Conecte-se agora

Bocalom esquece de Acrelândia e é batizado de “Novo Boca”

Publicado

em

Foto: ac24horas/Sérgio Vale

Os bastidores da convenção do Progressista e PSD que oficializaram as candidaturas de Tião Bocalom e Marfisa Galvão, candidatos a prefeito e vice, foram marcados por uma série “mensagens subliminares”. A primeira e mais emblemática foi o fato do político de 67 anos, com alcunha de “eterno candidato”, não ter citado Acrelândia, cidade por qual foi prefeito por três mandatos, em seu discurso.

Brincadeiras a parte, o fato de Bocalom não citar a cidade arrancou sorrisos de seus aliados que viam o “cacoete” como desvantagem para o candidato, já que tantos eleitores favoráveis quanto os contrários faziam piada com a menção.

O Blog apurou que o responsável pela “lavagem cerebral” em Boca seria o deputado estadual José Bestene, responsável por ficar semanas afinco soprando no ouvido do candidato progressista.

Outra situação interessante foi o fato do senador Sérgio Petecão (PSD) batizar, ainda não se sabe se foi a mando de algum marqueteiro, que Tião Bocalom não será chamado mas de “Velho Boca”, mas sim de “Novo Boca”. A pronúncia chamou atenção de quem acompanhava a convenção e pelo que se sabe deverá ser um dos principais jargões da campanha de 2020.

Blog do Venicios

Com Rocha e Mara fora, PSDB será “um puxadinho” de Gladson

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Venicios

Sem vaga no TCE, Ribamar Trindade é exonerado por Gladson após tensões internas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Venicios

Mesmo com repercussão negativa, deputados não desistem dos 100 cargos

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

João Doria reforça convite para Gladson se filiar ao PSDB

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas