Conecte-se agora

Governo institui o programa das escolas cívico-militares na rede pública de educação

Publicado

em

O sucesso das escolas militares no Acre parece que tornou a parceria entre educação e órgãos da segurança pública um caminho sem volta na educação pública no estado.

Exemplo disso é que o governador Gladson Cameli publicou no Diário Oficial desta quinta-feira, 26, a lei que institui o programa das escolas cívico-militares na rede pública de educação básica do Acre.

Segundo a publicação programa das escolas cívico-militares será executado por meio de ato normativo conjunto, formulado pela SEE e pelos órgãos militares. § 2º As atividades que comporão o programa serão definidas, supervisionadas e coordenadas pela SEE que atuará em conjunto com um servidor do órgão militar indicado pela chefia do Comando gestor dos órgãos militares.

A intenção do governo é montar essa parceria escolas em recém-inauguradas ou com alto índice de evasão escolar, baixo desempenho acadêmico, alto índice de violência, e localizadas em área de vulnerabilidade social.

O documento estabelece também como as escolas definidas com essa parceria serão geridas. O diretor escolar será indicado pelo secretário de Estado da SEE e terá um mandato de quatro anos, findo o qual deverá ser promovido o processo de escolha na regra insculpida na Lei nº 3.141, de 2016. Já o gestor estratégico será indicado pelo comando militar dentre os militares da reserva e terá mandato de quatro anos, findo o qual poderá ser reconduzido ou substituído por outro militar da reserva para mandato de igual período.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas