Uma foto distribuída pela assessoria do Governo Gladson Cameli durante a agenda da Ministra da Agricultura Tereza Cristina Corrêa deixa a entender que o governo estadual já começa a agir para resgatar a boa relação com o Deputado Estadual Roberto Duarte (MDB).

Duarte tem sido, como já mostrou o ac24horas, bastante crítico em relação a algumas iniciativas da atual gestão que o parlamentar considera prejudiciais à população, como no caso da alteração no decreto nº 7.854 que supostamente limitaria a participação de empresas do Acre em processos licitatórios do governo estadual e que Roberto não esconde que entende ser prejudicial ao empresariado acreano.

Por causa do decreto, na sessão da última quarta-feira, 20, Duarte e o líder do Governo na Aleac Gerlen Diniz foram protagonistas de uma acalorada discussão e os outros deputados precisaram intervir para evitar que os dois partissem para agressão física.

Roberto Duarte também já cobrou o cumprimento da promessa de campanha de Cameli em convocar os aprovados no concurso público das Polícias Militar e Civil.

Mesmo tendo uma base de apoio com folga na Aleac, cerca de 19 parlamentares, Gladson é sábio o suficiente para saber que, em um momento de crise, onde seu governo ainda não deslanchou, não é nada bom ter contra sua administração uma das promissoras lideranças da política no Acre, tendo sido o segundo mais votado para deputado estadual nas eleições passadas com mais de 9,4 mil votos.

Previous
Next
error: Conteúdo protegido!