Conecte-se agora

Cruzeiro do Sul registra 106 novos casos de Covid-19 e não há mais leito de UTI

Publicado

em

Até o meio dia desta terça-feira, 19, dos 217 testes rápidos de Covid-19 feitos no Centro de Diagnóstico de Cruzeiro do Sul, 106 deram positivo, somando 376 casos de coronavírus na cidade. Ontem 50 pessoas positivaram para Covi-19.

O aumento acontece no dia em que todos os 6 leitos de UTI do Hospital do Juruá estão ocupados .

O prefeito Ilderlei Cordeiro, disse que o secretário de Saúde do Estado, Alysson Bestene, garantiu o envio de mais testes rápidos e dois respiradores para Cruzeiro do Sul. “A situação é crítica”, definiu o prefeito.

A UTI tem 10 leitos e apenas 6 com respiradores mecânicos. São 43 leitos de isolamento e 21 estão ocupados. O diretor técnico do Hospital do Juruá, Marlon Holanda, disse que em sete dias houve aumento de 200% na ocupação do espaço Covid na unidade hospitalar.

O diretor do Hospital, Marcos Lima, disse que a projeção do aumento do número de casos se confirma e pede “fiquem em casa e colaborem com os órgãos de saúde. Sigam as regras”.

Anúncios

Na rede

Problema em usina causa diminuição do oxigênio dos pacientes com Covid-19 do Hospital de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Em nota emitida neste domingo, 24, a Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau),  responsável pelo Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, afirma que houve diminuição na oferta de oxigênio para os pacientes internados, o que deve durar alguns dias e só será solucionado mediante a instalação de uma nova unidade geradora.

Segundo o comunicado, a falha no fornecimento aconteceu por causa do  significativo número de pacientes internados nos últimos cinco dias com diagnóstico de Covid-19, tanto na enfermaria como na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). 

“Houve um aumento de modo exponencial no consumo de oxigênio medicinal o que causou sobrecarga em uma das unidades geradoras (usina) fazendo com que a mesma apresentasse uma falha operacional. Tal falha  resultou na diminuição da produção de oxigênio”, explicou em nota. 

A Anssau afirmou que depois da constatação da diminuição do oxigênio,  os técnicos tomaram todas as medidas necessárias para solucionar o problema e que não houve prejuízo no tratamento dos pacientes. Mas ressaltou que a redução do nível de oxigênio,  deverá se estender por alguns dias, até a instalação de nova usina.

“Informamos ainda que a retomada em uma produção maior de oxigênio está prevista para os próximos dias mediante a instalação de uma nova unidade geradora” , explica a Anssau.

Neste sábado,  23, havia 48 pacientes com Covid 19 no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, 35 na clínica Covid e 13 na UTI. Foram dadas 4 altas e não houve óbitos. Não foram divulgados os números deste domingo (24) 

O diretor-clínico do Hospital de Campanha,  Marlom Holanda,  disse na última sexta-feira,   que nos últimos 10 dias houve um aumento de 1000% na procura pelo atendimento na clínica Covid e de 300 a 400% nos casos de internação e necessidade de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que tiveram que ser ampliadas.  A Anssau contratou apenas um médico para reforçar o quadro da unidade hospitalar.

Continuar lendo

Na rede

Prefeito de Rodrigues Alves reúne equipe para alinhar planejamento e ações para 2021

Publicado

em

O prefeito de Rodrigues Alves, Jailson Amorim (PROS), se reuniu nesta sexta-feira, 22, na Escola Cunha Vasconcelos com todos os secretários, coordenadores e diretores dos departamentos da Prefeitura para alinhar as ações que serão executadas em 2021. 

O Chefe do Executivo Municipal destacou que a reunião teve o principal objetivo otimizar recursos e equipes. “O nosso grande objetivo é trabalhar de forma organizada para que o nosso povo possa viver melhor aqui em Rodrigues Alves e para isso é preciso planejar para executar”, afirmou. 

O secretário de Planejamento, Hudson Chaves, destacou a necessidade de usar o planejamento como ferramenta de transformação da realidade. 

“É necessário implantar uma cultura de Planejamento, o que não é fácil já que  planejamento é algo metódico e complexo. Mas este grupo entende o quanto isso é determinante para o sucesso da administração”, concluiu. 

Continuar lendo

Na rede

Em 24 horas, preço do litro da gasolina em Cruzeiro do Sul dispara e chega em R$ 6,75

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 23, os moradores de Cruzeiro do Sul tomaram um susto ao ver o preço do litro de gasolina nos postos da cidade. Na sexta-feira, 22, o litro custava R$ 5,95 e na manhã de sábado, o preço passou para R$ 6,75, ou seja, um aumento de 0,80 centavos, em 24 horas. 

Apreensivo, o taxista Adriano Amaral lamentou o alto preço da gasolina e disse que assim fica difícil rodar na cidade. “Ficamos parados esperando uma chamada e não rodamos não. Em Rio Branco, na semana passada abasteci de R$ 4,99, mas aqui eu não sei onde vamos parar desse jeito”, afirmou. 

Logo após o reajuste no começo de janeiro,  o chefe do Procon de Cruzeiro do Sul, José Gladson Mota, anunciou que faria uma operação nos postos de gasolina do município,  mas dois dias depois disse em entrevista à imprensa,  que os empresários do ramo não eram culpados pelo aumento do preço da gasolina. 

“A questão não é com os empresários locais e sim com as distribuidoras”, alegou, relembrando que o Procon de Rio Branco também fez fiscalização em Cruzeiro do Sul no ano passado. O Ministério Público tem processo investigativo aberto nesse sentido.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul tem aumento de 1000% no fluxo da Covid-19

Publicado

em

O diretor clínico do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, Marlom Holanda, disse que nos últimos 10 dias houve um aumento de 1000% na procura pelo atendimento na clínica Covid-19 e de 300 a 400% nos casos de internação e necessidade de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A UTI’s, por exemplo, tiveram de ser ampliadas. Também por isso, nesta quinta-feira, 21, um novo médico foi contratado para reforçar o quadro da unidade hospitalar.

Segundo ele, o aumento de casos é o resultado das aglomerações de festas de final de ano. Com o aumento da demanda, o Hospital de Campanha ampliou os leitos de UTI de 10 para 20. Atualmente, há 12 ocupados e o número deve aumentar nas próximas horas porque há pacientes instáveis na cínica. E se essa tendência seguir, pacientes terão que ser enviados para Rio Branco.

Marlon afirma que a falta de médicos tem sido uma grande dificuldade. Ele lembra que o Hospital de Campanha foi aberto, mas não houve ampliação no número de médicos com relação aos que já atuavam no Hospital do Juruá. Os médicos recém-formados de Rio Branco que foram para lá no início da pandemia já foram embora.

“A população tem que ter paciência porque tem horas que lá no Pronto-Socorro geral vai haver demora e em algumas horas só vai ter um médico. Estamos fazendo de tudo para manter ao menos um médico em cada setor e os colegas estão dando o sangue. Pedimos que as pessoas entendam que a pandemia não acabou e mantenham as medidas sanitárias e de distanciamento”, recomenda.

Alguns médicos que atuavam nos Hospitais do Juruá e de Campanha pediram demissão depois da operação da Polícia Federal que investiga possíveis irregularidades nas escalas de plantão.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas