Conecte-se agora

Cidadãos comuns registraram 346 armas de fogo este ano no Acre

Publicado

em

Os cidadãos comuns do Acre registraram 336 novas armas de fogo em 2019, segundo os números divulgados neste sábado (28) pelo jornal O Globo. Não há comparativo mas dados anteriores indicavam tendência de crescimento nos registros. Este ano, o ingresso de armas legais no Acre foi maior que em Tocantis, Amapá e Amazonas.

Em nível nacional a situação não é diferentes. Sob o governo de Jair Bolsonaro, relata O Globo, o Brasil bateu recorde de novas armas de fogo registradas em um só ano: foram 44.181 entre janeiro e novembro de 2019, alta de 24% em relação a todo o ano passado. É o maior número de autorizações para posse — isto é, para ter uma arma em casa — concedidas pela Polícia Federal desde 2010, segundo estatísticas inéditas obtidas pelo GLOBO com base na Lei de Acesso à Informação (LAI).

O levantamento diz respeito apenas a registros para pessoas físicas, excluindo, por exemplo, aquisições de órgãos públicos e empresas de segurança e também dos CACs (colecionadores, atiradores e caçadores), cujo registro é feito pelo Exército.

Em 2019, os maiores crescimentos percentuais de aquisições de armas em relação ao ano anterior ocorreram em Tocantins (645%), Mato Grosso do Sul (241%) e Mato Grosso (219%). Os números deste ano são três vezes maiores do que os de 2010, quando foram catalogados 12 mil novos armamentos.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas