Conecte-se agora

Alto nível de acidez é constatado nas águas minerais comercializadas no Acre

Publicado

em

Você sabia que nem toda água mineral comercializada no estado é ideal para o consumo, conforme estudos médicos e preconização de especialistas? Isso porque a maioria das marcas de água vendidas no Acre atualmente possui um pH (potencial de hidrogênio) bem abaixo do recomendado. Esta reportagem de ac24horas aborda elementos da química, mas é bem simples de entender. O pH tem uma escala que varia de 0 a 14 – que avalia o nível de acidez. Quanto mais próximo de 0 estiver o pH, significa que mais ácida é a água. Logo, quanto mais próximo de 14, mais alcalina ela é. Ou seja: menos ácida e, portanto, mais apropriada para o consumo.

O percentual de pH da água que você compra pode ser facilmente verificado nos rótulos do produto, especificado nas embalagens das garrafas. É importante que ao escolher a marca da água, você verifique as informações do seu rótulo. A situação avaliada nos estabelecimentos da capital acreana é preocupante quanto ao índice de alcalinidade do líquido. De seis marcas vendidas aos acreanos, apenas uma segue os critérios estabelecidos e oferece uma água menos ácida aos consumidores, com nível de pH em 6,33.

O ac24horas verificou o potencial de hidrogênio de seis marcas vendidas no estado. A constatação é esta:

Lind’Água (pH 4,83);

Schin (pH 6,33);

Purágua (pH 4,83);

Tia Eliza (pH 4,55);

Belágua (pH 4,77);

Riberágua (pH 4,57).

Resumindo: destas, até agora, apenas uma marca (Schin – pH 6,33) está disponibilizando um produto menos ácido, sendo assim menos ofensivo à saúde dos acreanos.

O Ministério da Saúde estabeleceu por meio da Portaria nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011, que o pH da água própria para consumo seja mantido na faixa de 6,0 a 9,5. A recomendação dos médicos é que o consumidor beba água com pH acima de 7,0. Tais critérios não são banais. O corpo humano é formado por cerca de 70% de água e é dela que se obtêm minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo, como o magnésio, o cálcio e o potássio.

Os médicos advertem: a água pode ser fonte de vida, mas também de vários problemas de saúde caso se trate de uma água extremamente ácida, com elementos tóxicos provenientes do cloro, flúor ou do Bisfenol – composto do plástico, entre outros. Por isso não é indicada a ingestão de água encanada, pois esta possui grande quantidade de cloro – eliminador de bactérias, e pode estar contaminada com metais pesados. Normalmente, a água encanada apresenta um nível de pH impróprio para o consumo, sempre abaixo de 7,0.

Agora você deve estar se perguntando qual a relação do nível de alcalinidade da água com a sua saúde? Uma água mineral com pH menor do que 7,0, significa que ela é mais ácida do que o sangue que corre em sua veias e artérias. Desta forma, é necessário equilibrar e deixar o corpo menos ácido, a fim de prevenir problemas de saúde decorrentes dessa toxicidade, e isso só é possível com a ingestão de uma água realmente mais alcalina, com pH acima de 7,0.

O médico Guilherme Renke, especialista em Endocrinologia pelo Instituto de Pesquisa e Ensino Médico, publicou um artigo alertando para a necessidade de estar atento à qualidade da água, pois pode prevenir problemas como gastrites, úlceras e câncer de estômago. Os estudos apontam que o nível de acidez na água é determinado pela quantidade e a qualidade dos minerais presentes nela.

“A água alcalina traz benefícios para a saúde. A composição da água pode influenciar a nossa saúde. A água alcalina deve possuir também baixo teor de cloro, de flúor e não possuir metais pesados. O pH é algo muito importante para nosso organismo, em uma infecção grave, por exemplo, fatores inflamatórios e toxinas estão elevados no sangue, o pH sanguíneo então diminui (menor do que 7,35). Nesses casos ocorre diminuição do bicarbonato abaixo de 22 meq/l e inicia-se assim a acidose metabólica”, escreveu.

Segundo Renke, são muitos os benefícios da água alcalina, um deles é a longevidade, pois a água com pH acima de 7,0 pode atuar como “fator de desaceleração do envelhecimento”.

Como saber se a água alcalina?

Uma dica é manter o hábito de sempre ler o rótulo da água para saber se o pH da água que você está consumindo é ácido, neutro ou alcalino e adquirir as que tenham pH acima de 7,0. Há também a opção de possuir filtros específicos disponíveis no mercado que transformam a água da torneira em água alcalina.

QUALIÁGUA

O Acre começou a fazer parte do Programa de Estímulo à Divulgação de Dados de Qualidade de Água (QUALIÁGUA) em 2019, com apoio da Agência Nacional de Águas (ANA). O objetivo é estimular a padronização dos métodos de coleta de amostras, parâmetros verificados, frequência das análises e divulgação dos dados em escala nacional. O acordo terá vigência até 31 de dezembro de 2020.

É a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) que realiza as atividades previstas pelo QUALIÁGUA, que também tem o objetivo de promover a implementação da Rede Nacional de Monitoramento da Qualidade de Água (RNQA) em todo o País. Um dos parâmetros coletados pelo monitoramento no estado é o pH.

Água distribuída pelo Depasa

O Departamento Estadual de Água e Saneamento do Acre (Depasa) afirma que sua distribuição de água está dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Como prevê a Portaria 2914/2012, o órgão diz realizar até 165 análises ao mês. Um relatório das análises é repassado aos órgãos de vigilância sanitária e ambiental na capital e interior. Todos os dados são informados ao Sistema Nacional de Controle e Vigilância da Água (Siságua). O resultado das análises das amostras também pode ser verificado pelos consumidores, no verso da conta de água.

Segundo o chefe da Divisão de Controle da Qualidade da Água e Operações do Depasa, Filogônio Ribeira, são feitas análises de amostras no reservatório e na rede. Os testes verificam nível de pH, turbidez (que reflete o grau de transparência), cor aparente (que mede o grau de coloração), cloro residual (utilizado no processo de desinfecção), além dos parâmetros microbiológicos que avaliam a presença de coliformes totais e fecais. De acordo com Ribeira, o cuidado com a qualidade da água envolve ações que vão desde a limpeza e manutenção das estações e reservatórios, bem como monitoramento e reparo de vazamentos que podem alterar a qualidade da água tratada e distribuída aos usuários do Depasa.

Anúncios

Acre

Com mais duas mortes, Acre registra 190 novos casos da covid-19 neste domingo

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) registrou neste domingo, 24, 190 novos casos de infecção por coronavírus no Acre, sendo todos casos confirmados por exame de RT-PCR. O número de infectados subiu de 46.239 para 46.429 nas últimas 24 horas.

Até o momento, o Acre registra 131.575 notificações de contaminação pela doença, sendo que 83.866 casos foram descartados e 1.280 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 39.265 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 174 pessoas seguem internadas.

Mais duas notificações de óbito foram registradas deste domingo, 24, sendo todos do sexo masculino, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 850 em todo o estado

Morador de Rio Branco, C.S.F., de 49 anos, deu entrada no dia 9 de janeiro, no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), e faleceu neste sábado, 23.

Morador de Rio Branco, M.M.C., de 70 anos, deu entrada no dia 20 de janeiro, no Pronto-socorro de Rio Branco, e faleceu neste sábado, 23.

Continuar lendo

Cotidiano

Criminosos em motocicleta passam atirando e ferem homem com três tiros no Belo Jardim I

Publicado

em

Mailton da Silva e Silva, 35 anos, foi ferido a tiros em via pública no início da tarde deste domingo, 24. O crime ocorreu na rua das Árvores, no bairro Belo Jardim I, no Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da Polícia, Mailton estava caminhando na rua, quando dois homens não identificados se aproximaram em uma motocicleta e um dos criminosos em posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros na direção da vítima que foi atingida com dois tiros no peito e um no abdômen. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

Populares que passavam no local ao verem Mailton ferido o colocaram dentro de um veículo e o encaminharam a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do 2° Distrito. A ambulância do SAMU foi acionada e os paramédicos conduziram Mailton ao Pronto-Socorro de Rio Branco (Huerb) em estado de saúde gravíssimo.

Policiais Militares estiveram no local e após colher as características dos criminosos fizeram patrulhamento na região, mas ninguém foi preso.

O caso será investigado pelos agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Continuar lendo

Acre 01

Acre recebe 5 mil doses da vacina de Oxford e Gladson embarca para SP em busca de comprar 1 milhão

Publicado

em

Fotos: Odair Leal/Secom

Prevista para chegar apenas na segunda-feira, 25, a primeira remessa de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19 desembarcou no Acre neste domingo, 24, no Aeroporto Internacional de Rio Branco. A vacina foi produzida pelo laboratório indiano Serum. 

A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca foi a primeira a ter resultados preliminares da fase 3 de testes divulgados pela revista científica “The Lancet”. 

O Estado do Acre foi contemplado com 5.080 doses, que foram distribuídas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Esse lote é destinado, exclusivamente, aos trabalhadores da Saúde, o que representa mais 27% desse público-alvo que passa a ser contemplados com a primeira dose, conforme orientação do Ministério da Saúde (MS).

Em entrevista à imprensa no Aeroporto de Rio Branco, Cameli relatou que essa remessa será repassada para os 22 municípios e vai seguir a regra definida pelo Ministério da Saúde. Ele afirmou que nesta semana deverá chegar um novo lote da vacina, porém não informou se seria AstraZeneca ou da Coronavac. 

 

Fotos: Odair Leal/Secom

Em outro trecho, Gladson informou que embarca nesta segunda-feira, 25, para São Paulo em busca de garantir a compra de 1 milhão de doses da Coronavac. 

“Estou indo à São Paulo, procurar os meios, para que eu possa logo comprar 1 milhão de doses, para que a gente não fique mais nessa dúvida, de semana sim e semana não. Todos nós somos brasileiros, e todos somos seres humanos. Precisamos de uma resposta à altura e cabe a mim como governador atrás dessas soluções”, afirmou. 

Segundo informações repassadas ao ac24horas, com esse lote da vacina de AstraZeneca/Oxford, o Estado totalizará 61% dos trabalhadores da saúde vacinados. 

 

Fotos: Odair Leal/Secom

Em relação ao decreto do toque de recolher que entrará em vigor nesta segunda-feira, 25, Gladson Cameli garantiu que a medida restritiva tem o intuito de prevenir o aumento de mais casos da covid-19. Ele pediu colaboração da população enquanto não ocorre a vacinação em massa. 

“Se a população me ajudar a prevenir e fazer o seu dever, não vai ser preciso tomar outras medidas. A gente precisa de prevenção e isso que estou fazendo. Foi por isso que eu disse que não iria ter carnaval”, encerrou. 

Continuar lendo

Na rede

Problema em usina causa diminuição do oxigênio dos pacientes com Covid-19 do Hospital de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Em nota emitida neste domingo, 24, a Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau),  responsável pelo Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, afirma que houve diminuição na oferta de oxigênio para os pacientes internados, o que deve durar alguns dias e só será solucionado mediante a instalação de uma nova unidade geradora.

Segundo o comunicado, a falha no fornecimento aconteceu por causa do  significativo número de pacientes internados nos últimos cinco dias com diagnóstico de Covid-19, tanto na enfermaria como na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). 

“Houve um aumento de modo exponencial no consumo de oxigênio medicinal o que causou sobrecarga em uma das unidades geradoras (usina) fazendo com que a mesma apresentasse uma falha operacional. Tal falha  resultou na diminuição da produção de oxigênio”, explicou em nota. 

A Anssau afirmou que depois da constatação da diminuição do oxigênio,  os técnicos tomaram todas as medidas necessárias para solucionar o problema e que não houve prejuízo no tratamento dos pacientes. Mas ressaltou que a redução do nível de oxigênio,  deverá se estender por alguns dias, até a instalação de nova usina.

“Informamos ainda que a retomada em uma produção maior de oxigênio está prevista para os próximos dias mediante a instalação de uma nova unidade geradora” , explica a Anssau.

Neste sábado,  23, havia 48 pacientes com Covid 19 no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, 35 na clínica Covid e 13 na UTI. Foram dadas 4 altas e não houve óbitos. Não foram divulgados os números deste domingo (24) 

O diretor-clínico do Hospital de Campanha,  Marlom Holanda,  disse na última sexta-feira,   que nos últimos 10 dias houve um aumento de 1000% na procura pelo atendimento na clínica Covid e de 300 a 400% nos casos de internação e necessidade de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que tiveram que ser ampliadas.  A Anssau contratou apenas um médico para reforçar o quadro da unidade hospitalar.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas