Conecte-se agora

Inquérito revela que 90% da população de Rio Branco ainda está vulnerável ao coronavírus

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

A prefeitura de Rio Branco realizou entre os dias 03 e 14 de julho o Inquérito Soro-epidemiológico aplicando testes rápidos em domicílios nos diversos bairros da cidade. O intuito é avaliar a situação atual da pandemia de Covid-19 na capital acreana.

Concluído nesta quinta-feira, 16, o resultado final do trabalho realizado pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) foi apresentado à prefeita Socorro Neri e revela que, pelo menos, 90% da população da capital ainda está vulnerável ao novo coronavírus.

Dos mais de 139,3 mil domicílios de Rio Branco, distribuídos em 124 bairros, o relatório mostra que, utilizando a metodologia de pesquisa por amostragem, 1007 residências foram visitadas pelos agentes da Vigilância Epidemiológica, sendo que 959 testes e entrevistas foram validados. Destes, 83 pessoas tiveram resultado positivo ao exame, o que significa 8,7% de prevalência do vírus.

O médico Oswaldo Leal, coordenador do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus, disse que o número já era esperado. “Nós sabemos que existe uma subnotificação nos registros oficiais, que tem a ver com a prioridade da realização dos exames sorológicos de Covid-19 para pacientes graves em unidades hospitalares. Esse número de pessoas que identificamos corresponde às pessoas que apresentaram sintomas leves, ou que confundiram os sintomas com os sintomas da gripe e por isso tiveram positividade, mas que não utilizaram a rede de saúde para a realização de testes”, avaliou.

FOTO: SÉRGIO VALE – ac24horas.com

Das 959 pessoas testadas e entrevistadas, 11,4% fizeram algum tratamento e foram relatados 3 casos de internação; 30,2% apresentaram sintomas de Covid-19 anteriormente, tais como: febre, dor de cabeça, coriza e tosse, principalmente; 33,9% tiveram contato com casos confirmados da doença; 57,4% declararam que não tiveram e 8,8% não souberam responder; das pessoas que disseram ter contato com o vírus, 62,2% declararam que foi em casa e 22,9% no trabalho, em outras respostas aparecem também transporte, banco e unidades de saúde.

Pela dinâmica de trabalho da Semsa, a cidade é dividida em 10 regionais de saúde e o Inquérito Epidemiológico mostra que as mais afetadas são: Tancredo Neves, Floresta e Baixada da Sobral, onde a partir da próxima semana os moradores receberão atenção especial no sentido de identificação de pessoas com sintomas de gripe para que recebam o tratamento adequado, segundo explicou Oswaldo Leal.

Outra conclusão importante do Inquérito Epidemiológico é a necessidade da continuidade das medidas de isolamento social para prevenir a propagação do novo coronavírus, assim como o uso de máscaras e a higienização constante das mãos. O inquérito mostrou também a importância que a comunidade dá ao isolamento social. Das 959 pessoas entrevistadas, a maioria mulheres, 96,1% acham que é importante o distanciamento social e 75% atribuíram nota 10 quando perguntadas sobre o grau de importância disso; 91,7% cumprem a medida; 45,3% sai de casa apenas para realizar atividades essenciais; 10,2% apenas para ir ao trabalho e 19,6% não saem.

Veja o inquérito completo aqui.

Com informações Ascom/PMRB

Anúncios

Cotidiano

Prefeitura inicia vacinação de idosos a partir de 73 anos nesta terça, em Rio Branco

Publicado

em

O secretário municipal de saúde Frank Lima, anunciou na noite desta segunda-feira, 01, que a prefeitura de Rio Branco baixou a faixa-etária de vacinação na capital.

Segundo o secretário, os idosos que têm idade a partir de 73 anos podem procurar o pátio do 7º BEC e as Unidades de Referência da Atenção Primária (URAPs) Roney Meireles, Cláudia Vitorino e Policlínica Barral y Barral para vacinar nesta terça-feira (01). O horário de funcionamento é das 08 às 17 horas.

Ao ac24horas, o secretário afirmou que a decisão ocorreu após constatar que existe estoque de vacina para imunizar essa faixa-etária.

Ele ressaltou que existe a previsão de chegada de um novo lote de vacinas na quinta-feira, 04, por parte do Ministério da Saúde (MS).

O gestor ressaltou que, caso chegue um novo lote de vacinas, a prefeitura contemplará a faixa-etária de 70 a 89 anos e reativará os drive-thru da Arena Acreana e do Via Verde Shopping.

Continuar lendo

Cotidiano

Mãe de Gladson pede oração para o filho: “só quem é mãe sabe como fica o nosso coração”

Publicado

em

A mãe do governador Gladson Cameli, Linda Cameli, usou as redes sociais na noite desta segunda-feira, 01, para pedir oração ao filho que testou positivo para a Covid-19. Gladson fez exame na manhã desta segunda-feira, 01, no Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) após sentir uma forte indisposição após apresentar sintomas de dor de cabeça, gripe e dor no corpo.

“Venho como mãe pedir oração, por ele e por todos os doentes. Só quem é mãe sabe como fica nosso coração. Essa doença pouco se sabe sobre ela. Com fé em Deus logo ele estará curado. Obrigada, unidas em oração”, afirmou nas redes.

Com a testagem positiva, Cameli ficará afastado das agendas oficiais pelas próximas duas semanas ou até receber alta médica. Ele se encontra isolado em um quarto de sua casa recebendo acompanhamento médico.

Várias reuniões que estavam marcadas para esta segunda tiveram que ser adiadas por tempo indeterminado. O ac24horas apurou que caso o governador apresente um desenvolvimento leve da Covid-19, deverá despachar remotamente de sua casa.

Continuar lendo

Cotidiano

Sinpal doa kits de limpeza e alimentos para famílias atingidas pela alagação

Publicado

em

Solidários ao difícil momento que milhares de famílias enfrentam em virtude das enchentes que castigam o Acre, o Sindicato da Indústria de Produtos Alimentares do Estado (Sinpal) e empresas filiadas à entidade se mobilizaram e realizaram na manhã desta segunda-feira, 1º de março, a doação de produtos de limpeza, higiene e alimentos que serão destinados às famílias atingidas pela alagação.

Os itens foram repassados à primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli, em ato no Palácio Rio Branco. Estiveram presentes o presidente do Sinpal, José Luiz Assis Felício, os empresários Adalberto Moreto, Luciana Mendonça e Carlos D’Agostini, e o secretário de Agricultura e Pecuária do Estado, Edvan Azevedo.

“É um gesto de solidariedade que não poderíamos deixar de realizar. Foi uma iniciativa do próprio Sindicato da Indústria de Alimentos, com empenho e colaboração das empresas filiadas, com o objetivo de minimizar o sofrimento das famílias afetadas pelas enchentes. Fizemos contato com o Gabinete da Primeira-dama e pediram que priorizássemos produtos de limpeza e higiene, mas também estamos doando pães, biscoitinhos e outros itens. É uma primeira ajuda e pretendemos colaborar ainda mais”, comentou o presidente do Sinpal, José Luiz Felício.

A primeira-dama, Ana Paula Cameli, externou sua gratidão com a doação e comentou que os produtos serão encaminhados à Secretaria de Assistência Social, que é responsável pela logística de distribuição às famílias. “Ficamos muito felizes com essa doação do Sindicato da Indústrias de Produtos Alimentares. Isso demonstra que os empresários do setor são sensíveis a esse drama e é uma ajuda muito bem-vinda”, frisou.

Indústria Amiga Acreana – O empresário Adalberto Moreto, proprietário do Café Contri, destacou que, além de ajudar as vítimas das enchentes, a mobilização também priorizou as indústrias acreanas na compra dos produtos. “Nosso sindicato tem mais de 30 indústrias filiadas e engajadas que somaram esforços nesse movimento. O Sinpal tem essa responsabilidade social e essa iniciativa é mais um exemplo disso”, acrescentou a empresária Luciana Mendonça, do Frigorífico Annasara.

O presidente do Sinpal ressaltou aproveitou a oportunidade para apresentar à primeira-dama a campanha Indústria Amiga Acreana, que busca valorizar o que é produzido no Acre, mantendo as empresas locais de portas abertas e gerando empregos neste momento de crise. Ana Paula Cameli elogiou o movimento e garantiu apoio à iniciativa.

 

Continuar lendo

Cotidiano

TCE do Acre alerta que prazos processuais seguem suspensos até 21 de março

Publicado

em

O Tribunal de Contas do Acre alertou gestores públicos de todo o Estado nesta segunda-feira (1) que decidiu suspender até 21 de março todos os prazos processuais.

A medida consta da portaria nº 117/2021 publicada no Diário de Contas no dia 23 de fevereiro de 2021. A decisão foi adotada por causa da da pandemia causada pela Covid-19 e o agravamento dos casos dessa doença no Acre.

O TCE realiza sua rotina de trabalho pela via remota e em home office.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas