Conecte-se agora

Vacina de Oxford é segura e gerou resposta imune contra Covid-19

Publicado

em

A vacina da Universidade de Oxford em parceria com a biofarmacêutica anglo-sueca AstraZeneca teve bons resultados contra o novo coronavírus, segundo um estudo publicado nesta segunda-feira, 20, na revista científica The Lancet. O estudo foi do tipo randômico, com grupo de controle (que recebeu uma vacina de meningite) e cego (no qual os voluntários não sabem qual medicamento foi administrado), e realizado com cerca de 1.077 pessoas saudáveis. Os resultados são das fases 1 e 2 da vacina.

A vacina desenvolvida pela universidade britânica, uma das três opções que estão na versão da fase 3 de testes segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), de acordo com o estudo, pode ser ainda mais efetiva quando uma segunda dose é administrada. A resposta imune chamada de célula T é produzida 14 dias após uma primeira dose e os anticorpos apareceram depois de 28 dias.

Os efeitos colaterais, de acordo com a divulgação, foram pequenos e puderam ser reduzidos quando os pacientes usaram paracetamol. Os dados foram coletados entre os dias 23 de abril e 29 de maio e os testes ainda estão acontecendo. Para a OMS, a vacina britânica é a opção mais avançada no mundo em termos de testagem.

Outros estudos ainda devem ser feitos, inclusive em idosos, para garantir a segurança da vacina. Apesar de conseguir criar uma resposta imune ao vírus, ainda é preciso descobrir se a vacina pode proteger efetivamente as pessoas de uma infecção. Os pesquisadores acreditam que uma vacina ideal contra o vírus deve ser efetiva após uma ou duas doses, trabalhar em grupos de risco, como adultos e pessoas com condições pré-existentes, garantir uma proteção de, no mínimo, seis meses e reduzir a infecção pelo SARS-CoV-2. O estudo ainda é muito preliminar para saber se a vacina preenche todos os requisitos, mas as fases dois (no Reino Unido) e a fase três de testes (acontecendo no Reino Unido, Brasil e África do Sul) devem garantir a eficácia completa dela.

Anúncios

Destaque 7

Governo assina contrato de R$ 800 mil para reformar a Tentamen

Publicado

em

O governo do Acre assinou nessa quarta-feira, 20, o contrato de repasse junto à União para reforma, adequação de acessibilidade e reestruturação da Sociedade Recreativa Tentamen, num valor superior a R$ 835 mil. O extrato de contrato foi publicado no Diário Oficial da União de terça, com intermédio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, representado pela Caixa Econômica Federal.

A promessa é de que Rio Branco terá mais um espaço cultural revitalizado, reestruturado e entregue para a população. Agora, dever ser iniciado o processo licitatório para reforma do prédio histórico, localizado no segundo distrito da capital. Em janeiro de 2020, o governador Gladson Cameli assinou o decreto governamental nº 5071, que realizou o tombamento provisório da Sociedade Recreativa Tentamen.

O processo de tombamento foi iniciado no ano de 2010, com a aprovação do conselho, que é a instância maior, levando em consideração a lei estadual nº 1.294, de 8 de setembro de 1999, que institui a criação do conselho, o fundo de patrimônio e a proteção e preservação de todo bem histórico, arqueológico, arquitetônico e paisagístico do Estado do Acre, sob a responsabilidade da Fundação Elias Mansour.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Destaque 7

Preço do litro da gasolina se aproxima de R$ 8 no Acre

Publicado

em

Em Rio Branco, capital do Acre, o litro da gasolina ainda pode ser encontrado a R$ 4,90. Em Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade do Estado, o valor é de R$ 5,95.

No entanto, nas 4 cidades mais isoladas do Acre: Jordão, Santa Rosa, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, onde só é possível chegar de barco ou avião, os moradores pagam quase R$ 8 pelo litro da gasolina.

O valor mais alto é praticado em Jordão, por R$ 7,50 o litro. Em Marechal Thaumaturgo, o litro custa R$ 6,90. Em Porto Walter, chega a R$ 6,50 e em Santa Rosa do Purus são R$ 6,30 pelo litro da gasolina.

Sem o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor, os moradores desses municípios não têm a quem reclamar.

Continuar lendo

Destaque 7

Motorista acreano que fará carregamento de vacinas perdeu familiar e amigos para Covid-19

Publicado

em

Foto: Whidy Melo/ac24horas.com

Vladmir de Oliveira tem 45 anos e trabalha atualmente como motorista no Setor de Divisão Estadual de Imunização de Rede de Frios da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre). É ele quem vai fazer o carregamento das vacinas vindas de São Paulo que irão imunizar a população contra os efeitos da Covid-19.

A viatura 13 [caminhão] da Sesacre já está a postos desde as 6h30 desta segunda-feira, 18, a espera dos lotes que vão chegar ainda hoje e ser distribuídos entre os 22 municípios acreanos.

Para Vladmir, o trabalho desta segunda tem uma função ainda mais especial e simbólica. A pandemia do novo coronavírus tem sido difícil para ele, que perdeu familiar e muitos colegas de trabalho para o vírus.

“A pandemia foi difícil. Trabalhei todos os dias e vi muitos colegas irem embora”, disse ao ac24horas. Entre as perdas, estão uma tia e um colega de trabalho que atuava com ele na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Rio Branco.

O motorista considera fundamental a chegada dos insumos. “Eu também estou aguardando a vacina. Tenho sobrepeso, isso é uma comorbidade. Não estou indo para canto nenhum, só em casa e para o trabalho”, salienta.

O profissional acredita que se a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) certificou o imunizante, é sinal de que a vacina de fato é boa. “O Butantan é reconhecido no Brasil todo, um instituto com respaldo e a Fiocruz também é fantástica. A vacina que a gente receber será bem vinda”, diz.

Ele conta que na hora que recebeu a ligação de seu chefe e soube da notícia de que iria fazer o carregamento, ficou contente. Um momento especial”, finalizou.

Continuar lendo

Destaque 7

Senadora Mailza Gomes comemora aprovação das vacinas pela Anvisa: “É um dia histórico para o Brasil”

Publicado

em

A senadora Mailza Gomes (Progressistas) destacou neste domingo, 17, nas redes sociais, a aprovação emergencial das vacinas Coronavac e Oxford contra a Covid-19 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa.

“Dia histórico para o nosso Brasil! A Anvisa acaba de aprovar, de forma unânime, o uso emergencial das vacinas da Coronavac e Oxford. E a primeira pessoa já foi vacinada em SP, a enfermeira Mônica Calazans. A vacina é a esperança e a garantia de salvar vidas!”, publicou a parlamentar nas redes sociais.

A senadora, que estava no Acre em agenda até quarta-feira passada, 12, está em Brasília para buscar nos ministérios a liberação dos recursos de emendas que foram indicados por ela.

Confira as ações da senadora Mailza Gomes

Mailza garante mais de R$ 98 milhões para o Acre

Em 2020, a senadora Mailza viabilizou mais de R$ 98 milhões (noventa e oito milhões de reais) em recursos para serem aplicados na área da saúde, social, infraestrutura, educação e segurança para o estado do Acre.

Desse valor, R$ 38,4 milhões (trinta e oito milhões e quatrocentos mil reais) de emendas extraparlamentares de sua autoria foram liberados para os munícipios investirem em hospitais, combate ao coronavírus e compra de medicamentos. A senadora também liberou R$ 350 mil para a Universidade Federal do Acre (Ufac) fabricar máscaras e EPIs e R$ 800 mil para o Hospital de Amor do Acre usar no custeio de serviços de assistência ambulatorial da unidade.

A parlamentar garantiu ainda R$ 5,3 milhões (cinco milhões e trezentos mil) para humanização dos hospitais e maternidades em todo o estado, reforma de unidades de saúde em Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Xapuri, além de compra de ambulâncias.

Mailza consegue doações para combate ao Covid-19

A parlamentar se articulou junto a Fundação Itaú Unibanco por meio do projeto Todos Pela Saúde, uma parceria público-privada do Banco Itaú e Hospital Sírio-Libanês e conseguiu nove respiradores e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para o estado.

Por intermédio da senadora, a Vivo doou R$ 1 milhão de reais para ajudar o Governo do Acre no combate ao Covid-19. Em outra articulação novamente com a Vivo e o Banco Santander, Mailza conseguiu mais cinco respiradores e com a Coca-Cola do Brasil, 5 mil frascos de álcool em gel. O Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS), após pedido da senadora, doou R$ 650 mil para o Hospital Santa Juliana.

Mailza e Davi se mobilizam para o envio de oxigênio doado por artistas a Manaus

O transporte de 50 cilindros de oxigênio doados por artistas ao estado do Amazonas, cuja saúde pública está em colapso em razão da pandemia de covid-19, foi viabilizado pela senadora Mailza Gomes (PP-AC), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e o governador do Acre, Gladson Cameli que se mobilizaram junto ao governo. Os equipamentos serão usados para a oxigenação de pacientes internados para tratamento da covid-19. O material foi doado por Bruno Gagliasso, Otaviano Costa, Thelma Assis, Fabiula Nascimento, Felipe Neto e Maria Gadu.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas