Conecte-se agora

Rio Branco e Cruzeiro do Sul participam de pesquisa nacional sobre coronavírus

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE/AC24HORAS

A coordenação do Epicovid19-BR, estudo que estima o número de casos de infecção por coronavírus no Brasil, anuncia a realização de nova etapa de entrevistas e testes rápidos entre os dias 20 e 23 de agosto em 133 cidades distribuídas entre todos os estados brasileiros. No Acre, os municípios de Rio Branco e Cruzeiro do Sul foram os selecionados.

A continuidade do estudo, que teve três fases anteriores financiadas pelo Ministério da Saúde, tornou-se possível através de investimento do programa Todos pela Saúde, fundo criado pelo Itaú Unibanco para apoiar o enfrentamento da Covid-19 no Brasil em diversas frentes, entre elas, o suporte a iniciativas de pesquisa científica.

“Os números de casos de infecção, internações e mortes por coronavírus se mantêm altos dia após dia no Brasil. Neste momento, precisamos das melhores evidências para embasar ações, preservar a saúde e prevenir mortes evitáveis de brasileiros”, diz o epidemiologista e coordenador geral do estudo, Pedro Hallal.

A quarta etapa segue a mesma metodologia das três anteriores. Cerca de dois mil entrevistadores do IBOPE Inteligência voltam às ruas, entre os dias 20 e 23 de agosto, para visitar residências e realizar testes rápidos e entrevistas com 250 moradores em cada município incluído no estudo, totalizando amostra nacional de 33.250 participantes somente nesta etapa da pesquisa.

O Estudo de Evolução da Prevalência de Infecção por Covid-19 no Brasil (Epicovid19-BR), coordenado pela Universidade Federal de Pelotas, é a maior pesquisa populacional em andamento no mundo a estimar a prevalência de coronavírus. As três primeiras etapas, realizadas de 14 a 21 de maio, 4 a 7 e 21 a 24 de junho, entrevistaram quase 90 mil pessoas. Os dados inéditos permitiram conhecer o comportamento do vírus no Brasil.

Para cada diagnóstico confirmado pelas estatísticas, o estudo estimou que existem ao redor de seis casos reais não notificados. De cada cem infectados, um vai a óbito.

A pesquisa documentou que, em um mês, a prevalência dobrou na população: os percentuais passaram de 1,9% (1,7 – 2,1%, pela margem de erro), na primeira etapa, para 3,1% (2,8 -4,4%), na segunda, e alcançaram 3,8% (3,5 – 4,2%), na última etapa. Nesse mesmo intervalo, o distanciamento social (percentual de pessoas que ficam sempre em casa) caiu de 23,1% para 18,9%.

Os pesquisadores ainda identificaram a existência de “várias epidemias” em curso simultâneo no país, com diferenças entre as regiões brasileiras e desigualdades entre grupos étnicos e socioeconômicos. Enquanto, no Norte, 10% da população, em média, têm ou já teve coronavírus, no Sul, esse percentual está em torno de 1%. Em todas as fases da pesquisa, os 20% mais pobres apresentaram o dobro do risco de infecção em comparação aos 20% mais ricos. Além disso, indígenas tiveram um risco cinco vezes maior do que os brancos.

“Mostramos que os pobres e os indígenas são os grupos mais vulneráveis, que requerem ainda mais atenção de políticas de saúde pública”, diz Hallal.

A pesquisa também estimou que crianças têm a mesma chance de adultos para contrair o vírus e, diferente do que cogitava inicialmente a ciência mundial, cerca de 90% dos casos apresentam sintomas. Os cinco mais frequentes, relatados por cerca da metade dos entrevistados com anticorpos para a Covid-19, foram dor de cabeça (58%), alteração de olfato ou paladar (57%), febre (52,1%), tosse (47,7%) e dor no corpo (44,1%).

“Pessoas com perda de olfato e paladar, por exemplo, poderiam ser testadas e isoladas em caso de diagnóstico positivo”, já que este sintoma foi cinco vezes mais frequente entre os casos positivos comparados aos negativos, completa.

Como funciona a pesquisa

O estudo inclui a cidade mais populosa de cada uma das 133 regiões intermediárias do país, que são divisões do território nacional definidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A seleção das residências e das pessoas que serão entrevistadas e testadas ocorre por meio de um sorteio aleatório, utilizando os setores censitários do IBGE como base.

Durante a visita, os pesquisadores coletam uma gota de sangue da ponta do dedo do participante, que será analisada pelo aparelho de teste em aproximadamente 15 minutos. Em caso de resultado positivo, os profissionais comunicam a Vigilância

O Epicovid19-BR tem aprovação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa e cumpre todos os requisitos de segurança necessários, para proteger os pesquisadores e a população.

Em caso de dúvidas, os participantes podem entram em contato para informações sobre as visitas às casas pelos telefones 0800-800-5000, (11) 3335-8583, (11) 3335-8606; (11) 3335-8610, ou pelos e-mails pesquisa.covid-19@ufpel.edu.br e pesquisa.covid-19@ibopeinteligencia.com.

Anúncios

Cidades

Tentativa de assalto em Cobija deixa um bandido morto

Publicado

em

Uma tentativa de assalto na cidade de Cobija nesta sexta-feira, 22, acabou em uma morte por parte dos bandidos, um foragido e um preso. Um vídeo do sistema de segurança do estabelecimento localizado no Bairro Mapajo mostra a ação dos criminosos.

Segundo foi apurado pelo Jornal O Alto Acre, um dos envolvidos foi identificado como Derik Johann Azad Lima, 18 anos, que estaria na companhia de um primo, Bernabé Soares, 20 anos, e mais outro comparsa, apenas identificado como ‘Nêgo Fuga’ que está foragido.

Ao entrarem no estabelecimento e renderem o proprietário, foram surpreendidos pelo policial que estava a paisana que sacou a arma e começaram a troca de tiros. O policial foi ferido na região do abdômen e foi socorrido por terceiros, sendo levado para o hospital da cidade, onde passou por cirurgia. Não foi divulgado o estado de saúde do agente.

Ao saírem correndo e tentarem entrar no carro, o policial que foi atrás, teria disparado no tórax de Bernabé.. Este foi puxado para dentro do veículo e foi deixado na casa de parentes enquanto os outros dois fugiram.

Bernabé não resistiu ao ferimento e morreu no hospital de Cobija. Derik fugiu para o lado brasileiro em Brasiléia com o veículo modelo Suzuki, placas NUA 7165 com os bancos traseiros sujos de sangue.

Ao ser acionado pelo lado boliviano, o comando do 5º Batalhão da PM conseguiu localizar o veículo no centro de Brasiléia, e Derik foi detido e levado para a delegacia, onde ficou à disposição das autoridades brasileiras.

Continuar lendo

Cidades

Jenilson ressalta importância do retorno da radioterapia no Acre

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite realizou uma visita na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) do Hospital do Câncer de Rio Branco, para verificar o funcionamento do acelerador linear. O parlamentar realizou várias reivindicações para que a Sesacre colocasse em funcionamento esta importante ferramenta no tratamento do câncer.

Jenilson que também é médico infectologista, destinou R$ 20 mil de suas emendas impositivas, para o reparo na refrigeração da sala do acelerador linear.

No hospital, Jenilson conversou com a direção do órgão, tendo como pauta o funcionamento do aparelho. “Eu queria parabenizar todos vocês da gestão do UNACON pelo esforço feito para a radioterapia voltar a ativa, o funcionamento do aparelho é um ganho para o povo acreano. Porque alguns pacientes estavam fazendo o tratamento em Porto velho, sendo que muitos desistem pela distância e condições de locomoção e estadia. Por isso parabenizo a gestão por esta conquista”, disse o deputado.

O médico ressaltou que em diferentes momentos esteve no Unacon e na tribuna da ALEAC cobrando o funcionamento do aparelho. ” Destinei recursos para refrigeração, controle de umidade. Destaco ainda o esforço do secretário de saúde e outros parlamentares que também ajudaram. É um ganho para toda a população. Fiz várias cobranças e agora venho parabenizar a gestão”, disse Leite.

Segundo a gerente administrativa da Unacon, Nilce Vilaça, a máquina está pronta para o funcionamento, contudo, eles aguardam apenas os monitores individuais de radiação, com previsão de chegada para os próximos dias, para que possam iniciar os atendimentos. “Assim que chegar os radiadores individuais vamos poder iniciar todos os tratamentos”, garante.

Com a ajuda do deputado, segundo Nilce, foi possível fazer o reparo da climatização da sala. “Em uma das visitas que o Dr. Jenilson fez , ele prometeu que ia ajudar, e nos ajudou com essa emenda. Isso é muito gratificante porque foi uma forma de acelerar o processo”.

O acelerador estava parado desde 2016. Isso fazia com que os pacientes do Acre fossem transferidos para outros estados. Mas com o funcionamento, trinta e cinco pacientes da lista de espera de regulação para o tratamento de câncer, farão na Unacon, pois o aparelho pode tratar até oitenta pessoas por dia, segundo a direção.

Continuar lendo

Cidades

Hospital de Brasiléia atingiu capacidade máxima de pacientes da ala Covid-19, diz vereadora

Publicado

em

A vereadora Neiva Badotti (PSB) usou as redes sociais na noite desta quinta-feira, 21, para denunciar o descaso da Sesacre em relação à falta de profissionais no Hospital Regional de Brasileia (AC).

Segundo a parlamentar, somente nesta quinta-feira, 21, três profissionais da linha de frente do hospital testaram positivo para covid-19 Ela conta que o hospital se encontra o caos, desde leitos de enfermaria lotados até profissionais de saúde saturados e cansados.

“Não tem mais leitos de enfermaria a ala covid-19 tá lotada. Não tem SAMU aqui. Teve um paciente aqui que teve que ser transferido daqui pelo SAMU de Capixaba. A gente pede que o governo do estado tome uma providência”, salientou a vereadora.

Continuar lendo

Cidades

Acre vai decretar toque de recolher das 22h às 6h da manhã na segunda

Publicado

em

O governador Gladson Cameli confirmou na manhã desta sexta-feira, 22, que o decreto de Toque de Recolher que paralisa todas as atividades no Acre das 22h às 6h da manhã deve ser publicado na edição do Diário Oficial do Estado da próxima segunda-feira, 25. Em suma, a medida vale para todas as regiões do Estado, independente do nível da bandeira.

“Teremos uma reunião do Comitê hoje pela manhã e é bem provável que a região do Alto Acre passe para a bandeira vermelha. E se somarmos com a situação do Amazonas, nosso Estado vizinho, vamos trabalhar com cautela. Vamos tomar essa atitude unicamente para salvar vidas. Peço paciência a todos. É o momento de todos nós nos unirmos”, disse o chefe do executivo.

O ac24horas apurou que apenas serviços de Delivery terão autorização para funcionar a partir das 22h. A justificativa do governo é que o crescimento do número de contaminados por covid-19 no Acre vem crescendo exponencialmente. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), nesta quinta-feira, 21, o Estado registrou 300 novos casos de infecção por coronavírus. O número de infectados subiu de 45.429 para 45.729 nas últimas 24 horas e mais 4 notificações de óbitos foram registrados, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 844 em todo o estado.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas