Conecte-se agora

Coronavírus: primeiro caso de reinfecção em Minas Gerais acende alerta

Publicado

em

A morte de um jovem de 22 anos, morador da pequena Itatiaiuçu, na região Central de Minas Gerais, acende um alerta sobre a possibilidade de reinfecção. Ele, que já tinha sido infectado pela Covid-19 em abril, voltou a testar positivo no fim de junho e faleceu na última segunda-feira por complicações da doença. O caso está sendo investigado e pode entrar para os estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS), que ainda não descarta o risco de uma pessoa ter a doença mais de uma vez.

“Atualmente, não há evidências de que as pessoas que se recuperaram da Covid-19 e tenham anticorpos estejam protegidas contra uma segunda infecção. É esperado que a maioria dos infectados desenvolva uma resposta de anticorpos que forneça algum nível de proteção. O que ainda não se sabe é o nível de proteção ou quanto tempo vai durar”, explica a OMS, que aguarda comunicado oficial do Ministério da Saúde sobre o caso em Minas.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) informou que, até a presente data, não há registro oficial sobre reinfecção no Estado e que, na eventual apuração dessas situações, presta apoio técnico ao município. Já o Ministério da Saúde diz que está em contato com a pasta, que investiga o caso de reinfecção.

O técnico em enfermagem Libério Tadeu Fonseca Pereira faleceu nesta semana, no Hospital Manoel Gonçalves, em Itaúna. “Ele teve sintomas pela primeira vez no dia 17 de abril. Recolhemos o PCR dele, e o resultado deu positivo para Covid. O paciente ficou isolado. Depois, para voltar ao trabalho, fez um novo (teste) PCR, em meados de maio. Ele já tinha melhorado os sintomas, e o PCR deu negativo. Agora, no dia 26 de junho, voltou a ser sintomático, fizemos a coleta de novo do material, um novo PCR, e veio o resultado positivo. No dia 27, ele foi internado em Itaúna; no dia 28, precisou ser intubado e, infelizmente, veio a falecer ontem (dia 6)”, explicou a enfermeira responsável por epidemiologia da Policlínica de Itatiaiuçu, Gláucia de Souza Vilela.

Mutação genética

Gláucia diz ainda que a reinfecção que vitimou Libério pode ter relação com um raro fator genético apresentado pela mãe, Edriana de Fátima Pereira Fonseca, de 44 anos, também morta pelo novo coronavírus dois dias antes do filho, no mesmo hospital.

“A mãe tinha uma alteração genética, uma síndrome muito rara, e um dos sintomas era a baixa imunidade. Chegamos a esse diagnóstico no início do ano, pois ela sofria várias infecções de repetição, adoecia com frequência e ficava mais grave, era uma pessoa mais frágil. Mas, infelizmente, não teve tempo de voltar ao geneticista ou testar outros membros da família. Ela precisava de um transplante de medula. Por esse fator, a gente suspeita que ele possa ter herdado essa condição, mas não podemos afirmar nada”, continuou a enfermeira.

“Não há relatos na medicina que falem sobre isso, mas acredito que seja pouco provável uma reinfecção. O que ocorre são pacientes que não se curam, mas passam a ser assintomáticos e depois voltam a apresentar sintomas. Há ainda casos de falso-positivo ou negativo em alguns testes”, afirmou o médico infectologista Unaí Tupinambás, professor da UFMG e um dos integrantes do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura de Belo Horizonte.

O médico e secretário de Saúde de Itaúna, onde Libério foi atendido, Fernando Meira, segue linha semelhante à de Tupinambás. “Na verdade, não tem como nada ser dito de forma mais concreta, porque realmente não há a confirmação da cura completa, que seria um exame de RT-PCR negativo ou um teste rápido mostrando IgG. Então, pode ser considerada essa hipótese de não ter havido cura completa, apesar de a possibilidade de reinfecção também não poder ser descartada por completo”, explicou Meira.

Por meio de nota, o Ministério da Saúde disse que, de acordo com a literatura médica, existem casos de pacientes curados de Covid-19 que voltam a apresentar um novo episódio da doença, mas não existem certezas se esses quadros representam uma nova infecção ou uma recidiva.

Casos já registrados

Questionado se esse seria o primeiro caso de suspeita de reinfecção a ser investigado no Brasil, o Ministério da Saúde não tinha respondido até o fechamento desta edição.

Já a Secretaria de Estado de Saúde disse que nenhuma situação parecida foi registrada pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), que faz a gestão da Covid-19 em Minas Gerais.

FONTE: JORNAL O TEMPO

Cotidiano

Com dois jogadores a menos, Palmeiras segura empate e se classifica nos pênaltis

Publicado

em

Foto: Reuters 

Após um novo empate sem gols, o Palmeiras bateu o Atlético-MG por 6 a 5 na disputa de pênaltis e se classificou para as semifinais da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira (10) no Allianz Parque, em São Paulo.

O próximo adversário do Verdão sairá do confronto entre Athletico-PR e Estudiantes (Argentina), que voltam a se enfrentar nesta quinta-feira (11) em La Plata, após empate sem gols no confronto de ida na Arena da Baixada, em Curitiba.

Apesar de o confronto começar com um certo equilíbrio, o Palmeiras não demorou a assumir o comando das ações, tendo como melhor oportunidade uma bola cruzada na área por Dudu aos 7 minutos. O passe tinha como alvo Gustavo Scarpa, mas Arana foi mais esperto e conseguiu o corte.

O panorama começou a mudar aos 27 minutos, quando o volante Danilo foi expulso pelo juiz, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), após cometer falta dura em Zaracho. Com isso, o Verdão passou a ter uma postura mais conservadora, saindo menos para o ataque. Já o Galo apresentava muitas dificuldades de criar, tendo como melhor oportunidade da etapa uma finalização de primeira de Hulk após cruzamento de Mariano.

Com desvantagem numérica, Abel Ferreira postou sua equipe de forma ainda mais fechada no segundo tempo. Sem espaços para jogar, o Galo encontrou muitas dificuldades de criar oportunidades. Já o Verdão compensou a ausência de um jogador com a maior capacidade técnica, para tentar fazer alguma coisa, como a finalização de Zé Rafael aos 10 minutos.

Cinco minutos depois o Atlético-MG teve sua oportunidade mais cristalina, quando Mariano levantou a bola na área, onde Jair chegou finalizando com muito perigo de peixinho. Aos 21 foi Allan quem chegou bem, em chute de fora da área que parou em defesa de Weverton.

A situação do Palmeiras se complicou ainda mais aos 36 minutos, quando Scarpa entrou de sola em Allan e acabou recebendo o cartão vermelho direto. A partir daí o Galo passou a colecionar boas oportunidades de marcar, como um chute de Hulk que passou raspando aos 46 minutos, um cruzamento do camisa 7 um minuto depois que terminou batendo na trave e um chute de muito longe de Junior Alonso que foi defendido por Weverton.

A questão é que do outro lado do gramado estava um Palmeiras muito valente, que segurou o 0 a 0 até o final dos 90 minutos, antes dos quais o chileno Vargas acabou expulso após receber o segundo cartão amarelo na partida.

Decisão nos pênaltis

Na decisão por pênaltis, Hulk abriu as cobranças batendo muito bem. Raphael Veiga não falhou para empatar. Nacho bateu no meio rasteiro para voltar a dar a vantagem ao Galo. O paraguaio Gustavo Gómez deslocou o goleiro para deixar em 2 a 2. O volante Jair acertou o ângulo em sua cobrança. E Zé Rafael bateu firme, no canto, e igualou novamente. Eduardo Sasha converteu a sua. O uruguaio Piquerez acertou uma bomba no ângulo, mas Junior Alonso chutou com categoria para fazer 5 a 4. Já Rony venceu a pressão e manteve a disputa aberta. Chegou então a vez de Rubens nas cobranças alternadas, e o volante bateu fraco, permitindo a defesa de Weverton. Restou então ao zagueiro Murilo a responsabilidade de decidir a disputa, e ele não falhou, garantindo uma classificação heroica do Verdão.

Após o confronto continental, o Palmeiras faz clássico com o Corinthians no sábado (13) pelo Brasileiro. Um dia depois o Atlético-MG visita o Coritiba no Couto Pereira.

Continuar lendo

Cotidiano

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar prêmio de R$ 27 milhões

Publicado

em

O concurso 2.509 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (10) no Espaço Loterias da Caixa em São Paulo, não teve acertadores das seis dezenas. Os números sorteados foram: 08 – 37 – 39 – 50 – 59 – 60.

O próximo concurso (2.510), no sábado (13), deve pagar um prêmio de R$ 27 milhões.

A quina teve 47 ganhadores e cada um vai receber R$ 48.983,97. Os 2.560 acertadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.284,73.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal.

A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

O sorteio é realizado às 20h, no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Continuar lendo

Cotidiano

São Paulo bate Ceará nos pênaltis para avançar à semifinal da Copa Sul-Americana

Publicado

em

O São Paulo derrotou o Ceará por 4 a 3 na disputa de pênaltis, na noite desta quarta-feira (10) no Castelão, para se classificar para as semifinais da Copa Sul-Americana. Nos 90 minutos o Vozão triunfou por 2 a 1, o que obrigou que a vaga fosse definida nas penalidades, pois o Tricolor venceu na ida por 1 a 0.

Agora a equipe comandada pelo técnico Rogério Ceni terá o Atlético-GO como adversário na próxima fase da competição.

A equipe comandada pelo técnico Marquinhos Santos começou pressionando, criando oportunidades com Mendoza. Mas, com o decorrer da partida, o São Paulo foi equilibrando as ações, e chegou a finalizar com Galoppo, Miranda e Calleri.

Porém, o Ceará melhorou muito nos minutos finais e abriu o placar já aos 43 minutos, quando Richardson cruzou para Mendoza, que ganhou no alto para cabecear para o fundo do gol defendido por Felipe Alves.

A equipe de Rogério Ceni não se entregou e conseguiu igualar o marcador no segundo tempo, com o lateral Igor Vinícius aos 8 minutos após boa trama coletiva. Porém, a alegria são-paulina durou pouco, pois aos 17 o volante Guilherme Castilho bateu de primeira para botar o Vozão em vantagem novamente.

Como o placar permaneceu sem mais alterações até o final dos 90 minutos, a vaga teve que ser definida nas penalidades máximas, nas quais o São Paulo mostrou mais eficiência para triunfar por 4 a 3.

Após a partida decisiva pela Sul-Americana, as equipes se concentram no Brasileiro, onde o São Paulo mede forças com o Bragantino no domingo (14) e o Ceará disputa clássico com o Fortaleza no mesmo dia.

Continuar lendo

Cotidiano

Ministério Público do Acre divulga resultado de processo seletivo de estagiários

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf), tornou público nesta quarta-feira, 10, o resultado por ordem de classificação, do processo seletivo para contratação de estagiários para o preenchimento de vagas e a formação de cadastro de reserva de estágio em nível superior para o MPAC.

O resultado pode ser conferido no endereço eletrônico https://ceaf.mpac.mp.br. O Ceaf informou que em razão da falta de previsão legal ou editalícia, não serão admitidos recursos, somente sendo possível a modificação do resultado final por erro material. O resultado final será homologado pelo procurador-geral de Justiça do MPAC, Danilo Lovisaro do Nascimento, e publicado no Diário Oficial do MPAC (Dempac), ocasião em que se tornará definitivo.

As convocações serão realizadas por meio de publicação no Dempac e no site do processo seletivo, somente após a homologação do resultado final. Eventuais dúvidas ou questionamentos acerca do resultado final ou do processo seletivo poderão ser encaminhados ao e-mail [email protected]

Com 627 inscrições confirmadas, o processo de avaliação e seleção de estagiários foi realizado pelo Ceaf do MPAC. As provas foram realizadas no dia 24 de julho, em Rio Branco e Cruzeiro do Sul. A seletiva visa o preenchimento de 40 vagas e a formação de cadastro de reserva de estágio em nível superior em diversas áreas.

As vagas são para os cursos de Arquitetura, Biologia, Ciências Contábeis/Contabilidade/Economia, Comunicação Social, Engenharia Agronômica, Engenharia Civil, Engenharia Florestal, Serviço Social, Saúde Coletiva, Psicologia, Rede de Computadores, Sistemas de Informação, Administração e Direito, em Rio Branco. Para Cruzeiro do Sul, as vagas são somente para o curso de Direito. A carga horária de trabalho é de 30 horas semanais, com bolsa mensal no valor de um salário mínimo acrescido de auxilio transporte.

Ana Paula Pojo – Agência de Notícias do MPAC

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!