Conecte-se agora

“Isaac dará adeus ao PT”

Publicado

em

O prefeito reeleito de Mâncio Lima, Isaac Lima, irmão do deputado estadual Jonas Limas, ambos do PT, será o primeiro a deixar o partido de Jorge Viana. Sua filiação ao PROGRESSISTA deverá ocorrer nos próximos dias, segundo informou um dos principais dirigentes do partido, que também é deputado estadual.

A informação chegou ao ac24horas durante encontro na presidência da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, onde se encontravam vários parlamentares. Isaac Lima deverá vir nos próximos dias para a capital encontrar-se com o governador Gladson Cameli e a cúpula do PP.

O ac24horas tentou contato com o deputado Jonas Lima para saber sua posição em relação a saída do prefeito Isaque. Apesar te ter visto a mensagem pelo WhatsApp não respondeu. Entretanto, Jonas Lima manifestou por diversas vezes sua insatisfação com segmentos do partido. Ele sempre teve uma relação conflituosa com a Democracia Radical (DR), comandada pelo professor Nepomuceno Carioca.

Cavalo de pau

PT, PCdoB e demais partidos de esquerda que estariam propensos a votar no candidato a prefeito do PP, Tião Bocalom, devem dar um cavalo de pau com a entrada do presidente Jair Bolsonaro.

Entre Socorro e Bolsonaro

O presidente aparece em um vídeo com o senador Márcio Bittar (MDB) declarando apoio ao candidato do PROGRESSISTA. A esquerda tem mais razões para detestar Bolsonaro do que a prefeita Socorro Neri. Ou ambos, quem sabe!? Abstenções, brancos e nulos devem aumentar.

Leo no Vale

O deputado federal Leo de Brito (PT) esteve visitando os municípios de Assis Brasil, Brasiléia e Xapuri que serão administrados pelo PT a partir de 2022. Leo do PT, no primeiro mandato, era um dos representantes da região. Em 2022 terá o apoio da prefeita Fernanda Hassem, Bira Vasconcelos e Jerry Correia possivelmente garantindo a reeleição. É um parlamentar atuante.

Saindo do fundo do poço

O PT que vinha em queda livre desde a eleição de 2018 no Acre estabilizou com a eleição de quatro prefeitos. O partido aposta se reerguer dos escombros a partir de 2022 elegendo deputados estaduais, federais, compondo com um candidato a vice-governador ou indicando um nome ao Senado. Bons nomes têm.

“O poder é efêmero, e a força, caduca”. (Sobral Pinto)

. Sobre a efemeridade do poder…

. A política exerce um movimento incontrolável de sobe e desce.

. É comum ver alguém que estava no topo, nos píncaros da glória, como diria Vicente Celestino, ser vaiado em pleno picadeiro de um circo ou na rua.

. Poder, dinheiro e fama são efêmeros.

. Aqui no Acre, por exemplo, vemos vários políticos que foram muito importantes, mas que hoje amargam o ostracismo.

. Esses temas pautaram as discussões dos pais da política (e da democracia) em Atenas, na Grécia antiga.

. O que não é efêmero: Justiça, amizade, honestidade, lealdade, honra, coragem, integridade, Deus.

. Valores que devem ser eternos.

. Esses valores não poderiam ser relativizados como defendiam os sofistas para quem, “O homem era a medida de todas as coisas”, (Protágoras).

. Ou seja, cada um constrói suas próprias verdades, daí (como diz Bozena) tem muitos desdobramentos.

. Não parece, mas a coisa é séria!

. O nosso problema é a pandemia (não a do coronavírus), mas a outra!

. Bom dia!

Anúncios

Coluna do Astério

É pouco, mas é com amor; a oferta da viúva

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Religião e política, onde se situa Jesus?

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Bolsonaro e a síndrome do Adão!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Por quem os sinos dobram?

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas