Conecte-se agora

Preço do material de construção não para de subir no Acre

Publicado

em

Publicado nesta terça-feira (8) pelo IBGE, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) subiu 1,54% em novembro no Acre, com acumulado de 7,44% em 2020, em valores que levam em conta a desoneração da folha de pagamento.

Assim, o preço para se construir no Acre é de R$1.383,16 por metro quadrado, o 2º maior valor do país, perdendo apenas para o de Santa Catarina (R$ 1.417,38/m2).

Os preços do material de construção vem em uma escalada parecida com a dos alimentos -não param de subir, pois há dois meses o metro quadrado no Acre custava R$ 1.348,16, alta de R$ 35 no período.

No País, o aumento médio foi de 1,38% ficando 0,11 ponto percentual acima da taxa de outubro (1,71%) e registrando o maior índice de 2020. O acumulado nos últimos doze meses é de 8,30%, resultado bem acima dos 6,48% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. No ano, o acumulado ficou em 8,06%. Em novembro de 2019 o índice foi 0,11%.

O custo nacional da construção, por metro quadrado, que em outubro fechou em R$ 1.229,72, passou em novembro para R$ 1.252,10, sendo R$ 687,02 relativos aos materiais e R$ 565,08 à mão de obra.

A parcela dos materiais, com alta significativa mais uma vez, cresceu 3,15%, taxa próxima à observada no mês anterior (3,17%). Frente ao índice de novembro de 2019 (0,17%), a variação da parcela dos materiais cresceu 2,98 pontos percentuais.

Já a parcela da mão de obra, com três reajustes observados, registrou alta de 0,25%, subindo 0,21 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,04%) e 0,20 ponto percentual se comparado a taxa de novembro de 2019 (0,05%).

Os acumulados de janeiro a novembro de 2020 são 13,43% (materiais) e 2,15% (mão de obra), já o acumulado dos últimos doze meses ficaram em 13,28% (materiais) e 2,75% (mão de obra).

Cotidiano

Quase 2 mil doses de vacina contra gripe e Covid-19 foram aplicadas em comunidades isoladas

Publicado

em

A Operação Gota aplicou cerca de duas mil doses de vacina contra gripe e Covid-19 a moradores de comunidades isoladas do Acre em quatro dias de missão. A operação começou em 14 de junho e termina nesta segunda-feira (21).

Na região de Sena Madureira a equipe vacinou moradores das comunidades Oriente, Nova Olinda, Campo Ozório e Recife, Novo Destino, Lua Nova, Granja e Cuidado, totalizando em 951 pessoas vacinadas e 1.151 doses aplicadas. Já no município de Feijó as comunidades atendidas foram Humaitá, Novo Porto e Boca do Recreio, Canadá, Porto Rubim e Boa Vista, sendo 452 pessoas vacinadas e 698 doses aplicadas.

“Todo o trabalho tem sido executado com muito sucesso. Nesses quatro dias estamos indo em várias comunidades, atendendo em lugares mais distantes e de difícil acesso, o sentimento é de muita alegria em podermos estarmos contribuindo e avançando no processo de imunização”, afirma a chefe da Rede de Frios da Secretaria de Estado da Saúde, Renata Quiles, em entrevista à Agência de Notícias do Acre.

Foram 1.403 pessoas atendidas e 1.849 doses aplicadas no período. A ação conta com o apoio da aeronave da Força Aérea Brasileira e das equipes técnicas do estado e dos municípios.

Continuar lendo

Cotidiano

Aposta de São Paulo leva prêmio acumulado de R$ 7 milhões da Mega-Sena

Publicado

em

Uma aposta de São Paulo acertou sozinha as seis dezenas do concurso 2.382 da Mega-Sena, sorteadas na noite deste sábado (19) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio é de R$ 7 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 06 – 09 – 19 – 38 – 53 – 55.

A quina teve 52 acertadores; cada um receberá R$ 41.816,28.

A quadra teve 4.044 apostas vencedoras; cada uma levará R$ 768,13.

O próximo concurso (2.383) será na quarta-feira (23). O prêmio é estimado em R$ 2.5 milhões.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Continuar lendo

Cotidiano

Mutirão de vacinação imunizou quase 5 mil pessoas em Rio Branco

Publicado

em

O mutirão do Palácio Rio Branco em parceria com a prefeitura de Rio Branco, realizado para vacinar o público acima dos 45 anos, imunizou 4.690 pessoas em apenas 48 horas.

De acordo com a porta-voz do governo, Mirla Miranda, os profissionais imunizaram 126 gestantes/puérperas. “O governo chamou e a população atendeu”, explicou.

Continuar lendo

Cotidiano

Acre movimentou R$ 459,3 milhões em obras e serviços em 2019

Publicado

em

Cerca de 129 empresas com 5 ou mais pessoas ocupadas atuantes no Acre no ano de 2019 realizaram incorporações, obras ou serviços da construção no valor de R$ 459,3 milhões. Os dados foram divulgados agora pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Estas empresas registraram um total de R$ 83,7 milhões em pagamento de salários, retiradas e outras remunerações.

Segundo a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC) divulgada neste mês de junho de 2021, foi declarado número de 3.228 pessoas ocupadas em 31 de dezembro daquele ano. Do montante total de receita bruta de incorporações, obras ou serviços da construção, 94,8% correspondeu ao valor de obras ou serviços de construção, enquanto 5,2% foi de receita bruta de incorporações de imóveis construídos por outras empresas.

Empresas atuando em segmentos caracterizados por investimentos de longa maturação, como é o caso de parte significativa das atividades da indústria da construção, possuem uma ampla capacidade de geração de empregos ao longo do seu planejamento, desenvolvimento e operacionalização.

De acordo com a PAIC 2019, a indústria de construção com atuação no Acre ocupou 3.228 pessoas, sendo que as empresas da construção e serviços da construção com sede no Acre ocuparam 2.658 pessoas, o que representa uma queda de 59,1% na comparação com o ano de 2010 (6.502), mas mostra o primeiro resultado positivo de criação de vagas desde 2014.

O número de pessoas ocupadas na indústria da construção caiu 13,1% em 2019 na comparação com o ano anterior, com perda de 402 postos de trabalho.

Gastos com pessoal representam 34,1% da soma de custos e despesa da indústria da construção, sendo o principal item de custos e despesas dessa atividade, tanto em 2010 (24,%) quanto em 2019 (34,1%). O consumo de materiais de construção registrou queda de 52,1% para 25,5% do total.

O número de empresas no setor de construção com sede no Acre passou de 149 em 2010 para 111 em 2019. Porém, comparando-se com pico da série histórica, em 2014, (quando havia 182 empresas com 5 ou mais pessoas ocupadas) houve uma queda de 39% (ou 71 empresas a menos). Entre 2018 e 2019, houve redução de 8,2% em número de empresas da construção com sede no Acre com 5 ou mais pessoas ocupadas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.