Conecte-se agora

Covid-19: após caso confirmado, prédio da SEPA é desinfectado

Publicado

em

Na manhã desta segunda-feira, 18, uma servidora da Secretaria de Produção e Agronegócio (SEPA) denunciou ao ac24horas que mesmo com o diagnóstico positivo de uma servidora responsável pelo setor de RH da secretaria, a direção da SEPA continua a manter as atividades normalmente, inclusive, com a realização de reuniões presenciais.

A servidora, que pede para não ser identificada, afirma ainda que a secretaria não disponibiliza álcool gel aos profissionais e não adotou nenhuma medida para evitar a proliferação da doença.

Em contato com o ac24horas, o secretário de produção e agronegócio Edivan Maciel negou todas as acusações. Coincidência ou não, logo após o contato, foram enviadas à reportagem fotos do prédio da secretaria sendo desinfectado.

Nota SEPA

A Sepa informa que a funcionária em questão foi realmente diagnosticada com covid-19, mas que esta ausente de suas funções na unidade há oito dias, quando sentiu os primeiros sintomas da doença.

Desde o início do decreto de isolamento social do governo, a Sepa adotou uma série de medidas para evitar o contágio entre os servidores. Hoje, sua sede funciona em sistema de rodízio, com horário das 7h às 13h, de segunda a sexta. E todos os servidores de grupo de risco foram orientados a ficar em casa em regime de home office.

A Secretaria continua focada em ações no campo para que o Agronegócio não pare, prejudicando a vida do homem do campo durante a pandemia, mas todas as reuniões convocadas pelo secretário Edivan Azevedo com gestores tem sido realizadas por videoconferência.

E após os oito dias de ausência da servidora diagnosticada, não houveram casos até agora de outras pessoas que tenham entrado em contato e apresentado os sintomas.

Se chegarem a ser confirmados outros casos, o secretário estará pronto para tomar medidas de isolamento mais drásticas.
A Secretaria também está entrando em contato com a Semsa para a desinfecção da unidade.

E a Funtac tem disponibilizado álcool em gel. Quarenta unidades foram mandadas para a Sepa e disponibilizadas.

Anúncios

Acre

Gladson dança com o Zé Gotinha e viraliza nas redes sociais

Publicado

em

Um vídeo gravado enquanto o governador do Acre, Gladson Cameli, entregava o lote de vacinas CoronaVac na Divisão Estadual de Imunização e Rede de Frio, em Rio Branco, viralizou por meio de compartilhamento nas redes sociais na manhã desta terça-feira (19). Nas imagens, Cameli ensaia uma dança em comemoração à chegada dos imunizantes ao estado.

Este não é o primeiro vídeo em que o governador aparece dançando e que faz sucesso com os internautas. Nos comentários do vídeo, Gladson vem sendo elogiado pela maneira que vem conduzido as ações da secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) diante da pandemia do novo coronavírus.

Cerca de 41 mil doses da CoronaVac chegaram ao Acre nesta terça e já começaram a ser distribuídas aos 22 municípios. As primeiras aplicações foram realizadas no auditório do Pronto-Socorro de Rio Branco.

O primeiro a receber a vacina foi o idoso José Marcelino, de 85 anos. Depois dele, outras três pessoas também receberam o imunizante: a enfermeira Maria José Monteiro, 66 anos, a enfermeira indígena Elza Severino da Silva Manchineri e a técnica em enfermagem Raimunda Gomes do Nascimento, 69 anos.

 

Continuar lendo

Acre

Morre no Acre paciente que veio do Amazonas para tratar Covid-19

Publicado

em

Morreu vítima de Covid-19 na madrugada desta terça-feira, 19, Antônio Lima Barbosa, 64 anos, um dos dois pacientes vindos de Tabatinga, idade do Amazonas, para o Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul na semana passada. A vítima já foi sepultada.

Ele e o outro paciente do Amazonas foram encaminhados de Manaus à Cruzeiro do Sul após o colapso de oxigênio na capital amazonense.

O Hospital de Campanha já recebia pacientes do Amazonas, mas de cidades vizinhas à Cruzeiro do Sul, como Guajará e Ipixuna. Esta é a primeira vez que pacientes são trazidos de Manaus, o que chegou a gerar protestos nas redes sociais, de pessoas que temiam a contaminação por uma cepa diferente de coronavírus, que circula na capital amazonense.

Continuar lendo

Acre

50% dos acreanos devem ser imunizados para conter Covid-19

Publicado

em

Para o deputado Jenilson Leite ao menos 50% dos acreanos tem de ser imunizados para controlar a Covid-19 o Estado. “A vacina não produz imunidade de imediato mas leva de 14 a 40 dias mas com ela temos certeza que muito em breve estaremos nos livrando desse vírus de maneira avassaladora”, disse o deputado, que é médico e atua voluntariamente no enfrentamento à doença.

Leite diz que se sentiu muito feliz e satisfeito com a aprovação das duas vacinas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e uma delas, a Coronavac já começa a ser aplicada no Acre.

A depender do número de vacinados no Acre, até março ou abril os efeitos da imunização já começam a ser sentidos com redução de mortes, casos leves e hospitalizações.

Continuar lendo

Acre

Profissionais da saúde protestam contra Igesac em Rio Branco

Publicado

em

Profissionais de saúde realizaram um protesto nesta terça-feira (19) em frente à Maternidade Bárbara Heliodora, contra a tercerização e o que consideram “abuso de autoridade” do governo do Acre.

O foco da manifestação é o Instituto de Gestão em Saúde do Acre (Igesac), criado em 2020 para regularizar servidores do Pró-Saúde. Em setembro próximo há previsão de demissão dos servidores remanescentes.

O presidente do Sinidicato dos Trabalhadores em Saúde, Adailton Cruz , disse que os direitos só são conquistados quando há luta. “O governo não tem compromisso com pais e mães de família. Inventaram essa história de que o Igesac é a salvação da saúde mas não é”, disse o líder.

O Igesac, dizem os manifestantes, tem como intuito não debater nada com os trabalhadores mas privatizar e demitir, especialmente nos municípios menores.

“O servidor de saúde está ajudando com as ferramentas que tem. Não dá para aceitar que em um cenário como este haja transferência de gestão”, disse o deputado Jenilson Leite, que luta contra a tercerização.

O grupo saiu em caminhada pelo Centro de Rio Branco para seguir a manifestação e entregar documento reivindicatório às autoridades.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas