Conecte-se agora

Campanha da Fecomécio arrecadou mais de 10 toneladas de alimentos no Acre

Publicado

em

Para fomentar ainda mais o espírito de solidariedade da população acreana, o Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC criou, com o apoio do Sebrae no Acre e do Governo do Estado, a Campanha Solidária. A ação, que começou no último dia 9 de abril e finalizou em 27 de junho, contou com pontos de coleta em supermercados e farmácias da capital, além de parceiros nas cidades de Cruzeiro do Sul, Brasiléia e Epitaciolândia.

Segundo a coordenadora do Mesa Brasil no Acre e responsável pela Campanha Solidária, Marizete Melo, ao todo, foram arrecadados 10.392 kg de alimentos não-perecíveis em três municípios, com a produção de 832 cestas básicas em todo o Estado. Além disso, o Acre recebeu o apoio da Global FoodBanking Netword (GFN), um banco mundial de alimentos que visa diminuir o desperdício; e da Fecomércio do Distrito Federal, que por meio do projeto Fome de Música, adquiriu mais mantimentos.

“Em Rio Branco, arrecadamos 5.930 kg, que foram responsáveis pela confecção de 475 cestas básicas; em Cruzeiro do Sul, foram 4.062 kg, totalizando 325 cestas; já em Brasileia, conseguimos 400 kg, e destes, produzimos 32 cestas básicas”, explicou Melo.

Os mantimentos transformados em cestas básicas foram direcionados a instituições de caridade, abrigos, creches, casas de acolhida, albergues, comunidades terapêuticas e de atenção às famílias cadastradas e atendidas pelo Mesa Brasil no Acre. “É importante ressaltar que obtivemos o apoio de muitas empresas, que além de doadoras, foram pontos de coleta e nos ajudaram nessa campanha de amor”.

Melo afirmou que o sentimento de toda equipe envolvida foi de gratidão. “Temos muito a agradecer a cada uma dessas pessoas que se inseriram nesta rede do bem, pois o vírus mata, mas a fome também. Com a ajuda e a solidariedade de todos, iremos alimentar ainda mais pessoas que têm fome nesse momento delicado que estamos passando que o mundo”.

Anúncios

Cotidiano

Governo divulga resultado preliminar de processos seletivos da Educação

Publicado

em

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), publicou no Diário Oficial de terça, 19, os resultados preliminares dos processos seletivos simplificados para professores (CONFIRA AQUI OS EDITAIS).

Também foram divulgados os gabaritos oficiais finais das provas objetivas e as respostas dos recursos no site www.ibade.org.br. Ao todo, são cinco processos seletivos simplificados para formação de cadastro de reserva de professores temporários.

Continuar lendo

Cotidiano

Homem tem pés e mãos amarradas, é torturado e morto com 10 tiros no Santa Inês

Publicado

em

Amilton Aguiar dos Passos, de 26 anos, foi amarrado, torturado e morto a tiros na tarde desta quinta-feira, 21, em uma área de mata localizada na rua São Bento. no bairro Santa Inês, no Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia repassadas a reportagem do ac24horas, Amilton foi encontrado por populares com os pés e as mãos amarradas com um lençol ao lado de uma tenda de lona que era usada para usar drogas. A vítima estava ferida com 10 tiros.

A ambulância do Samu foi acionada e o médico apenas atestou a morte de Amilton.

A Polícia Militar esteve no local e isolou a área para os trabalhos do perito em criminalística. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

O caso será investigado pelos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia acredita que o crime foi motivado pela guerra entre facções.

Continuar lendo

Cotidiano

Divórcios aumentaram 50% no Acre, no segundo semestre de 2020, diz CNB/CF

Publicado

em

Levantamento do Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal (CNB/CF), entidade que reúne os Cartórios de Notas do País, aponta que o segundo semestre de 2020 registrou o maior número de dissoluções matrimoniais desde o início da prática do ato em Cartório, no ano de 2007.

Entre as unidades federativas que registraram aumento, 16 bateram o recorde histórico de divórcios no período, estando entre elas o Acre, que teve ampliação de 50% nos números de dissoluções matrimoniais no segundo semestre do ano passado, de acordo com o CNB/CF.

O dado é considerado como reflexo do longo período de convivência contínua entre casais durante a pandemia e a facilitação do processo de divórcio em Cartórios de Notas, agora também realizados pela internet pela plataforma (https://www.-enotariado.org.br).

O número total de 43.859 divórcios extrajudiciais, realizados diretamente em Cartórios de Notas, no segundo semestre de 2020 no Brasil, é 15% maior do que as 38.174 dissoluções matrimoniais ocorridas no segundo semestre de 2019.

A variação de um ano para outro é ainda 13% superior à média histórica nacional, que apontava crescimento anual de 2% nos divórcios em Cartórios desde 2010, ano em que foi introduzido o divórcio direto no Brasil (Emenda Constitucional nº 66/2010). Outubro foi o mês com maior número de divórcios desde 2007 – mais de 7,6 mil no País.

“Este ano atípico de 2020 provocou muitas mudanças, tanto na convivência entre as pessoas, como também na prestação de serviços aos cidadãos. Os Cartórios de Notas obtiveram a autorização nacional para prestarem uma série de serviços em meio eletrônico, possibilitando que os cidadãos resolvessem seus problemas, tanto pessoais como patrimoniais, sem sair de casa, contribuindo com o isolamento social e evitando que situações de má convivência permanecessem sem serem solucionadas”, explica a presidente do Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal, Giselle Oliveira de Barros.

Continuar lendo

Cotidiano

Mãe de Gladson chama Bocalom de “doido” por decisão de volta às aulas

Publicado

em

A mãe do governador Gladson Cameli, Linda Cameli, usou as redes sociais na manhã desta quinta-feira, 21, para criticar a decisão do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas), que determinou que as aulas do ensino municipal sejam retomadas em fevereiro.

No comentário da charge do ac24horas, Linda Cameli, resolveu opinar e chamou o prefeito de “doido” por conta da decisão de retomada do ano letivo em plena pandemia.

Além de Linda Cameli, diversas outras pessoas não concordaram com a decisão de Bocalom. Os vereadores do PSD e PSB, Lene Petecão e Adailton Cruz, discordaram da decisão do prefeito e pediram publicamente que ele reconsidere.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas