Conecte-se agora

Quebrando tabus ambientais

Publicado

em

A exploração das madeiras da floresta acreana sempre foi algo que gerou profundos debates. O secretário do Meio Ambiente, Israel Milani, divulgou uma notícia que vai quebrar um tabu ambiental, com a abertura de licitação para concessão florestal e a exploração de 238.610, 19 hectares, no complexo que abrange as reservas estaduais do Rio Gregório, Rio Liberdade e Mogno. Acontecerão audiências públicas em Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco para a discussão do projeto de manejo florestal. Para o secretário Israel Milani a concessão florestal no complexo de florestas do Rio Gregório, é um sonho que para muitos tinha se tornado um pesadelo, mas que graças ao atual governo se tornou realidade, iniciativa que vai gerar emprego e renda. Isso mostra uma política completamente diferenciada para a floresta da nova administração. O secretário do Meio Ambiente está tendo a agilidade na implantação das políticas públicas que falta nos demais setores do governo, principalmente, nas áreas estratégicas como a Saúde e o Agronegócio, que foram bandeiras de campanha.

A ARTICULAÇÃO QUE NÃO ARTICULA

Durante as discussões sobre a PEC da Previdência estadual não seu viu nenhum dos diretores da secretaria de articulação política do governo ou o próprio secretário da pasta na ALEAC, ajudando na conversa de convencimento dos deputados. É uma articulação que não articula.

O ÚNICO VISTO

Para não dizer que não falei de flores, o único integrante do governo que foi visto conversando com os deputados no dia da votação da PEC foi o diretor da ASSECOM, jornalista Nelson Liano. 

FALTA COMPROMETIMENTO

O que falta neste governo em agir em equipe. Quando tem uma solenidade importante, deveriam estar presentes os secretários, diretores, e chefe de setores para prestigiar o governador, mas não aparecem. Ao que indica só prestigiam os padrinhos que os indicaram.

SABIA EXERCER O PODER

Todo mundo tem o direito de não gostar do Jorge Viana, atacar seu governo, seu partido, o que quiserem, mas ninguém poderá lhe acusar de não ter sabido usar o poder. Em qualquer solenidade em que estivesse o secretariado e assessores estavam em peso o prestigiando.

TIRO PELA CULATRA

O ex-presidente Lula viu o tiro do seu recurso ao TRF sair pela culatra, ao invés de anular o julgamento ou diminuir a pena, o Relator opinou para subir a sua pena para 17 anos de prisão.

SONHO ACABADO

O Lula continua sendo a maior liderança da esquerda, mas sua vida política como candidato á presidência está inviabilizada. Ainda tem um caminhão de processos a serem julgados.

BANDEIRAS DE CAMPANHA

Os trabalhos de início das obras das cabeceiras das pontes metálicas para suas instalações em Xapuri e Brasiléia vão acontecer em plena campanha política, no verão do próximo ano, o que será uma bandeira de palanque para os candidatos a prefeito apoiados pelo governador.

GALINHA DOS OVOS DE OURO

Quando a PM apareceu para impedir a ocupação da ALEAC pelos militantes dos sindicatos, foi como que matar a galinha dos ovos de ouro dos deputados da oposição, porque contavam com a massa para impedir a votação do projeto. Sem isso ficaram limitados aos discursos.

NINGUÉM ENTENDEU NADA

O Chico Mendes era contra o agronegócio. O mote deste governo no campo econômico é investir no agronegócio. Por isso, ninguém entendeu a parceria entre o Instituto Chico Mendes e a secretaria de Turismo, porque são nortes diferentes, como casar sucuri com jacaré-açu.

JUNTOS E MISTURADOS

Basta olhar para muitos postos no governo que vai se ver muitos figurões que estavam aboletados nas administrações petistas, em cargos de confiança. Então vamos parar com esta bobagem de ficar atirando pedras no PT, porque está tudo junto e misturado. Alguma dúvida?

PASSOU O TEMPO DAS DESCULPAS

Que o último governo do PT foi uma droga, que saiu devendo salário de servidor, fornecedor, todo mundo sabe, o tempo de culpar o PT passou, o novo governo tem de apresentar soluções em 2020. Foi em cima deste tom que fez toda a sua campanha e ganhou a eleição. O PT já era!

APANHANDO NAS REDES

O governador está apanhando e muito nas redes sociais por conta da aprovação da PEC da Previdência, fora um ou outro do baixo clero, não se vê nenhuma figura de proa da sua gestão lhe defendendo. Quando é para repartir o ônus de uma medida, desaparecem na buraqueira.

NICOLAU JUNIOR

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Nicolau Junior (PROGRESSISTAS), teve uma atuação importante nos bastidores para a aprovação da reforma da Previdência estadual. Virou, inclusive, votos de deputados que estavam propensos a votar contra a PEC do governo.

QUE COISA MAIS PIEGAS, CESÁRIO!

O presidente do PT, Cesário Braga, em seu último artigo mistura uma historieta de ficção piegas com a aprovação da PEC da Previdência na ALEAC. Bem escrita, diga-se, a peça foi um rosário de lamúrias. O governo anterior subiu de 11% para 14% o desconto previdenciário nos salários dos servidores e não se ouviu um pio do Cesário ou outra figura importante do PT.

BEM OBSERVADO

Comentário que merece uma indagação: com vários candidatos a prefeito da capital no próximo ano, a base de apoio ao governo se manterá unida? Não esperem amenidades.

MAIOR BURRADA POLÍTICA

Quem foi deputado federal senador, e hoje governador, não é nenhum tapado em política. Mas se no próximo ano, com vários candidatos do seu campo de apoio á PMRB, colocar um deles debaixo do braço no primeiro turno, vai passar um atestado de burrice política.

FALTA DE COMPROMISSO

Alertadas, a EMURB e o DEPASA não deram as caras para resolver o afundamento de parte da Rua 10 de Junho, no trecho do Tropical, o que mostra a falta de compromisso em resolver um problema que não é nenhuma obra tipo o Canal de Suez. A cobrança é dos moradores.

NÃO É TESE DE DOUTORADO

O secretário de Saúde, Alysson Bestene, é prolixo aos extremos. Ontem, ao falar para a Frente Parlamentar integrada por vereadores de Feijó, Tarauacá e Jordão, torrou a paciência de quem estava lhe assistindo no auditório da ALEAC. Podia ter sintetizado todo o dito em 10 minutos.

NÃO CONVIDEM PARA O MESMO TACACÁ

Quem estava ontem no auditório da ALEAC notou que a rusga entre o secretário Alysson Bestene e o tio e deputado José Bestene (PROGRESSISTAS), continua forte. Bestene ficou na mesa dos trabalhos de cara amarrada. E não deixou de dar a sua alfinetada após a longa explanação do Alysson. Pegou o microfone e tascou: “Saúde é para hoje, não para amanhã, tem que ser prático, como fiz na contratação de médicos quando secretário de Saúde”. E saiu.

SITUAÇÃO DE CALAMIDADE

Pelo que falaram ontem os vereadores de Feijó, Tarauacá e do Jordão, nas unidades de Saúde do Estado daqueles municípios falta tudo, pintaram uma situação é de calamidade. O secretário Alysson Bestene vai ter que atropelar a burocracia e ser ágil para ter sucesso.

NINGUÉM MAIS AFINADO

Ninguém é mais afinado com a política de governo do presidente Jair Bolsonaro do que o senador Márcio Bittar (MDB). Márcio costuma dizer que está mais à direita que o Bolsonaro.

FILIAÇÃO ESPERADA

A filiação da presidente do SINTEAC, Rosana Nascimento, é dada como certa no PSD, no próximo congresso do partido. Depois dos últimos acontecimentos da PEC da Previdência não se sabe se refluirá. Se bem que o senador Sérgio Petecão (PSD) esteja afastado do poder.

FORA DA ALIANÇA

O PSDB fará o seu congresso estadual neste fim de semana, quando confirmará a escolha do professor Minoru Kinpara, ex-presidente do PT, como candidato a prefeito. Dois partidos descartam de pronto uma aliança com o PSDB, o PSD do Petecão e o MDB do Flaviano Melo.

FAZENDO GESTÃO

Enquanto deixa no ar se disputará ou não a reeleição e quais serão as suas alianças para a eleição de 2020, a prefeita Socorro Neri continua focada apenas em manter a boa gestão.

ELEITORES DA ESQUERDA

Rio Branco é pequena, se conhece as principais caras quando se trata de movimentos de protestos. O grosso dos que estavam em frente à ALEAC era de aliados do PT e PCdoB.

SAÍRAM DA TUMBA

A PEC da Previdência do governo teve o poder de despertar velhas múmias da esquerda.

FRASE DO DIA

“A diferença entre a galinha e o político é que o político cacareja e não bota o ovo”. Millôr Fernandes, escritor e jornalista.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.