Conecte-se agora

Coronel Chicão, locutor da Difusora Acreana, morre aos 87 anos

Publicado

em

Francisco Madeira, conhecido no Estado do Acre como Coronel Chicão, morreu nesta quinta-feira, 2, em Goiânia, capital de Goiás. Coronel Chicão, que completaria 88 anos na próxima terça-feira, dia 7, estava internado em uma UTI do Hospital Amparo, em estado gravíssimo devido a um enfisema pulmonar.

O locutor era um dos últimos representantes da época em que a Rádio Difusora era, sem dúvidas, o mais importante veículo de comunicação do Acre. Com mais de meio século dedicado a Rádio Difusora e mesmo tendo se aposentado há muitos anos, continuava apresentando um dos mais tradicionais programas da Difusora: O Baile da Saudade, que ia ao ar todos os sábados, das 18 às 20 horas.

O radialista se junta a tantos outros profissionais que eternizaram suas vozes pelas ondas da Rádio Difusora Acreana nos seus quase 76 anos de existência e que já não estão mais entre nós, como Estevão Bimbi, Ilson Nascimento, Compadre Lico, Campos Pereira, Nivaldo Paiva, J. Conde, Cícero Moreira, entre outros.

O corpo do Coronel Chicão vai ser sepultado na pequena cidade de Goianira, interior de Goiás, onde uma de suas filhas mora.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas