Conecte-se agora

“Poço da morte”: vídeo mostra igarapé lotado de arraias

Publicado

em

Dezenas de arraias do tipo ‘carijó’, com pintas brancas, foram filmadas por um morador no estado de Rondônia dentro de um igarapé. O vídeo foi divulgado nas redes do site Rondôniaaovivo nesta quinta-feira (3).

O vídeo alerta para o cuidado de banhistas que apreciam um bom ‘banho’ de igarapé em dias de calor. O local é conhecido como “poço da morte”, devido à presença constante do animal. “Olha aqui o poço da morte. Isso é perigoso demais”, diz o dono das imagens.

A arraia é um peixe que tem o corpo grande e achatado, com barbatanas que parecem asas. Tem o esqueleto feito de cartilagem (um tecido elástico) em lugar de ossos. Há mais de trezentas espécies de arraias. As menores têm menos de 50 centímetros, e a arraia-jamanta mede 7 metros da ponta de uma barbatana à outra. Esse tipo de animal costuma ficar parcialmente enterrado na areia ou no lodo. Alimentam-se de pequenos peixes, crustáceos e camarões.

[videopress plRQkEt8]

Acre

Acre tem mais uma morte por Covid e 744 novos casos da doença

Publicado

em

O estado do Acre voltou a registrar morte em decorrência da Covid-19 nesta quinta-feira, dia 4. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), também foram registrados 744 novos casos de coronavírus nesta quinta. Agora, o número de infectados notificados é de 145.474 em todo o estado.

Com mais um óbito, o número oficial de mortes por covid-19 subiu para 2.019 em todo o estado. O paciente D. C. F, de 93 anos, morador do município de Brasileia, deu entrada no Pronto-Socorro da capital no dia 24 de julho e faleceu no último dia 2 de agosto.

Até o momento, o Acre registra 351.261 notificações de contaminação pela doença, sendo que 205.765 casos foram descartados e 22 exames de RT-PCR aguardam análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 126.933 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 24 continuavam internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS) e estão sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Continuar lendo

Acre

Mulher dependente química é achada morta após sofrer agressão

Publicado

em

Uma mulher identificada como Maria Letícia, mais conhecida por populares como “Muda”, foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira, 4, dentro de um apartamento localizado na Rua Baixa Verde, situada no bairro Cidade Nova, região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo a polícia, Maria é dependente química e chegou em seu apartamento pela madrugada desta quarta sentindo fortes dores no abdômen, após sofrer umas agressões. A vítima deitou e pela manhã seu marido, que também é depende químico, a encontrou deitada na cama sem vida.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada e ao chegar ao local médico apenas atestou a morte de Maria Letícia.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do Perito em criminalística. Nas análises iniciais, o Perito constatou que a mulher não tinha marca de ferimentos por arma branca ou perfurações de tiros. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos. O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

Continuar lendo

Acre

Vereador acusado de chamar mãe de santo de “demônio” se defende

Publicado

em

O vereador Alcemir Teodózio, do União Brasil, fez esclarecimentos sobre as críticas que recebeu nos últimos dias, com repercussão em setores da imprensa, nas quais é acusado de provocar tumultos nas sessões e reuniões da Câmara de Xapuri.

No último episódio, ocorrido na terça-feira (2), uma confusão no plenário da casa terminou com uma queixa na polícia contra ele por intolerância religiosa, que foi registrada pela mãe de santo Awraomin Pantera, diretora de Cultura da prefeitura.

A vereadora Alarice Botelho, do PT, distribuiu material à imprensa afirmando que a conduta do vereador é reincidente e dizendo que vai exigir de maneira formal que a Mesa Diretora da Câmara tome providências contra o que vem ocorrendo.

Alcemir Teodózio afirma em sua defesa que os fatos que têm sido divulgados pela vereadora petista mostram apenas o lado que lhe é desfavorável. Segundo ele, outras situações semelhantes estão sendo omitidas com o intuito de lhe prejudicar.

O vereador afirma que a colega de parlamento-mirim também possui registros de problemas com outros vereadores e até servidores da Câmara e que costuma partir para cima dele com o dedo em sua cara. “Não foi a primeira vez que aconteceu”, disse.

Segundo Teodózio, a origem da confusão é o fato de o secretário de Cultura ter sido convocado pela Mesa Diretora, atendendo pedido dele, para que fizesse explicações sobre o uso dos recursos da Lei Aldir Blanc no município.

Com relação à acusação de intolerância religiosa contra a candomblecista Awraomin Pantera, ele voltou a negar. “Em nenhum momento eu desrespeitei a religião dela. A gente não pode agredir a fé de ninguém, a religião de ninguém”, afirmou.

Alcemir alegou desrespeito ao Regimento Interno da Câmara, quando a diretora de Cultura se manifestou da plateia e a Mesa Diretora não atendeu aos pedidos que ele fez para que a norma interna da Casa fosse obedecida.

A vereadora Alarice Botelho disse ao ac24horas que o vereador não respeita a ordem de pronunciamentos nas sessões, que ele fala os gritos e que sempre parte para a baixaria. “Não tem equilíbrio emocional para a função que exerce”, disse.

A mãe de santo Awraomin Pantera informou que que registrou boletim de ocorrência na Delegacia Geral de Xapuri por intolerância religiosa e injúria racial contra o vereador e afirmou que pretende processá-lo por ter sido chamada de “demônio”.

Continuar lendo

Acre

Gladson muda comando da PM e Paulo César deixa o cargo

Publicado

em

O governador Gladson Cameli publicou no Diário Oficial desta quinta-feira, 4, a exoneração do Coronel Paulo César Gomes da Silva do cargo de comandante da Polícia Militar do Estado do Acre. O militar estava no cargo desde julho de 2020.

Paulo César será substituído pelo também Coronel PM Luciano Dias Fonseca, que era Subcomandante da corporação.

Para o segundo maior posto da Polícia Militar acreana, Gladson nomeou o Coronel Atahualpa Batista Ribera. Uma solenidade que será realizada no Quartel da PM na tarde desta quinta-feira marca a passagem de comando.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!