Conecte-se agora

Fies 2020.2: candidatos podem se inscrever até a próxima sexta-feira (31)

Publicado

em

Programa financia mensalidades em cursos superiores  

Foram abertas ontem (28) e seguem até a próxima sexta-feira (31) as inscrições do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programa do Ministério da Educação (MEC) destinado para concessão de financiamento para estudantes em cursos superiores oferecidos por instituições de educação particulares. As inscrições devem ser feitas no site do Fies.

O processo seletivo tinha a previsão de ser iniciado na semana passada mas, após o MEC identificar inconsistências na distribuição das vagas ofertadas pelas faculdades, foi adiado. De acordo com o cronograma atualizado, o resultado será divulgado no dia 4 de agosto. Já o período para inscrição dos pré-selecionados será de 4 a 6 do mesmo mês.

Estão aptos a participar da seleção os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010, alcançando a nota média nas provas igual ou superior a 450 pontos. Além disso, não podem ter zerado a redação e devem ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

Lista de espera Fies 2020.2

Aqueles que não foram pré-selecionados na chamada regular podem disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. O procedimento de inclusão na lista é feito automaticamente, diferente dos outros processos seletivos do governo federal, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade Para Todos (Prouni). O prazo da lista de espera do Fies 2020.2 vai do dia 4 até as 23h59 de 31 de agosto. 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Acre

Ministério declara quarentena no Acre contra praga do cacau

Publicado

em

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) declarou o Acre como “área sob quarentena” para a praga quarentenária ausente Moniliophthora roreri (Monilíase do Cacaueiro), detectada pela primeira vez no Brasil em área urbana do município de Cruzeiro do Sul. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (5), por meio da Portaria nº 372.

A declaração, feita para todo o estado do Acre, implica na proibição do trânsito de materiais vegetais (frutos, plantas) hospedeiros da praga (espécies do gênero Theobroma e Herrania) provenientes de todo o estado para as demais unidades da federação.

“Essa é uma medida cautelar, que visa prover um maior suporte para as ações de fiscalização do trânsito de vegetais, executadas pelas Agências Estaduais de Defesa Agropecuária, com vistas a evitar a dispersão da praga para as áreas livres do país, principalmente para as áreas de cultivo de cacau e cupuaçu”, explica a coordenadora-geral de Proteção de Plantas, Graciane de Castro.

O status de “área sob quarentena” para todo o Estado permanecerá vigente até que sejam concluídos os trabalhos de delimitação da área exata da ocorrência da praga e estruturadas as medidas previstas de prevenção e erradicação da praga previstas no Plano Nacional de Prevenção e Vigilância de Moniliophthora roreri.

No mês passado, um foco da praga foi detectado em área residencial urbana no município de Cruzeiro do Sul, interior do Acre.

A monilíase é uma doença devastadora que afeta, principalmente, plantas do gênero Theobroma, como o cacau (Theobroma cacao L.) e o cupuaçu (Theobroma grandiflorum), causando perdas na produção e uma elevação nos custos devido à necessidade de medidas adicionais de manejo e aplicação de fungicidas para o controle da praga.

Essa é uma doença que atinge somente as plantas hospedeiras do fungo, sem riscos de danos à saúde humana.

O Mapa alerta que devido ao seu potencial de danos às culturas que atinge é de fundamental importância a notificação imediata de quaisquer suspeitas de ocorrência da praga nas demais regiões do país às autoridades fitossanitárias locais.

Na América do Sul, a praga já se encontra presente no Equador, Colômbia, Venezuela, Bolívia e Peru. (Mapa)

Continuar lendo

Acre 01

Fiocruz mantém tendência de crescimento das síndromes respiratórias no Acre

Publicado

em

Divulgado nesta quarta-feira (4) o novo boletim da Fiocruz diz que 3 Estados, entre eles o Acre, apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo nas síndromes respiratórias agudas graves (SRAG). Além do Acre, Mato Grosso do Sul, e Pará, completam a lista.

Dentre os demais, 9 apresentam sinal de queda na tendência de longo prazo.

“O estado do Acre apresenta sinal forte de crescimento na tendência de longo prazo, e moderado na tendência de curto prazo”, diz a Fiocruz. A estimativa é de possibilidade de mais de 75% para que isso aconteça, o que foi projetado no boletim anterior.

Mato Grosso do Sul e Pará apresentam sinal moderado de crescimento na tendência de longo prazo, sendo que no caso do Pará também se observa o mesmo nível para a tendência de curto prazo.

No Ceará observa-se sinal forte de crescimento na tendência de curto prazo, porém com sinal de estabilidade na tendência de longo prazo. Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, e São Paulo.

A Fiocruz observa sinal de estabilidade nas tendências de longo e curto prazo em 11 Unidades da Federação: Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, e Rondônia.

“Embora os sinais de tendência sejam na maioria positivos, indicando poucos estados atualmente com sinal de crescimento nas tendências de longo ou curto prazo, os valores semanais continuam elevados, como apresentado pelo indicador de transmissão comunitária. Com exceção de Roraima que já apresenta nível epidêmico, todos os estados apresentam macrorregiões em nível alto ou superior, sendo que 7 estados e o Distrito Federal apresentam macrorregiões em nível extremamente elevado. Isso evidencia a necessidade de manutenção de medidas de mitigação da transmissão e proteção à vida”, diz a Fundação.

Continuar lendo

Acre 01

PF e PC deflagram operação de combate ao tráfico de drogas na fronteira do Alto Acre

Publicado

em

Agentes da Polícia Federal e Polícia Civil deflagraram nesta quinta-feira, 5, a Operação “STEPH”, cujo objetivo é combater o tráfico de drogas, bem como furtos, roubos e receptação de veículos, crimes praticados como meio para a mercancia da droga, na região do Alto Acre.

A investigação teve início em julho de 2021, após a equipe de investigação da delegacia da PF e PC identificarem um grupo criminoso que vinha praticando tráfico de drogas, bem como realizando outros crimes como meio de financiar o tráfico.

A Operação faz alusão à necessidade que os envolvidos tinham de validar suas ações postando fotos em redes sociais. Ao total foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão. Os trabalhos contaram com a participação de 30 policiais federais e 10 policiais civis.

Os envolvidos responderão pelo crime de tráfico de drogas cuja a pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Continuar lendo

Blog do Crica

MDB, o gigante que encolheu

Publicado

em

O MDB CAMINHA para dar uma bela encolhida no seu tamanho, para a disputa da eleição do próximo ano. Eu, absolutamente, só faço um comentário depois de ouvir várias fontes, para dar um panorama real ao leitor do BLOG. É tão certo como não vai ter neve no Acre hoje, como o senador Márcio Bittar (MDB) não ficará no partido. 

Na sua canoa da debandada também deve embarcar o deputado Roberto Duarte (MDB), o mais votado da capital, junto com outras lideranças periféricas da sigla. 

Outro que está de malas prontas para deixar o MDB é o prefeito do terceiro colégio eleitoral do estado, Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), e deve lhe acompanhar a esposa e deputada estadual mais votada do Acre, Meire Serafim (MDB). 

Dentro deste cenário, o MDB entra na eleição de 2022, como no conto literário, com o título: “O Gigante que Encolheu”. Eleição é como andar numa Roda Gigante, uma hora se está no alto, em seguida se está embaixo. O MDB é a bola da vez.

COMPLICADO PARA O VELHO LOBO

O CENÁRIO de debandada dentro do MDB é complicado para o velho lobo, deputado federal Flaviano Melo (MDB). Caso a deputada federal Jéssica Sales (MDB), mantenha a candidatura ao Senado, o Flaviano ficará só na chapa de Federal, e sem musculatura para se eleger com apenas os seus votos. E o Flaviano sabe bem disso.

ENXURRADA DE FILIAÇÕES

O REPUBLICANOS está programando uma enxurrada de filiações de postulantes a candidatos a deputado federal e deputado estadual. No rol estará o deputado Roberto Duarte (MDB).

GRUPO FECHADO

REPUBLICANOS, PSL e PTB, são partidos que vão integrar o grupo do senador Márcio Bittar (MDB), na eleição do próximo ano, e apoiarão Márcia Bittar ao Senado.

  UMA RETIFICAÇÃO

O PROJETO que obriga a PMRB a divulgar os medicamentos existentes e em falta nas unidades de saúde, é do vereador Arnaldo Barros (PODEMOS), e não do vereador Adailton Cruz (PDT), como noticiei no BLOG. 

ARRANCANDO OS CABELOS

POLÍTICOS do estado estão fazendo sessão de descarrego, despacho de macumba, promessa a São Expedito – santo das causas impossíveis, na torcida para que passe o Distritão, é que sem isso, terão que fazer chapas próprias.

CHAPAS VAGABUNDAS

A MAIORIA dos partidos sempre elegeram deputados com coligações proporcionais, sem preocupação de ter chapa completa, na eleição de 2022, a maioria, no máximo conseguirá montar chapas vagabundas.

QUEM TEM VIU, E QUEM TE VÊ!

UMA das máximas do PT sempre foi não tolerar infidelidade partidária, quem se atrevesse a comer fora da gamela era expulso. E, quando se vê o deputado Jonas Lima (PT), falar que apoiará a Jéssica Sales (MDB) para o Senado; rifando o JV, é para se exclamar: PT, quem te viu, e quem te vê! São os desencantos do poder.

CONVERSAS DOS BASTIDORES

JÁ NOTICIEI no BLOG que, há um movimento no grupo palaciano para convencer a senadora Mailza Gomes (PP), a sair a deputada federal. E, volto a alertar, que tem, inclusive, o aval do andar de cima. Te cuida, Mailza!

BRINCANDO COM SENTIMENTOS

CONVERSANDO ontem com amigo do meio jurídico, e este comentou sobre a brincadeira que o Legislativo está fazendo com o sentimento dos médicos formados no exterior, dando um falso alento de que poderão trabalhar sem CRM. Isso não vai ocorrer, seus autores sabem disso.

CONVERSA PARA BOI DORMIR

É UMA estratégia para quem não conhece os índios da aldeia, mas para quem conhece, soa como bravata: o Jorge Viana (PT) não está de cabeça para disputar o governo, mas de corpo e alma para disputar o Senado.

NEM UM POUCO

O GLDSON apoiou o prefeito de Mâncio Lima, Isac Lima. Alguém duvida que, o Isac estará no palanque da reeleição do Gladson, em 2022? Eu, nem um pouco!

MENOS SER BURRO

O JORGE VIANA pode ter os seus defeitos, mas entre eles não está a burrice política; sabe que para o governo o buraco é bem mais embaixo do que para o Senado.

OUTRO CONTEXTO

ELEIÇÃO PARA O GOVERNO é outro contexto, e o JV, mesmo sendo pressionado, sabe disso e não entra. 

PARENTES SEMPRE SE ENTENDEM

NA POLÍTICA, as paredes têm ouvidos. O governador Gladson Cameli vem conversando muito com o ex-prefeito Vagner Sales; e, logicamente, não é sobre a última piracema de mandi no Juruá, mas sobre o Senado.

BUSCAR ALIADOS

SEM OS BEM VOTADOS, os deputados Meire Serafim (MDB) e Roberto Duarte (MDB) na chapa, o MDB vai ter que correr atrás de bons candidatos para fazer companhia à deputada Antonia Sales (MDB), a única a ficar na sigla.

NÃO FOI BARRADA

A DESEMBARAÇADA vereadora Michele Melo (PDT) diz que não foi barrada no PSD, e que estuda em que sigla vai continuar sua carreira política, que pode ser até no PDT.

QUESTÃO É DE DEFINIÇÃO

A INORMAÇÃO QUE TIVE é de que a vereadora Michele Melo (PDT) não seria aceita na chapa do PSD à ALEAC, foi de dirigentes. É que o partido deliberou que, não aceitará ninguém com mandato, o que se aplicaria ao seu caso.

PORTA FECHADA

O REPUBLICANOS foi outro que fechou a porta para candidatos detentores de mandatos disputarem vagas na ALEAC. A porta é trancada para deputados e vereadores. 

FRASE MARCANTE

“Podemos fugir de tudo, menos de nós próprios”. (José Saramago).

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas