Conecte-se agora

Professora leva a série CSI para a sala de aula no município de Tarauacá

Publicado

em

Estamos em Tarauacá, no Acre, onde um terreno foi isolado após a descoberta de uma ossada humana enterrada. Um crime brutal, que precisa ser elucidado com a ajuda de peritos e dos responsáveis pela investigação: alunos da Escola Estadual Djalma da Cunha Batista. Sim, você leu certo: a polícia não irá interferir neste caso. Pois, o que parece a cena de um assassinato é, na verdade, uma aula. Inspirada na famosa série “CSI”, a professora Tamayra Hanan decidiu levar a investigação criminal para dentro do colégio. E, neste Dia do Biólogo (03/09), vira história com seus estudantes do terceiro ano do Ensino Médio, mostrando que é possível ir muito além das aulas tradicionais para ensinar a matéria.

“Busquei criar, neste projeto, algo que pudesse associar a biologia aos sonhos dos alunos. Algo que eles pudessem aplicar aos seus projetos de vida”, conta a docente, que recebeu formação do STEM Brasil, da ONG Educando. A iniciativa, que durou seis meses, vai ao encontro da proposta do programa, que enfatiza a prática para dar vida ao currículo obrigatório de ciências e matemática.

Além da biologia, a matéria eletiva criada por Tamayra envolveu, também, química, física e matemática, e foi dividida em dois momentos: no primeiro, mais teórico, mas nem por isso menos atrativo, a professora convidou profissionais que atuam na área para falar com os alunos, tais como advogados e uma dentista, que ensinou como a odontologia pode auxiliar na resolução de crimes: por exemplo, identificando marcas de mordidas. Em um segundo momento, os estudantes uniram a teoria à prática, simulando cenas de crimes e usando o conhecimento adquirido e equipamentos como luvas, máscaras, lupa e máquinas fotográficas para registrar as “provas” e solucionar os casos, como verdadeiros peritos.

Em uma das cenas montadas ao longo do curso, eles tiveram que usar álgebra e proporcionalidade para descobrir o tamanho do sapato do autor do crime. Já a química foi usada para revelar, usando o vapor do iodo, as impressões digitais deixadas no local, permitindo que os alunos colocassem em prática o que aprenderam sobre reações de oxidação.

Na biologia, foi trabalhado genética, biologia molecular, paleontologia e o corpo humano. Neste último, os estudantes fizeram uma autópsia fictícia em um boneco, onde investigaram a causa mortis da vítima. Do lado externo da escola, onde havia mais uma cena de crime isolada por fitas e munidos de pás e pinceis, eles tiveram que usar a arqueologia forense para desenterrar, com cuidado, a réplica de um esqueleto encontrado e solucionar o crime com a análise da arcada dentária.

Conhecimento ampliado

Alunos que participaram do projeto elogiaram a iniciativa, afirmando que a matéria ampliou o conhecimento. “A professora trouxe a diversidade do mercado de trabalho em uma só matéria eletiva, unindo medicina, química, investigação e o mundo forense. Coisa que os alunos tinham pouco contato até então”, afirma Gabriela Mesquita, 17 anos.

Já Saula de Paiva, também terceiranista de 17, conta que a iniciativa abriu os olhos de alguns para novas possibilidades. Para outros, reforçou e incentivou um sonho: “A matéria me ajudou muito, não a mudar meu projeto de vida, mas para ter certeza do que eu quero”, conta.

Diretor do STEM Brasil, o professor Marcos Paim, explica que a formação permite ao docente não apenas aplicar a metodologia desenvolvida, como também a troca de experiências com outros profissionais. “Com isso, ganha o aluno, que consegue conectar o que se aprende na escola ao mundo real”, conclui.

Sobre o STEM Brasil

O STEM Brasil começou em Pernambuco, em 2009, e já formou 6.533 professores em 768 escolas de 17 estados brasileiros, alcançando um impacto positivo em mais de meio milhão de alunos (575 mil). O sucesso levou o programa a ser adaptado para o currículo mexicano, e o STEM México foi implantado no país no ano passado. Segundo levantamento da consultoria internacional ManpowerGroup, engenheiros e profissionais de TI são cargos em que há grande carência de mão de obra em ambos os países.

O programa oferece aos professores formação exclusiva, seguindo uma metodologia própria, que enfatiza a mão na massa para dar vida ao currículo obrigatório de ciências e matemática dos estados brasileiros. As técnicas de ensino são baseadas em atividades práticas e facilitam o aprendizado de conceitos teóricos. A formação envolve quatro áreas: física, química, biologia e matemática. Cada professor passa por 180 horas de formação distribuídas ao longo de dois anos. “O objetivo do STEM Brasil é incentivar o professor a despertar a sua paixão nos alunos”, afirma Kelly Maurice, diretora executiva da Educando.

Anúncios

Cidades

Brasiléia acumula 24 óbitos e tem 10 pacientes internados por Covid-19

Publicado

em

Xapuri e Assis Brasil superam 11 casos por grupo de 100 pessoas

Reclassificada para a faixa vermelha (emergência) pelo Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, a regional do Alto Acre segue apresentando números altos relacionados ao avanço da epidemia provocada pelo novo coronavírus.

O último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) indica que o acumulado de casos positivos em Xapuri, Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil é de 5.299, o que representa mais de 10% do total registrado em todo o estado.

Xapuri é o município com o maior número de casos (2.176) e de maior incidência por grupo de 100 mil habitantes (11.104,3/100.000). Com 831 casos, Assis Brasil tem taxa de incidência um pouco menor (11.030,0/100.000).

Com a menor taxa de incidência da regional (3.968,8/100.000), o município de Epitaciolândia tem 742 casos confirmados de Covid-19 e registra 18 óbitos em decorrência da doença, a maior taxa de letalidade entre os quatro vizinhos (2,4%).

Brasiléia é o município que possui o maior número de mortes – 24 óbitos para 1.550 casos confirmados. Quanto à incidência, são 5.804,8 para cada grupo de 100.000 habitantes. Até o último boletim havia na cidade 10 pessoas internadas.

Medidas

Não há medidas relacionadas a fechamento de atividades comerciais em Brasiléia, mas a equipe da Vigilância em Saúde está realizando trabalho de conscientização e verificando se os estabelecimentos estão seguindo os protocolos de saúde e segurança no trabalho conforme preconiza a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em Xapuri foram tomadas medidas mais rígidas, com imposição de normas por meio de decretos municipais. Na cidade, os bares, restaurantes e similares só podem funcionar até as 9 horas da noite e está proibida a circulação de pessoas nas vias públicas entre as 10 horas da noite e as 5 horas da manhã seguinte.

Já em Assis Brasil, além de baixar decreto disciplinando horários de funcionamento de estabelecimentos comerciais, a prefeitura instalou uma barreira sanitária na travessia do Rio Acre para monitorar a entrada de estrangeiros no município e orientar os barqueiros sobre as medidas.

Em Epitaciolândia, o prefeito Sérgio Lopes se dedicou, nessa segunda-feira, 25, a distribuir cestas básicas para cerca de 40 famílias que necessitam de auxílio em razão da pandemia. “É uma ajuda importante nesse momento em que a economia das pessoas enfraquece”, disse o gestor durante as entregas.

Continuar lendo

Cidades

Internauta que divulgou fake news contra esposa de Gladson é condenada a pagar sacolões

Publicado

em

Em audiência de conciliação realizada através de videoconferência, no dia 21 de janeiro, no 2º Juizado Especial Criminal da Comarca de Rio Branco, ficou estabelecido, como for de reparação de fake news divulgada indevidamente em suas redes sociais, a internauta Jennyfer Nayane Silva a fazer uma retratação por criação e divulgação de fake news contra a imagem da primeira-dama do estado do Acre, Ana Paula Correia da Silva Cameli.

O crime foi confessado pela própria internauta, que durante a audiência afirmou desconhecer qualquer fato que desabone a conduta da primeira-dama.

Acompanhada do seu advogado, Cristopher Capper Mariano de Almeira, Ana Paula Cameli abriu mão de pagamento de indenização para si própria e converteu a pena para doação de sacolões destinados à mulheres em situação de vulnerabilidade social.

No acordo judicial, restou estabelecido ainda, que a retratação fosse feita nos mesmos grupos de WhatsApp nos quais houveram a divulgação das notícias falsas anteriores, dando-se de forma imediata e devendo ser anexada aos autos os print´s comprobatórios da referida retratação.

A audiência foi realizada pela conciliadora Cristiane Brunoro e diz respeito a ação de Queixa-Crime impetrada pela primeira-dama do Acre após ser atacada de maneira leviana, sem qualquer fundamento, com o intuito de denegrir sua honra diante da sociedade, familiares e amigos.

No dia 26 de outubro, Ana Paula Cameli tomou conhecimento da mensagem de fake news que circulava em grupos de WhatsApp acusando-a de atos totalmente inverídicos sobre supostas tentativas de incriminar terceiras pessoas, envolvendo seu esposo, o governador do estado do Acre, Gladson de Lima Cameli.

A fake News (notícia falsa) chegou a ser divulgada em um site acreano, que em seguida, tirou o conteúdo do ar e divulgou pedido imediato de desculpas uma vez que observou o crime de difamação, injúria e calúnia cometido pela internauta.

Continuar lendo

Cidades

Número de casos e internações por Covid-19 cresce muito em Sena e preocupa autoridades

Publicado

em

Houve aumento no número de casos de Covid-19 3.453 casos e cresceram as internações em Sena Madureira: 8 pessoas estão internadas no hospital de campanha nesta segunda-feira (25) -5 a mais que a média da 2a semana de janeiro.

A população deve redobrar os cuidados sanitárias de modo a precaver ao máximo o contágio. O fator principal é evitar aglomeração e usar sempre máscara, além de manter as mãos limpas com água e sabão ou álcool em gel.

A situação preocupar a Secretaria de Saúde de Sena Madureira que pede aos moradores adotarem efetivamente postura de prevenção.

Continuar lendo

Cidades

Saúde de Tarauacá anuncia médico em dois turnos no Corcovado a partir de hoje (25)

Publicado

em

A Secretaria de Saúde de Tarauacá diz que uma de suas unidades básicas começa a atender em dois turnos a partir desta segunda-feira (25).

“Estive na quinta-feira, dia 21, juntamente com nossa equipe da Semsa, dando posse ao novo coordenador do posto do Corcovado. Na oportunidade fizemos a entrega de materiais permanentes como TV, impressora e cafeteira, e como melhor notícia, informamos que a partir de segunda terá um médico atendendo pela manhã e a tarde”, disse o secretário de Saúde de Tarauacá, Aderlândio França.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas