Conecte-se agora

Equatoriano é preso com cocaína pura avaliada em R$ 100 mil

Publicado

em

O trabalho de investigação dos agentes da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (Denarc) coordenada pelo delgado Pedro Resende, resultou na apreensão de mais de 3 kg de cocaína pura e na prisão do traficante equatoriano Victor Alfonso Vargas Pluas, 28 anos, natural da província de Guayas/Guayaquil. A prisão do estrangeiro aconteceu na tarde desta segunda-feira (2) no posto de fiscalização estadual, no km 30, no trevo de Senador Guiomard.

A apresentação do entorpecente ocorreu na manhã desta terça-feira (3) na Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) no bairro Cadeia Velha, em Rio Branco.

De acordo com o delegado Pedro Resende, apreensão do entorpecente se deu após um trabalho de investigação, a polícia recebeu informações que membros de uma organização criminosa nacional, estariam contratando estrangeiros para entrar com drogas no Brasil.

“Recebemos diversas informações de que uma rede organizada por brasileiros estariam cooptando bolivianos, peruanos e equatorianos para trazerem drogas para o Brasil. Essa rede possivelmente faz parte de uma organização criminosa que atua no Brasil inteiro. Esse Equatoriano, o Victor, foi cooptado para trazer essa droga, ele saiu do Equador, atravessou todo o país do Peru e ontem pela tarde entrou no Brasil. Essa droga que teria como destino a cidade de Salvador-BA foi apreendida em uma barreira da Polícia Civil, o entorpecente estava em fundo falso de uma mala dentro de um táxi”, disse o delegado.

Resende informou a reportagem do ac24horas, que a droga é cocaína pura, está avaliada em um valor muito alto e que o estrangeiro receberia um valor de 2 mil dólares para levar o entorpecente até o seu destino.

“Essa droga é uma cocaína extremamente pura, o preço de mercado dela é muito alto, os três quilos está avaliado em aproximadamente R$ 100 mil. O Victor que era a “mula” a pessoa que fazia o transporte, iria receber 2 mil dólares, fora as despesas com a viagem”, concluiu Resende.

Victor vai responder pelo crime de tráfico internacional de droga. Órgãos competentes já foram acionados, o consulado e a embaixada equatoriana já foram notificados da prisão. O equatoriano irá a audiência de custódia ainda nesta manhã em Senador Guiomard e ficará a disposição da justiça.

[videopress 120XSnLP]

Destaque 7

Apenas 9% das acreanas doam ou já doaram leite materno

Publicado

em

O estudo feito pela Famivita com mais de 2,4 mil mulheres entre 8 e 17 de junho de 2022 e publicado neste começo de agosto lembra que o leite materno contém propriedades importantes para o crescimento e desenvolvimento do bebê, fortalecendo a sua imunidade contra diversas doenças.

E dada a importância da amamentação, em 1992, a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação criou a Semana Mundial de Aleitamento Materno e; todos os anos, define um tema a ser explorado e lança materiais que são traduzidos em 14 idiomas com a participação de cerca de 120 países.

A semana mundial da amamentação vai de 1 a 7 de agosto, e este ano tem como tema “Fortalecer a Amamentação: educando e apoiando”. Tendo em vista a relevância do tema, no Brasil o mês de agosto é dedicado à conscientização da importância do aleitamento materno, e é chamado de Agosto Dourado.

Dentre os objetivos do Agosto Dourado está a doação de leite humano, afinal existem bebês prematuros que precisam deste alimento. E toda mulher que amamenta e produz um volume de leite além da necessidade do seu bebê, é uma possível doadora de leite humano. “Porém, conforme constatamos em nosso mais recente estudo, 82% das brasileiras que estão em período de amamentação ou que já amamentaram, nunca doaram o seu leite para um banco de leite humano. Principalmente as mulheres dos 18 aos 24 anos, com 90% das participantes”, diz a Famivita.

Dado o baixo percentual de mulheres que já doaram leite humano, o percentual de participantes que conhecem outras mulheres que já doaram leite humano, também é baixo. Somente 36% das brasileiras conhecem alguém que já doou seu leite para um banco de leite humano.

Principalmente as mulheres dos 35 aos 44 anos, com 44% das participantes afirmando conhecer alguém que já doou leite humano.

No Rio Grande do Sul, 31% das participantes conhecem doadoras de leite humano.

No Rio de Janeiro e em Santa Catarina, pelo menos 34% têm conhecidas que doam leite.

Já em São Paulo e em Minas Gerais, 37% das entrevistadas conhecem mulheres que doam leite para bancos de leite humano.

Apenas 9% das acreanas doam ou já doaram leite materno, 4º menor índice do país, segundo a pesquisa. Na Paraíba, líder do ranking, 22% doam leite, e no Amapá, útimo entre os Estados, apenas 8% tem este compromisso.

O ac24horas encaminhou mensagem a responsáveis pelo Banco de Leite do Acre e aguarda entrevista sobre o tema.

Continuar lendo

Destaque 7

Mais de 9 mil enfermeiros são beneficiados no Acre com piso

Publicado

em

O presidente da República Jair Bolsonaro sancionou e publicou na edição desta sexta-feira (5) do Diário Oficial da União a lei que estabelece o piso nacional da Enfermagem em todo o território nacional. Entretanto, o governo decidiu vetar o dispositivo que garantia o reajuste anual automático dos valores com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

No Acre, segundo o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) a medida deve atender a pelo menos 9.226 profissionais auxiliares, técnicos e enfermeiros.

De acordo com o texto promulgado, a remuneração mínima de enfermeiros deverá ser fixada em R$ 4.750,00, 70% deste valor para técnicos e 50%, para auxiliares e parteiras. Os pisos salariais deverão ser aplicados por todos os setores até o início do próximo exercício financeiro.

Continuar lendo

Destaque 7

Espaço Indústria entusiasma expositores e visitantes da Expoacre 2022  

Empresários elogiam o galpão e acreditam em resultados positivos de visibilidade das marcas e prospecção de novos negócios  

Publicado

em

O Espaço Indústria é referência há muitos anos na Expoacre. O galpão, que acomoda empresas industriais e também FIEAC, IEL, SESI, SENAI e o Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre, é um dos locais da feira de negócios que recebe um grande número de visitantes.

E esse movimento intenso de pessoas é uma verdadeira vitrine para as empresas. Segundo Luciana Mendonça, proprietária do Café Contri, tem sido surpreendente a quantidade de visitantes que o estande da empresa tem recebido. “Estamos surpresos e felizes. Organizamos um espaço aconchegante para demonstrarmos o tamanho da nossa saudade depois de dois anos sem Expoacre. Fizemos um estande sustentável, mas não estamos restritos a esse espaço, pois temos nossas colaboradoras ambulantes levando o Café Contri para todos os lugares do Parque de Exposições”, comentou.

A empresária também elogia a organização da FIEAC e da Secretaria de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict) na organização do Espaço Indústria. “Esse local é extremamente estratégico para demonstrar a força e a união da indústria, além de dar visibilidade a tudo que é produzido no Acre. A organização está de parabéns e os resultados são muito positivos”, ressaltou Mendonça.

Já os empresários Stanley Smith e Arytana Guimarães, proprietários da Farofa Cruzeiro, vieram de Cruzeiro do Sul especialmente para expor seu produto na feira. “É nossa primeira vez na Expoacre. Além de experimentarem e comprarem, alguns clientes já pretendem levar nossa farofa para fora do estado e comprar em grande quantidade”, revelou Smith. “Aqui, pudemos mostrar que, além da tradicional farinha de Cruzeiro do Sul, temos essa farofa pronta para consumo e que traz grande praticidade. Estamos muito felizes por essa oportunidade de estar no Espaço Indústria da Expoacre”, acrescentou Arytana.

O secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia, Assurbanípal Mesquita, diz que é gratificante receber feedbacks positivos dos empresários do setor industrial e ressaltou que o governo, em parceria com a FIEAC, fez um esforço justamente com o objetivo de melhorar a infraestrutura do Espaço Indústria. “Com isso, ganham todos, o poder público, a iniciativa privada e a nossa população”, pontuou.

Presidente da FIEAC, o empresário João Paulo de Assis também demonstra satisfação em ver que o Espaço Indústria tem sido aprovado tanto pelos visitantes como pelos empresários. “Esse galpão foi pensado e construído com muito carinho e esforço. O sucesso é fruto do empenho dos nossos colaboradores, da parceria com o governo e com o setor produtivo. Esta edição da Expoacre resgata a autoestima dos nossos empresários”, assinalou.

Aprovação do público – Visitante da feira, o autônomo Augusto César Freire diz que, no Espaço Indústria, pôde conhecer melhor o trabalho de algumas empresas. “A gente compra certos produtos no supermercado, mas ver aqui na Expoacre é diferente. Temos realmente que valorizar o que é produzido no Acre e nossas indústrias têm, sim, grande qualidade”, salientou.

Continuar lendo

Destaque 7

Presidente licenciado da Fieac dialoga com fundador da entidade e reafirma compromisso

Publicado

em

O início da terça-feira, 2, foi especial para o presidente licenciado da Federação das Indústrias do Acre (Fieac) e pré-candidato a deputado federal José Adriano. Isso porque ele teve uma grata surpresa: reencontrar o ex-presidente e um dos fundadores da entidade, o empresário Mirtil Carvalho, acompanhado do empreendedor Sérgio Barros. No encontro, eles dialogaram sobre o atual cenário econômico do estado e o atual mandatário reafirmou o compromisso com todo o setor produtivo local.

Ao longo da conversa, o pré-candidato e o ex-presidente da Federação analisaram o atual momento da Fieac, os primórdios dela e os desafios que precisam ser enfrentados para que a economia local seja reerguida a partir da geração de emprego e renda à população. Carvalho afirmou sentir orgulho da trajetória que a organização tomou ao longo dos últimos 34 anos e o atual trabalho de valorizar e fortalecer os empreendimentos locais. Para ele, a proposta de José Adriano é essencial para o estado.

“Há mais de três décadas eu e mais quatro colegas botamos na cabeça que era preciso ter a Federação das Indústrias para defender e fortalecer o setor. Lutamos até conseguir e hoje vejo uma nova cara na Fieac, muito pró-ativa e atenta às necessidades de todos os segmentos do setor produtivo. Temos que demonstrar a capacidade de cada empreendimento de aplicar bem e fazer o dinheiro circular no Acre. O Adriano tem uma cabeça boa e quer ver, de fato, o nosso Acre desenvolvido”, declarou Carvalho.

Segundo o ex-presidente da Fieac, a pré-candidatura do representante licenciado é uma ótima alternativa para que mais medidas concretas que tragam o crescimento econômico sejam efetuadas. “É uma bela atitude propor essa representatividade no Congresso para trazer os benefícios à população, que é a que mais ganha com o desenvolvimento da nossa indústria, comércio, agronegócio, agricultura familiar e os demais segmentos do setor produtivo. Desejo sorte e sabedoria a ele na jornada”, disse.

Para José Adriano, sempre é especial estar ao lado dos pioneiros que iniciaram a luta em defesa da prosperidade na região acreana. “Foi um prazer muito grande esse momento. Sempre buscamos resgatar essa história dos companheiros que vieram antes de nós. Tenho no Mirtil uma valiosa orientação do que foram os desafios do passado para transformar a nossa instituição em uma organização forte, independente e totalmente servidora de toda a classe. Esse é o grande legado dele”.

O pré-candidato ressaltou ainda que a história e o apoio do ex-presidente para a pré-candidatura é um estímulo que renova a vontade de se dedicar ainda mais pelo Acre. “É muito inspirador ter esse apoio, demonstra o respeito e apreço que ele sempre teve por toda a iniciativa privada local. O nosso desafio é valorizar todo o esforço e investimento feito por quem veio antes. Isso para mim é motivo de muito orgulho e extrema responsabilidade para alcançar novas e necessárias conquistas”, finalizou José Adriano.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!