Conecte-se agora

Em triagem, Iapen identifica mais três presos com suspeita de Covid-19 em Rio Branco

Publicado

em

O Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) realizou nesse sábado, 2, atendimentos e orientações no Complexo Penitenciário de Rio Branco e na Unidade Penitenciária do Quinari, em Senador Guiomard. Foi realizada uma triagem de presos com possíveis sintomas de Covid-19. Na capital acreana, onde cerca de 250 reeducandos dos pavilhões O, P, R e H foram atendidos, as equipes identificaram mais três detentos com suspeita de infecção pelo coronavírus.

“Eles foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito para atendimento e serão direcionados ao pavilhão Q, onde cumprirão o período de quarentena sob os cuidados dos profissionais de saúde”, afirmou a gerente de saúde Ingrid Suárez ao portal do governo, Agência de Notícias do Acre.

As orientações e os atendimentos também foram direcionados para os servidores operacionais e administrativos. As equipes garantem que orientaram todos os pavilhões. Em Senador Guiomard, onde 35 presos foram atendidos, equipes da Vigilância Epidemiológica e Sanitária fiscalizaram o local que vai abrigar os possíveis casos suspeitos da doença na unidade.

Anúncios

Acre 01

Into só tem 23 leitos vagos para Covid-19, destes, só 5 UTI’s para pacientes graves

Publicado

em

O boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) divulgado na tarde desta quinta-feira, 21, mostra que o cenário é preocupante na capital. Dos 40 leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) destinados à Covid-19 no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia no Acre (Into), unidade referência para atendimentos, 35 estão ocupados.

Outro dado alarmante é em relação aos leitos clínicos, dos 100 disponíveis no Into, 82 estão ocupados.

Segundo dados do boletim, foram identificados 191 pacientes internados nos estabelecimentos monitorados, dos quais 151 com teste positivo para Covid-19. Do total hospitalizado, 50 estão em UTI e 141 em leitos (clínicos, obstétricos e pediátricos).

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 55 UTIs, 39 estão ocupadas, registrando uma taxa de ocupação de 72,7%.

Destes, três são do Pronto Socorro, que registrou 30% de ocupação e os outros 35 são do Into, que registrou 87,5% de ocupação e um leito de UTI ocupado no Hospital Santa Juliana.

Já a região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 20 leitos de UTI existentes, 12 estão ocupados, registrando 60% de ocupação. Os leitos clínicos somam 94 e 32 estão ocupados, registrando 34% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, sete estão ocupados, num total de 18 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continuar lendo

Acre 01

No Acre, número de mortes em excesso foram 26% além do estimado para o ano de 2020

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

O número de mortes no Acre cresceu 26% acima do previsto para 2020, segundo um levantamento divulgado na segunda quinzena de janeiro pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Em Rio Branco, de acordo com esse estudo, o excesso de mortes foi de 46%.

Mais mulheres que homens morreram acima do esperado em 2020 no Acre –e as pessoas acima de 60 anos foram as que mais morreram além do previsto para o ano.

Embora outros Estados também apresentem excesso de óbitos acima do esperado para o ano, 8 capitais brasileiras concentram a maior parte do total de excesso de mortes no país: Rio de Janeiro, São Paulo (região Sudeste), Fortaleza, Recife, São Luís, Salvador (região Nordeste), Manaus e Belém (região Norte). No período de SE 12 a 23, ocorreram nas capitais Rio de Janeiro e São Paulo 56% (7.952) e 36% (6.208) de óbitos acima do esperado respectivamente. Em Fortaleza e Recife, o excesso de óbitos no mesmo período foi de 112% (4.751) e 66% (3.346) respectivamente, e em São Luís e Salvador de 107% (2.308) e 56% (2.263) de óbitos acima do esperado respectivamente. No mesmo período foi registrado em Manaus um excesso de óbitos de 142% (3.461) e em Belém de 111% (3.242) óbitos acima do esperado.

De 2015 a 2019, em média 52% (2.967.917/5.690.917) dos óbitos por causas naturais no país ocorreram entre os homens. Também o excesso de óbitos observado no ano de 2020 foi maior entre os homens. Esses apresentaram um total de 26% (38.078) de excesso de morte no período da Semana Epidemiológica 12 a 23, enquanto entre as mulheres esse número foi de 18% (24.412) de mortes acima do esperado para o mesmo período. Nas capitais do país, onde o excesso de óbitos foi consideravelmente maior, o excesso de óbitos no sexo masculino e feminino, no mesmo período, foi de 56% (23.488) e 39% (16.846) de mortes acima do esperado respectivamente. A pandemia provocou os excessos.

Continuar lendo

Acre 01

Presidente da Aleac manifesta emoção com a chegada de vacinas em solo acreano

Publicado

em

Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), comemorou nesta terça-feira (19) a chegada dos primeiros lotes da vacina Coronavac aprovada pela Anvisa, em solo acreano.

O avião C-130 Hércules da Força Brasileira pousou no aeroporto de Rio Branco às 6h com as 41.776 doses da vacina. O Acre recebeu doses proporcionais à população. Segundo informações da Sesacre, serão vacinados já nesta semana aqueles que compõem a Fase I do Plano Nacional de Imunização.

O idoso José Oliveira, de 87 anos, que vive no Lar dos Vicentinos, foi o primeiro acreano a receber a vacina contra a Covid-19 em Rio Branco, durante cerimônia simbólica realizada nesta terça-feira (19).

Também receberam a primeira dose da vacina Maria José Monteiro, de 66 anos de idade e com 37 anos de serviço no Pronto-Socorro, e Elza Severino da Silva, indígena, de 49 anos.

Além deles, foram vacinados a técnica em enfermagem Raimunda Gomes do Nascimento, de 68 anos.

O presidente da Aleac disse que a chegada da vacina é um momento histórico para o Acre. O deputado destacou o empenho dos 24 deputados estaduais nas ações de combate à pandemia no Acre. Ele mencionou a Lei nº 3.642, de 21 de julho de 2020, aprovada na Aleac, na qual ficou ajustado o valor deficitário de R$ 254.882,094,37 (duzentos e cinquenta e quatro milhões, oitocentos e oitenta e dois mil, noventa e quatro reais e trinta e sete centavos) para a compra de vacinas destinadas à imunização da população ao novo Corona vírus – Covid 19, caso o governo federal se recuse de comprá-las.

“Não poderia deixar de destacar o empenho dos colegas parlamentares, que com muito esforço se comprometeram em amenizar os impactos da pandemia. Aprovamos leis importantes como essa da aquisição das doses de vacina. O Poder Legislativo sempre esteve unido em prol das ações de combate à Covid-19. E com a chegada da vacina, nós vivemos um novo momento, meu coração se enche de alegria e esperança”, disse o parlamentar.

O progressista também enalteceu a atuação do Ministério Público, em nome da procuradora kátia Rejane. “O MP desde início da pandemia, esteve à frente em todos os municípios. Foi uma importante contribuição”, complementou.

Nicolau Júnior comemorou ainda o início da vacinação no Estado. “Essa vitória é nossa, é de toda a população acreana”, enfatizou o progressista.

Com a Coronavac, o plano é adquirir 700 mil doses da vacina e imunizar 350 mil pessoas. Já com a vacina da Oxford, a aquisição será de 500 mil doses e o plano é imunizar 230 mil pessoas.

A meta do governo federal é imunizar 20% da população até a primeira quinzena de fevereiro.

Continuar lendo

Acre 01

No dia da chegada da vacina, Acre registra apenas 8 casos e mais uma morte por Covid-19

Publicado

em

A esperança do fim da pandemia começa a se tornar realidade no Acre e no restante do Brasil com a distribuição da vacina aos estados para o início da vacinação contra o novo coronavírus.

Nesta segunda-feira, 18, o boletim da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) registra 8 casos de infecção por coronavírus, sendo todos resultados de exames de RT-PCR. O número de infectados subiu de 44.621 para 44.767 nas últimas 24 horas.

Até o momento, o Acre registra 126.532 notificações de contaminação pela doença, sendo que 81.319 casos foram descartados e 446 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 38.970 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 136 pessoas seguem internadas.

Mais uma notificação de óbito foi registrada nesta segunda-feira, 18. O homem, cujas iniciais são L. L. O., tinha 70 anos. Morador de Rio Branco, o idoso deu entrada no dia 3 de janeiro no Instituto Nacional De Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), vindo a falecer no dia 17 fazendo com que o número oficial de mortes em todo o estado por Covid-19 subisse para 837.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas