Conecte-se agora

CNJ apresenta novo relatório sobre Covid-19 no sistema penitenciário do Acre

Publicado

em

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou nesta terça-feira (21) o monitoramento periódico que o órgão realiza no sistema prisional brasileiro quanto à Covid-19.

Os dados são em parte até o dia 7 e 13 de julho, e mostram que no Acre foram realizados 257 testes contra a doença em presos e 534 em servidores. 173 detentos e 305 servidores testaram positivo.

No sistema socioeducativo, o número de menores testados foi muito pequeno: apenas 4 fizeram o exame. No entanto, 96 servidores realizaram o teste. Duas pessoas morreram.

O CNJ informa que 1.600 máscaras de tecido foram distribuídas para presos e outras 9.000 para os servidores.

O Conselho avalia que água, alimentação, material de higiene e limpeza e equipes de saúde estão “a contento” mas na questão dos medicamentos fez uma observação: “O estado e municípios vêm ajudando com envio das medicações pertinentes a cada caso, o que tem contribuído no enfrentamento prévio ao colapso na saúde prisional”.

No sistema socioeducativo, o ISE informou ao CNJ que uma unidade não dispõe de profissional de saúde.

O Acre está entre os 17 Estados que informaram as atividades realizadas por seus Comitês de Acompanhamento.

Os dados foram apresentados aos tribunais dos Estados durante o encontro virtual. Os tribunais tiveram acesso aos resultados inéditos da segunda coleta de dados produzidos pelo CNJ sobre a adesão das unidades da federação à Recomendação 62, que estabelece os procedimentos para o período da pandemia em relação ao sistema prisional.

Entre março e maio, 35 mil pessoas foram retiradas do regime fechado em razão da pandemia, menos de 5% da população carcerária do país. Houve aumento na quantidade de Estados que estão aplicando a soltura de presos provisórios por grupo de referência, principalmente pessoas presas por dívida de pensão alimentícia. Em 22 unidades federativas, houve alterações no regime fechado, sendo a principal mudança a conversão para prisão domiciliar com monitoração eletrônica.

Não foram informados o número de detentos liberados por conta da pandemia no Acre. Acesse um dos boletins do CNJ:

https://www.cnj.jus.br/wp-content/uploads/2020/07/Monitoramento-Semanal-Covid-19-Info-15.07.20.pdf

Cotidiano

Incêndio em Xapuri foi bem controlado e não houve danos a residências

Publicado

em

A tenente BM Laiza, comandante do 8º Batalhão, sediado em Xapuri, informou na manhã desta quarta-feira (22) que a queimada urbana que atingiu uma área de vegetação próxima ao aeródromo da cidade e da própria sede do Corpo de Bombeiros na cidade, no dia anterior, foi controlado sem chegar a causar danos materiais.

De acordo com a militar, o fogo começou por volta das 18h30horas da noite desta terça-feira (21), nas imediações de onde está o bairro Mutirão, uma das primeiras concentrações de residências para quem chega a Xapuri, tendo sido inicialmente controlado. No entanto, as chamas voltaram a ter intensidade momentos depois.

De acordo com a comandante, os bombeiros fizeram o combate inicial exatamente nos pontos mais próximos às residências e às instalações do batalhão, onde já haviam sido feitos os chamados “aceiros” para evitar o avanço das chamas rumo a edificações, e ainda na margem da Estrada da Borracha.

Ainda de acordo com a tenente Laiza, apesar de ainda haver muito fogo na região atingida por volta das 21h30 da noite, o incêndio já estava sendo controlado nesse horário pela guarnição de plantão e por volta das 10h30 a situação já era tranquila na área que costuma ser alvo de incêndios provocados todos os anos.

Essa foi a maior queimada urbana registrada em Xapuri desde o começo da temporada do fogo. O município tem, até a última atualização do programa Queimadas, 303 focos de calor detectados pelo satélite de referência do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) desde janeiro.

No vídeo abaixo, você pode conferir como ficou a área atingida pelo fogo em Xapuri na noite desta terça-feira, além das informações e orientações prestadas pela tenente Laiza a respeito do trabalho de combate feito pelos bombeiros, que resultou na preservação de vidas e de patrimônios materiais.

Continuar lendo

Cotidiano

PM conhecido por ações sociais denuncia perfil fake em seu nome que vende armas de fogo

Publicado

em

Derineudo Souza é um Policial Militar acreano bastante conhecido em todo o estado pelas ações de solidariedade que realiza. Coordenando um grupo de pessoas que apostam na ajuda a quem mais precisa para melhorar a vida de todos, já conseguiu construir casa, comprar equipamentos, sempre contando com uma grande rede de solidariedade.

Ainda assim, Derineudo não conseguiu escapar de ser vítima de fake news. O PM denuncia a criação de uma perfil falso em uma rede social, onde foi colocada uma foto sua e o golpista anuncia que o militar estaria vendendo uma arma.

O policial foi alertado por amigos das redes sociais, cuja arma foi oferecida. “O perfil é falso, não tem nenhum amigo e foi criado do dia 20 para o dia 21 de setembro. Quero deixar claro que essa pessoa não sou eu e já estou tomando as devidas providências para que essa pessoa seja responsabilidade”.

Derineudo gravou um vídeo em uma delegacia, onde registrou um Boletim de Ocorrências, e pede que as pessoas não respondam ao perfil falso e apenas denunciem.

Continuar lendo

Cotidiano

Devido ao calor, prefeitura suspende vacinação no drive-thru por tempo indeterminado

Publicado

em

A Secretaria de Saúde de Rio Branco (Semsa) informou que decidiu suspender a vacinação no drive-thru, montado em frente ao 7º BEC. A suspensão passa a valer a partir desta quarta-feira, 22.

De acordo com o comunicado, divulgado pela assessoria de comunicação da prefeitura de Rio Branco, o motivo da suspensão da vacinação no local ocorre devido ao calor. As altas temperaturas climáticas podem ocasionar estrago nos imunizantes.

O órgão de saúde destacou que a aplicação da segunda dose da Coronavac e da AstraZeneca, que eram aplicadas no drive-thru, vão se disponibilizadas na Urap Eduardo Assmar, na Rua Júlio Camilo de Oliveira, 149, bairro Quinze.

“O motivo se dá em virtude do calor excessivo em Rio Branco e pelos atendimentos serem realizados nas tendas que cobrem o local. Com isso, a alta temperatura pode comprometer a integridade dos imunizantes”, diz trecho da nota.

Continuar lendo

Cotidiano

Queimadas exterminam número incontável de animais no Acre, denuncia Defesa Civil

Publicado

em

Em um único dia, na última segunda-feira, 20 de setembro, Rio Branco registrou 25 grandes incêndios, alguns deles ganharam repercussão outros viraram estatística.

A imensa maioria tem a ação humana como causa, segundo a Defesa Civil de Rio Branco e todos geram imensos prejuízos em vários aspectos. Pouco comentado, o estrago à fauna tem chamado a atenção do chefe da DC, o Major Claudio Falcão, que diariamente registra um número incontável de animais calcinados pelos incêndios.

Não há estudo nem contabilidade sobre o tema na capital do Acre mas Falcão considera que, baseando-se nas operações dos bombeiros e da DC, sejam muitos, levando em conta os insetos e outros bichos menores que guardam igualmente relevância no sistema ambiental -mas acabam destruídos na teimosia das inconsequente das queimadas.

“Os principais animais que a gente encontra são tatus, cobras, bichos-preguiça, tamanduá e aves também”, disse Falcão ao ac24horas. “É preciso que todos nós estejamos unidos no combate a essas queimadas”, completou.

Fora a fauna e flora, as pessoas sofrem muito com as queimadas mas há públicos mais vulneráveis, como crianças e idosos -e há perdas consideráveis no patrimônio público e privado.

A boa notícia é que, segundo o portal O Tempo Aqui, o pior da seca já passou e as chuvas devem ser mais frequentas a partir da 2ª quinzena de setembro no Acre. Com as chuvas, as queimadas diminuem, o fumaceiro passa e a vegetação tenta se recuperar, trazendo melhor possibilidade de vida a todos, inclusive os animais.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas