Conecte-se agora

Filas quilométricas de veículos se formam devido à protesto na BR-364

Publicado

em

O trecho da BR-364, situado a 77 quilômetros de Cruzeiro do Sul, na região do Rio Liberdade, segue bloqueada durante a noite desta segunda-feira, 31, desde que foi fechada às 7 horas da manhã por moradores da localidade em protesto por falta de energia elétrica.

O manifesto seguiu porque, segundo os moradores, nenhum representante da Energisa esteve no local para conversar com a comunidade.

Após mais de 14 horas de fechamento, já são quilométricas as filas de veículos que se formam na rodovia nos dois sentidos. O protesto é pela falta de iluminação no Ramal do Beiradão, de 8 quilômetros.

Ônibus, carros que fazem lotação, caminhões com mercadorias, carros de passeio, ninguém passa pelo local fechado com troncos de árvores.

Os moradores alegam terem aberto sozinhos, sem auxílio do poder público, um ramal de 8 quilômetros no beiradão do Liberdade até o Rio São João e aguardam ha 3 anos que a Energisa faça a ligação da energia elétrica. Cansados de esperar fecharam a estrada.

A Energisa publicou nota onde informa que informa que o Ramal Liberdade faz parte do Programa Luz, mas não deu prazo para a execução do serviço. Alega que o atraso é causado pela pandemia de Covid-19

Leia a nota na íntegra:

A Energisa Acre informa que o Ramal Liberdade, situado na região Santa Rita em Cruzeiro do Sul, faz parte do Programa Luz para Todos, conforme lista de prioridades de execução definida pelo Comitê Gestor Estadual do Programa. Neste ano de 2020, em razão da pandemia do Covid-19, o cronograma de obras precisou ser revisto. A empresa reforça seu compromisso em seguir investindo e realizando os projetos planejados. Desde 2019, a Energisa Acre já realizou 2966 ligações do programa LPT, beneficiando famílias nas áreas rurais e ribeirinhas do estado.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas