Conecte-se agora

MPE pede impugnação de candidatura de Zequinha Lima

Publicado

em

Ministério Público do Acre (MPAC), por meio da promotora eleitoral, Manuela Canuto de Santana Farhat, pediu ao juiz titular da 4ª Zona Eleitoral, Marlon Martins Machado, a impugnação da candidatura de Zequinha Lima (PP) a prefeito de Cruzeiro do Sul.

A alegação é de irregularidade na prestação de contas de Zequinha da campanha de 2016 junto à Justiça Eleitoral, quando foi candidato como vice-prefeito de Ilderlei Cordeiro, com quem Zequinha foi cassado em julho deste ano. Ao contrário de Ilderlei, Zequinha não ficou inelegível pelo Tribunal Regional Eleitoral.

A promotora diz ao juiz que a candidatura não pode ser deferida tendo em vista que à Zequinha falta condição de elegibilidade, posto que não se encontra quite com a Justiça Eleitoral. “A decisão que julga não prestadas as contas de campanha impede o candidato de obter a certidão de quitação eleitoral durante o curso do mandato ao qual concorreu, persistindo esses efeitos, após esse período, até a efetiva apresentação das contas”.

Conforme relatório em anexo, consta que “a requerente deixou de prestar contas com a Justiça Eleitoral, com data de julgamento em 02/10/2016″, cita ela.

O candidato Zequinha Lima diz que a sua defesa está cuidando do caso e que “não há nada de errado com a prestação de contas”.

Na rede

Aldeia no interior do Acre tem 52 indígenas com doença respiratória; uma criança morreu

Publicado

em

A Terra Indígena Kaxinawá Boa vista, localizada em Feijó, interior do Acre, onde morava a criança de 1 ano que morreu com síndrome respiratória aguda grave no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, vive um surto de infecção respiratória e 52 pessoas estão infectadas, informou ao ac24horas o Distrito Sanitário Especial Indígena – (Dsei) do Juruá.

Nas aldeias Novo Segredo e Nova Olinda a situação não é diferente. Segundo o Dsei, os casos não são graves e todos são atendidos nas próprias comunidades sem necessidade de transporte até Cruzeiro do Sul, como foi o caso da criança morta.

“No dia 25/06 o Dsei/mandou uma equipe médica e de enfermagem para o referido território, Boa Vista , Novo Segredo e Nova Olinda . Foram atendidos 52 casos de IRAS e 5 DDA.Visando o controle do surto de infecção respiratória registrado na Aldeia Boa Vista. As equipes realizam monitoramento e vigilância dos casos, garantindo a estabilidade do quadro de saúde de todos os residentes no local”, pontua o Dsei.

O órgão destaca ainda que a Terra Indígena, no Médio Rio Envira, recebe mensalmente atendimentos de atenção primária em saúde por meio da Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena do Departamento.

Criança morta

Quanto a Rauani Kaxinawá, de 1 ano, que morreu por síndrome respiratória aguda, o Dsei afirma que no último dia 24 um Agente Indígena de Saúde informou à enfermeira responsável pelo Base Feijó sobre quadro do menor indígena, que apresentava sintomas gripais e dificuldade para respirar.

O Distrito viabilizou a ida de um helicóptero até o local com um profissional de saúde, transportando a Criança para Hospital Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Segundo o Dsei foi informado às 00h27min, sobre a morte da criança.

“A equipe do Dsei deu suporte e acompanhamento desde a chegada da criança ao hospital até às últimas horas”, pontuou. Não há informações sobre o traslado e enterro da criança.

O helicóptero utilizado para o transporte da criança do Envira até Cruzeiro do Sul, no último dia 24, substituiu a aeronave que caiu no dia 27 de maio na região do Rio Crôa.

Continuar lendo

Na rede

Prefeito assina ordem de serviço para reforma de UBS’s e obras em Mâncio Lima

Publicado

em

O prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima, assinou nessa quarta-feira, 29, a ordem de serviço para reforma de três Unidades Básicas de Saúde do município e do Centro de Atenção Psicossocial, o CAPS Nova Vida.

Os recursos para a reforma das Unidades Quintino Rio Branco Lebre, Sofia Barreto e Wilson Batista Siqueira são provenientes de repasse do Governo Federal e recursos próprios, no valor de R$ 329 mil com execução prevista para 12 meses.

“A área da saúde está passando por uma revolução tanto na aquisição de equipamentos e insumos quanto na construção e reformas de UBS”, pontuou o prefeito.

Canteiro de obras

Obras entregues, outras em fase de conclusão e algumas sendo licitadas e iniciadas, assim tem sido o ritmo da atual gestão fazendo de Mâncio Lima um verdadeiro canteiro de obras, gerando renda e empregos e mudando o cenário da cidade.

Duas obras, o Complexo esportivo Totão e a Praça do Bairro São Francisco estão com mais de 70% concluídas. No Totão foram investidos mais de R$ 2,9 milhões, recursos oriundos de emenda parlamentar da Deputada Federal Jessica Sales.

O Complexo vai ganhar uma piscina olímpica, palco para shows com vestiários, ampliação do muro, melhorias no Ginásio e nas quadras de vôlei de areia além de melhorias na cobertura e arquibancada.

No bairro São Francisco a comunidade vai receber um espaço de lazer e de convivência totalmente novo, uma praça ampla e moderna com investimentos de mais de R$ 730 mil. No local é realizada uma das maiores festas religiosas da cidade, o novenário de São Francisco de Assis.

Ramais

Os ramais de Mâncio Lima estão passando por intervenção, oferecendo trafegabilidade de inverno a verão. Uma parceria assinada entre a prefeitura de Mâncio Lima e o Governo do Estado por meio do DERACRE possibilita melhorias e construção de mais de 300 metros de pontes.

Continuar lendo

Na rede

Supostos garimpeiros alertam descoberta de ouro e diamante no Acre; polícia nega

Publicado

em

Áudios compartilhados por dois homens está circulando nas redes sociais afirmando a descoberta de ouro e diamante no Parque Nacional da Serra do Divisor, conhecido também por Serra do Môa, unidade de conservação federal de proteção integral no interior do Acre. Os mais de 800 mil hectares do parque estão distribuído nos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves e abrigam a maior biodiversidade da Amazônia.

“Estourou uma grota de ouro e diamante na Parque do Môa e o bagulho tá doido lá. Tem garimpeiro virado no cará…. Vamos para cima porque quem quem chega primeiro bebe água limpa”, conta um homem que seria um garimpeiro.

A outra voz masculina presente no áudio destaca que há ameaça de polícia na área e que “no Cruzeiro no Acre até as botas dos peões saem sujas de ouro”, conta.

Mas a notícia sobre a descoberta e a “corrida” do ouro foi considerada falsa pelos moradores e autoridades locais.
Argemiro Oliveira, o Miro, dono de uma pousada no Parque, disse que não há ouro nem diamante no local e nem há garimpeiros na região. “Aqui nem se ouve falar disso e está tudo calmo. Não tem garimpeiros, só turistas”, relata

A gerente de outra pousada do Parque, Ediléia Cavalcante, que também faz o transporte de turistas para o local, relata que a procura para chegar ao local, é exclusivamente de turistas. “O que cresceu foi só a procura de turistas mesmo desde o início do ano”.

A Assessoria de Comunicação da prefeitura de Mâncio Lima diz não ter conhecimento sobre a descoberta nem da corrida do ouro até a Serra, o que é feito por meio do Porto do Rio Japiim, que dá acesso ao Rio Môa. “Pelo município de Mâncio Lima não está subindo garimpeiro para o Parque”, informa.

O delegado de Polícia Civil, José Obetânio, diz não ter observado aumento de pessoas de fora no município.

Para entrar no parque, é necessário a autorização do Instituto Chico Mendes-ICMBio e no caminho, na localidade São Salvador, há um posto do Exército Brasileiro. Uma equipe do Instituto Chico Mendes-ICMBio está no local mas também não faz Operação de fiscalização nem combate à atividades de garimpo de ouro e diamante.

Uma equipe do IBAMA está no Vale do Juruá desde o final de semana mas a missão não se refere ao Parque Nacional da Serra do Divisor. A Assessoria de Comunicação da Polícia Federal diz não ter conhecimento do assunto.

Maior biodiversidade da Amazônia

Criado em 16 de junho de 1989, o Parque Nacional da Serra do Divisor é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral da natureza localizada no estado do Acre, na fronteira com o Peru, com território distribuído pelos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves. No local há cachoeiras, trilhas e cavernas e a maior biodiversidade da Amazônia. Próximo ao Parque há as Terras Indígenas Nukini e Nawa.

OUÇA O ÁUDIO:

Continuar lendo

Na rede

Prefeitura de Rodrigues Alves recupera ramais na Foz do Paraná

Publicado

em

A prefeitura de Rodrigues Alves além do serviço asfáltico e tapa-buraco na sede do município, também trabalha na melhoria dos ramais das comunidades rurais. Na Foz do Paraná a Secretaria de Obras recupera a via principal da vila, que estava intrafegável.

Foram mil metros de recuperação da via, com o serviço de limpeza e camada vegetal, garantindo a trafegabilidade no local.

O trabalho foi acompanhado pelo prefeito Jailson Amorim, que anunciou a reconstrução da quadra de esporte, mil metros de calçada e a reforma de duas escolas no local. “Estamos com a nossa equipe da Secretaria de Obras melhorando a condição dessa via. São mais de mil metros de melhoria e também quero informar aos moradores que vamos iniciar a recuperação da quadra de esportes, que estava parada há 11 anos. Além disso, vamos reformar duas escolas e entregar mil metros de calçadas em agosto”, afirma o gestor.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!