Conecte-se agora

Nova seleção visa preencher vagas desocupadas no Prouni e Fies

Publicado

em

MEC anunciou que processo vai ocorrer em setembro

O Ministério da Educação (MEC) anunciou que vai abrir um novo processo seletivo do Programa Universidade para Todos (Prouni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para preencher 140 mil vagas remanescentes no mês de setembro. 

O processo de seleção irá preencher 90 mil vagas do Prouni e 50 mil do Fies. As vagas remanescentes são formadas pela não ocupação dos selecionados em chamada regular. Geralmente, elas retornam ao sistema por conta da desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação, por exemplo.

As informações foram passadas pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, durante a participação em uma videoconferência promovida pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), na última sexta-feira, 28.

Tanto o Prouni quanto o Fies são programas do governo. O Prouni oferta bolsas de estudo para faculdades privadas de forma integral, em que o estudante selecionado não precisa pagar nenhuma parte do valor das mensalidades do curso, e bolsas parciais, que correspondem à metade valor das mensalidades. 

Já o Fies atua com a disponibilização de financiamento a estudantes que desejam ingressar no ensino superior privado, mas não têm condições de pagar as mensalidades durante o curso. Nesse caso, ao concluir a graduação, o valor deve ser pago ao governo em parcelas conforme fixadas em contrato. 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Anúncios

Destaque 4

Presidente do Rio Branco desmente governo sobre ajuda na Copa Verde: “só promessa”

Publicado

em

O Rio Branco Football Club entra em campo pela Copa Verde 2020 na tarde desta quarta-feira, 27, contra o Independente, do Pará, na Arena Acreana. Mas, os bastidores do clube tem assunto rendendo além das quatro linhas. O presidente do clube, Neto Alencar, questionou uma matéria publicada na página do governo, afirmando que o Estrelão vai entrar em campo com a ajuda do poder público.

O apoio aos três representantes do estado na Copa Verde, Rio Branco, Galvez e Atlético que, inclusive, já foi até eliminado da competição na última segunda-feira, foi garantido e divulgado pelo governo do Acre. A publicação faz referência a uma reunião do governador Gladson Cameli com representantes dos três clubes no dia 7 de dezembro do ano passado, quando o gestor garantiu apoio de R$ 180 mil reais para ser dividido entre as equipes.

Entretanto, Neto diz que até hoje o recurso não passou de uma promessa. “Saiu essa notícia de apoio do governo, mas isso é a maior conversa. Na verdade, o governo não ajudou em nada, desde aquele dia afirmaram que iam liberar o dinheiro para a Copa Verde, a competição já começou e não soltou um real, não liberou nada para os clubes”, diz Alencar.

O ac24horas procurou a assessoria do governo para saber se há previsão da liberação do repasse aos clubes, mas ainda não obteve resposta.

Continuar lendo

Destaque 2

Butantan doará ao Acre plasma sanguíneo para tratamento de pacientes com Covid-19

Publicado

em

Foto: Odair Leal/Secom

Em São Paulo, o governador Gladson Cameli se reuniu nesta quarta-feira, 27, com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. Na reunião, Cameli pediu apoio técnico do Instituto para ajudar no combate ao coronavírus no Acre.

“Precisamos continuar em prevenção com muita responsabilidade e o Instituto Butantan é uma referência para todo o Brasil. Mas, além disso, somos o corredor principal de acesso ao Oceano Pacífico e estamos de portas abertas para colaborar com a ciência, diante de toda a riqueza amazônica, que temos disponível em nosso estado. Estou aqui para ajudar para que possamos construir pontes”, enfatizou Cameli.

O instituto Butantan é o principal produtor de imunobiológicos do Brasil, cerca de 60% da produção de soros hiperimunes e grande volume da produção nacional de antígenos vacinais, que compõem as vacinas utilizadas no Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, são fabricados pelo instituto.

Em respostas aos pedidos de Cameli, Dimas Covas, ressaltou que o Acre representa um ponto de diversidade muito importante no ecossistema e isso precisa ser contemplado nas estratégias de fortalecimento e integração, para bem servir um conjunto de ações importantes.

Foto: Odair Leal/Secom

“A sua presença aqui muito nos alegra. Temos acompanhado sua gestão e vimos que o senhor está muito preocupado com o seu estado. O Acre tem uma importância muito grande e gostaríamos de colaborar com ações que possam beneficiar a população. Estamos aqui a serviço da vida e sabemos que o senhor tem defendido a vida do povo do Acre com muita dedicação”, salientou.

Por fim, Covas deixou a equipe da Fundação e Instituto Butantan à disposição da equipe da Secretaria de Saúde e do Comitê Acre sem Covid, para que possam organizar estratégias e colaborar em ações emergenciais de saúde para o Acre.

Entre as ações mencionadas pelo diretor, Dimas Covas ofereceu a doação de plasma sanguíneo, que é a parte líquida do sangue e corresponde a 55% do volume total do fluido. O plasma é composto de proteínas, sais minerais, gás carbônico e outras substâncias dissolvidos em água e muito usado no tratamento da Covid-19.

Com colaboração da Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Acre 01

Laboratório de Rio Branco envia amostras para analisar possível variante do coronavírus

Publicado

em

Desde que uma médica infectologista de Cruzeiro do Sul alertou para a chegada de uma possível nova variante do coronavírus (Sars-Cov-2) ao Acre, o principal laboratório de Rio Branco na pandemia, o Centro de Infectologia Charles Mérieux, passou a enviar amostras coletadas em pacientes infectados ao Instituto Evandro Chagas, em Belém, no Pará, para analisar o caso.

O laboratório de Belém deve retornar com o resultado das análises em breve, bem como a resposta à suspeita. A possível nova cepa do coronavírus que pode estar circulando no estado apareceu depois que o Hospital de Campanha do Juruá passou a receber pacientes graves de Manaus (Amazonas), devido ao colapso na saúde público do estado vizinho.

A informação foi dada pela infectologista Rita de Cassia Lima, que atua na saúde do Estado e do município. Para ela, esta seria, inclusive, a causa do maior contágio entre os jovens na região, incluindo aumento da gravidade dos casos e internações que vêm ocorrendo.

Segundo a infectologista, a variante do vírus está levando pessoas jovens sem comorbidades direto para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Na minha opinião, essa variante está causando todo esse aumento de gravidade dos casos, por isso a população precisa se cuidar e usar máscaras”, explica ela, lembrando que o Hospital do Juruá está com problema de falta de médicos e com baixa produção de oxigênio.

Continuar lendo

Acre

Condomínios turbinam mercado de arquitetura e urbanismo no Acre

Publicado

em

O advento de novos condomínios residenciais em Rio Branco elevou em 18% a procura por serviços de arquitetura e urbanismo no Acre em meio à primeira onda da pandemia da Covid-19 em 2020 em comparação a 2019.

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) nacional diz que os dados referentes a todo o País reforçam a importância dos arquitetos e urbanistas em momentos de crise e necessidade.

“Com a pandemia de covid-19, o cenário de incertezas e as restrições ao comércio fizeram com que a demanda por projetos e obras diminuísse de forma drástica nos primeiros meses do ano passado. Porém, após esse abalo inicial, o mercado de Arquitetura e Urbanismo mostrou um grande poder de reação. No últimos três meses de 2020, o número de atividades registradas pelos arquitetos e urbanistas cresceu 12% em relação ao mesmo período de 2019”, analisa o CAU nacional em levantamento divulgado nesta última semana de janeiro.

O contexto é realmente animador, confirma o CAU do Acre. Mesmo com a pandemia, os arquitetos e urbanistas do Acre estão entre os de nove estados cuja atividade registrou crescimento em 2020. Além do Acre, Amazonas também cresceu 18%; Roraima (13%), Amapá (+6%). Na Região Centro-Oeste, Distrito Federal (+6%), Mato Grosso (+13%) e Goiás (+3%) realizaram mais atividades na comparação com 2019.

Os demais Estados são Ceará (+6%), Sergipe (+4%) e Paraná (+1%). Em São Paulo, estado que responde por quase um quarto dos serviços realizados no país, experimentou uma queda de 13% na demanda. No Rio de Janeiro e na Bahia, essa queda foi de 21%.

No passado, foram executados mais de 1,5 milhão de serviços do setor em todo o País. Considerando-se todo o ano de 2020 houve uma queda de 6,3% em relação a 2019. Porém, esse impacto concentrou-se nos primeiros meses. Entre o segundo e o terceiro trimestre do ano passado, foi verificado um crescimento de 52% nas atividades realizadas por arquitetos e urbanistas. Em novembro, os volume de serviços registrados por meio de RRT já estava em um patamar 15% que no ano anterior. Em dezembro, o crescimento foi de 14%.

“Foi uma surpresa para a gente”, disse nesta quarta-feira (27) Dandara Lima, presidente do CAU acreano. Autorizados pelas prefeituras a partir da metade do ano passado, os novos condomínios produzem dezenas de unidades habitacionais. “Esperamos um 2021 ainda melhor”, prevê Dandara.

O Acre possui 790 arquitetos e urbanistas atuantes em todos os 22 municípios.

 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas