradeceu o atendimento da equipe de saúde e incentivou a ação.

“O acolhimento pela equipe de imunização foi muito bom, com descontração e toda a orientação a respeito do processo de vacinação. É uma ação muito importante no combate a essa doença e eu incentivo os demais a fazer o mesmo”, disse.

Xapuri enfrenta um momento de muitos casos graves e de mortes por Covid-19. Nas últimas 24 horas, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), foram registrados mais dois óbitos pela doença no município, elevando o total para 25.

Em números absolutos, Xapuri tem o maior acúmulo de infecções pelo coronavírus no Alto Acre. São 2.637 casos registrados desde o começo da pandemia, o que representa cerca de 40% dos registros de todos os municípios da regional.

Continuar lendo

Cidades

Caminhão pipa do Depasa leva água para os 28 mil atingidos pela cheia em Tarauacá

Publicado

em

O Depasa usa carro-pipa para levar água potável às famílias desabastecidas em Tarauacá neste pós-alagação.

Segundo a prefeitura, o pipa veio a pedido do governador Gladson Cameli para atender as mais de 28 mil pessoas foram atingidas pela alagação e estão sem água em suas casas.

“Agradecemos por mais este ato do Governo do Estado que nos cedeu um carro-pipa que está distribuindo água potável para as famílias atingidas pela cheia dos rios Tarauacá e Muru. Estamos unindo esforços para ajudar todos que foram prejudicados por esta alagação”, disse a prefeita Maria Lucinéia.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas