Conecte-se agora

Governo Federal disponibiliza atividades de promoção e prevenção à saúde mental

Publicado

em

O Brasil é o primeiro país do mundo em incidência de ansiedade e o segundo em casos de depressão. Quando nós falamos de jovens na faixa entre 15 e 24 anos, o segundo maior número de mortes no país é causado por suicídio e agora tivemos aumento nos casos de automutilação.

Setembro marca o mês da campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. Com foco no tema, o Ministério da Saúde lançou as “Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida”, uma série de atividades educativas que contemplam a realização de quatro ciclos de promoção e prevenção em saúde. No primeiro ciclo, essas atividades são voltadas à prevenção do suicídio e da automutilação.

A iniciativa conta com o apoio do Ministério da Educação e do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, e instituições como a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). As ações incluem cursos a distância, palestras e elaboração de materiais para ampliar o atendimento em saúde, a formação nas escolas e nas comunidades. O Executivo tem como objetivo qualificar o conhecimento de profissionais da área, conselheiros tutelares, professores, líderes sociais, religiosos e de entidades beneficentes. Como base para as ações, o Ministério da Saúde utiliza a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS).

A ABP classifica alguns fatores que aumentam o risco de suicídio. Entre eles estão doenças incapacitantes, impulsividade/agressividade, isolamento social e tentativa prévia. “Estamos diante de mais uma dificuldade para agravar esse tema. Estamos vivendo uma pandemia. A OMS recentemente alertou para aumento dos casos de doenças mentais que podem levar a suicídios e automutilações”, diz Mayra Pinheiro.

Por outro lado, como fatores protetivos ao suicídio, a Associação Brasileira de Psiquiatria coloca o suporte familiar, capacidade de adaptação positiva, estar empregado, frequência de atividades religiosas, capacidade de resolução de problemas, entre outros.

“Deve-se tentar minimizar os danos do distanciamento e o medo causado pela pandemia. Ligações, vídeos. Sentir que o outro encontra-se próximo, isso é extremamente importante. Tentar manter uma rotina. O isolamento limita muitas atividades. Não quer dizer que não podem ser criadas novas atividades em casa. Atividades e rotinas são fundamentais para manter nosso cérebro distraído e não termos tempo para se lembrar da pandemia e suas consequências”, avalia o psiquiatra e professor da Universidade de Brasília (UnB), Luan Diego Marques.

“É importante oferecer ajuda ao outro, e quando precisar, pedir ajuda. É importante a gente se colocar tanto no lugar de força, mas também no local de fragilidade”, completa.

Os conteúdos educativos, incluindo cartilhas e videoaulas, estão disponíveis no site prevencaoevida.com.br, onde as inscrições para as atividades já estão abertas e de forma gratuita.

Fonte: Brasil 61

Anúncios

Cotidiano

Segundo FPM de janeiro cai nesta quarta-feira (20) na conta das prefeituras do Acre

Publicado

em

Os municípios do Acre recebem nesta quarta-feira, 20 de janeiro, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) relativo ao 2o decêndio de janeiro.

Serão R$ 7.165.524,81 a serem partilhados entre as 22 prefeituras acreanas sem a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) – representa queda de 17,47% sem considerar os efeitos da inflação.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) reforça que essa transferência é a menor do mês e representa em torno de 20% do valor esperado para janeiro.

No País, o montante chega a R$ 1, 2 bilhão quando é considerado o valor do Fundeb. Se for levado em consideração o acumulado do mês, houve crescimento de 32,24%. Entretanto, em um cenário de deflação, o registro é de queda de 20,87% em relação ao mesmo período do ano passado.

Do total repassado aos Municípios, os de coeficientes 0,6 que representam a maioria (2.447 ou 43,95%) ficarão com o valor de R$ 247, 9 milhões ou 19,70% do que será transferido.

Continuar lendo

Cotidiano

Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio da Mega-Sena acumula em R$ 22 milhões

Publicado

em

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.336 da Mega-Sena, sorteados nesta quarta-feira (20) em São Paulo. O prêmio acumulou e o próximo sorteio, que será realizado no sábado (23) pode pagar R$ 22 milhões para a aposta vencedora.

Veja as dezenas: 08 – 10 – 20 – 27 – 28 – 50.

A Quina teve 75 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 32.688,93.

A Quadra teve 4.701 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 745,02.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Continuar lendo

Cotidiano

Jovem é ferido com 6 tiros em praça e vai parar em estado gravíssimo no Pronto-Socorro

Publicado

em

Leandro Barbosa Lopes, de 20 anos, foi ferido a tiros na tarde desta quarta-feira, 20, na praça localizada na rua Equador, no bairro Habitasa, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Leandro estava sentado no banco da praça conversando com os amigos, quando um homem não identificado se aproximou e efetuou vários tiros na direção da vítima que foi atingida com seis tiros.

Populares acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e encaminharam a vítima ao Pronto-Socorro de Rio Branco. De com o médico do SAMU, o estado de saúde de Leandro é gravíssimo.

Policiais Militares estiveram no local, colheram as características do autor do crime e fizeram patrulhamento na região em busca de prendê-lo, mas o criminoso não foi encontrado.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia acredita que o crime foi motivado pela guerra entre facções.

Continuar lendo

Cotidiano

Governo atua para que 457 pacientes sigam tratamento contra câncer no Acre

Publicado

em

Atualmente, 457 acreanos são encaminhados para o tratamento de câncer no Amazonas e Rondônia mas o Governo do Acre trouxe nesta quarta-feira (20) a garantia de que o serviço de radioterapia no Hospital do Câncer está em plena operação.

O acelerador linear foi retomado e outras questões, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, estão superadas –faltando apenas a chegada dos dosímetros, equipamentos que medem o nível de exposição dos raios emitidos pelo acelerador e que precisam ser utilizados pelos profissionais. A previsão é de que cheguem em cinco dias úteis.

Com isso, os 457 pacientes poderão em breve seguir o tratamento em Rio Branco, sem necessidade de se deslocar para outras regiões.

“O antigo aparelho de radioterapia começou a dar problemas no ano de 2016. Durante esse período eram realizadas somente radioterapias paliativas. Em fevereiro de 2017 os serviços pararam em definitivo e os pacientes precisaram ser regulados via TFD para a realização do tratamento”, explica a gerente-geral, Kelcinea Souza, em entrevista à Agência de Notícias do Acre.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas