Conecte-se agora

Governador proíbe blitz com aplicação de multas na pandemia

Publicado

em

Desde a última sexta-feira, 26, a Polícia Militar, prefeitura, Ciretran – que representa o Detran – e outros órgãos de Cruzeiro do Sul começaram a realizar uma grande blitz em vários pontos da cidade durante a Operação Pandemia II. Já nesta terça-feira, dia 1º, o governador Gladson Cameli proibiu desautorizou o Detran a fazer blitz com aplicação e cobrança de multas em todo o Acre durante a pandemia de coronavírus.

“Eu sou o governador e eu já tinha avisado que não era pra fazer blitz com multas. Não é para fazer. Eu queria saber por que só em Cruzeiro do Sul que fizeram. Nós estamos em 2020, numa pandemia, e o Detran não é um órgão quebrado. Quero que o Detran veja quem está fazendo isso. Os pais de família precisam fazer feira e o Detran tem é que diminuir burocracia “, alertou Cameli

Na Operação de sexta feira, comandada pelo capitão Alderlei Almeida, da PM de Cruzeiro do Sul, cinco equipes realizaram, simultaneamente, abordagens e fiscalização em vários bairros da cidade nos períodos da manhã, tarde e noite. O objetivo seria alertar a população em relação à gravidade da Covid-19, orientar sobre o uso de máscara de proteção e a importância do isolamento social, além de fiscalizar o funcionamento do comércio local.

Porém, taxistas e outros motoristas reclamaram da atuação da Companhia Independente de Fiscalização da 1° Circunscrição Regional de Trânsito, a Ciretran, e da Polícia Militar, pois estariam sendo multados no trânsito durante a ação.

Ao todo, 54 profissionais de oito órgãos públicos estiveram na ação: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito, Ministério Público , Secretaria Municipal de Saúde, Vigilância Sanitária Municipal, Secretaria Municipal de Trânsito e Fiscalização de Tributos Municipal.

Na primeira operação, realizada entre os dias 13 e 29 maio, 12,2 mil veículos foram abordados e mais de 17 mil pessoas atingidas. A chefe da Ciretran de Cruzeiro do Sul, Taynara Martins não se pronunciou sobre a fala do governador proibindo a realização de blitz no município.

Anúncios

Cidades

Hospital de Brasiléia atingiu capacidade máxima de pacientes da ala Covid-19, diz vereadora

Publicado

em

A vereadora Neiva Badotti (PSB) usou as redes sociais na noite desta quinta-feira, 21, para denunciar o descaso da Sesacre em relação à falta de profissionais no Hospital Regional de Brasileia (AC).

Segundo a parlamentar, somente nesta quinta-feira, 21, três profissionais da linha de frente do hospital testaram positivo para covid-19 Ela conta que o hospital se encontra o caos, desde leitos de enfermaria lotados até profissionais de saúde saturados e cansados.

“Não tem mais leitos de enfermaria a ala covid-19 tá lotada. Não tem SAMU aqui. Teve um paciente aqui que teve que ser transferido daqui pelo SAMU de Capixaba. A gente pede que o governo do estado tome uma providência”, salientou a vereadora.

Continuar lendo

Cidades

Prefeitura impõe novas medidas contra aglomerações no município de Xapuri

Publicado

em

Durante ato de abertura da vacinação contra o coronavírus no município, ocorrido na manhã desta quinta-feira, 21, o prefeito Ubiracy Vasconcelos assinou um novo decreto (045/2021) com medidas de prevenção no combate à Covid-19, que vem se agravando na cidade.

Nas últimas duas semanas, Xapuri voltou a apresentar números altos de novas contaminações, registrando recordes de confirmações diárias de novos infectados desde o início da pandemia, que fez os primeiros casos no município em 27 de abril do ano passado.

Com mais de 2 mil casos confirmados e 16 mortos, a cidade não tem contido as aglomerações desde a campanha eleitoral passada. Eventos em bares que promovem som ao vivo, entre outras atividades, têm causado ajuntamentos constantes de pessoas em espaços mínimos.

Em outros espaços, como supermercados ou mesmo locais públicos, o rigor com medidas consideradas como essenciais pelas autoridades em saúde para a prevenção de contaminações, como o uso de máscaras e o afastamento social, tem sido flagrantemente deixados de lado pela população.

Com as novas medidas, o funcionamento de atividade econômicas segue sendo regido pelo que dispõe o Pacto Acre sem Covid, mas lanchonetes, bares, restaurantes e distribuidoras poderão funcionar apenas até às 21 horas, sob pena de multa de R$ 250 em caso de desobediência.

Outra determinação importante é a proibição da permanência de pessoas em locais públicos, como ruas, praças e calçadas, entre às 10 horas da noite e às 5 horas da manhã seguinte. Fora desses horários, aglomerações com mais de 5 pessoas deverão ser dispersas pela polícia ou agentes de saúde.

Continuar lendo

Cidades

Fernanda Hassem recebe técnicos da Amac para ajustes em projeto de urbanização

Publicado

em

Uma equipe da Associação dos Municípios do Acre (AMAC) composta pela coordenadora de projetos Micaelle Maia e pela arquiteta Thaís Paz esteve em Brasiléia nesta quarta-feira, 20, para fazer ajustes em um projeto de urbanização do município, que será encaminhado ao Ministério do Turismo.

O projeto, segundo a prefeita Fernanda Hassem, prevê três etapas que consistem na urbanização da rotatória de entrada da cidade, para quem vem de Assis Brasil, até o residencial Jatobá, com pavimentação, iluminação e paisagismo.

Do residencial Jatobá até o Hospital Regional, será construído um passeio público, com pavimentação, bancos e luminárias. O projeto prevê ainda uma pista de caminhada e uma ciclovia, com iluminação e paisagismo, na BR-317, sentido a Assis Brasil, até o km 4, nas proximidades do santuário de São Francisco de Assis.

Fernanda Hassem informou que a deputada federal Vanda Milani (Solidariedade) é parceira do município na viabilização dos recursos para o projeto.

“Estamos bastante otimistas com esse projeto. A previsão é que as obras iniciem ainda esse ano de 2021”, disse a prefeita em sua página do Facebook.

Continuar lendo

Cidades

Prefeito de Assis Brasil tem telefone clonado e golpistas pedem dinheiro a contatos

Publicado

em

A Assessoria de Comunicação do prefeito Jerry Correia, de Assis Brasil, alertou a familiares, amigos e imprensa, na manhã desta quinta-feira, 21, que golpistas estariam fazendo pedidos de dinheiro por meio do WhatsApp se passando pelo gestor municipal.

De acordo com a informação, vários contatos da lista telefônica do prefeito teriam recebido mensagens com pedido de dinheiro. O caso foi levado à polícia para investigações.

“Já estamos tomando as devidas providências e as autoridades policiais farão a investigação do caso”, disse Jerry Correia.

Essa não é a primeira vez que pessoas mal-intencionadas se passam por autoridades no Acre para dar golpes.

Em abril do ano passado, um servidor da saúde em Cruzeiro do Sul foi preso depois de ter criado um perfil falso nas redes sociais onde se passava pelo governador Gladson Cameli.

Se passando pelo governante, o golpista pedia dinheiro a senhoras com idade mais avançada e vulneráveis, preferencialmente. Depois de preso, ele confessou o crime.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas