Conecte-se agora

Governo não paga fornecedor e pacientes do Acre que fazem TFD não podem voltar para casa no natal

Publicado

em

Imagina você ser portador de uma doença grave, não ter tratamento no estado onde mora e ter que viajar para outro lugar em busca da cura ou de uma melhor qualidade de vida. Imaginou?

Agora imagina ir para fazer esse tratamento, receber alta médica e não conseguir voltar para casa por falta de passagens aéreas.
É o que acontece no momento com vários pacientes que estão fora do Acre por meio do Tratamento Fora de Domicílio (TFD).

O ac24horas recebeu diversas reclamações de pacientes e familiares que preferem não se identificar, denunciando que alguns estão desde a última segunda-feira, 16, com alta médica, mas o setor de TFD da Secretaria de Saúde do Acre não libera as passagens. “O nosso dinheiro está acabando e ninguém diz nada. Estamos com medo de passar o Natal longe de cada e ainda passar necessidade em outro estado, onde não conhecemos ninguém”, afirma uma acompanhante.

A situação é confirmada pela direção do TFD. Segundo o gerente do setor na Sesacre, Júlio Cesar Paiva. O problema, explica ele, é ainda de dívidas da gestão do ex-governador Sebastião Viana que ainda não foram quitadas. “Nós temos dívidas da gestão anterior com o fornecedor de passagens aéreas. A gente vinha pagando o que gastamos este ano, mas não foi possível ainda quitar o débito da gestão passada. O fornecedor achou por bem não entrar no próximo ano com dívida ainda de 2018 e por isso suspendeu o fornecimento de passagens aéreas”, diz.

Segundo Júlior César, a dívida é superior a R$ 100 mil, mas que a Sesacre está buscando alternativas para resolver o problema. “Estamos reunidos, buscando uma alternativa para apresentar um calendário de pagamento da dívida do ano passado para que o fornecedor libere o fornecimento de passagens novamente para podermos trazer esses pacientes de volta”, diz Júlio César.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas