Conecte-se agora

“Posição louvável”, diz Quintanilha sobre comentários de ex-porta voz

Publicado

em

É uma posição pessoal, mesmo que revestida de cunho político, as declarações do ex-porta voz do então governador Sebastião Viana, senhor Leonildo Rosas, a respeito da suposta devassa em todos os atos administrativos tomados nos últimos seis meses pelo governo pretérito, determinado pelo governador Gladson Cameli.

Ao afirmar o ilustre ex-porta voz que “já pensaram se o Jorge Viana tivesse montado força tarefa para apurar os atos do governo que lhe antecedeu? Qual seria o resultado? “Induzindo o leitor que teria sido um escândalo administrativo a administração do senhor Orleir Cameli que antecedeu Jorge Viana, nos parece temerosa e com larga margem de sentimentos de ira e proteção partidária. É absolutamente democrático, constitucional e salutar para qualquer administração, que aqueles que assumem o comando façam uma averiguação profunda ou supérflua nos atos anteriormente tomados, implantados e executados.

O senhor Senador Jorge Viana quando assumiu o governo do estado teve suas razões, de ordem pessoal ou política, para não fazer uma radiografia do que estava encontrando feito por seu antecessor. Todavia, isto não autoriza o ilustre jornalista a levantar qualquer suspeita ou insinuação contra a dignidade, honradez e respeitabilidade do falecido ex-governador Orleir Cameli.

Até poderia sugerir ao honrado e respeitado jornalista que talvez fosse melhor não remover, nem muito nem pouco, o passado direcionando contra a dignidade do ex-governador Orleir Cameli, sendo de boa prática, no caso, ouvir os “companheiros” mais equilibrados, serenos e realmente conhecedores, como eu sou, de todo o histórico aberto e encoberto das administrações acreanas, antes de tentar enlamear a honra de quem já ocupou cargos públicos aqui no Estado do Acre.

Respeitosamente, o colega jornalista Sérgio Quintanilha.

Transcrito da página do Face book do jornalista Sérgio Quintanilha

 

 

Acre

N. Lima comemora derrota do PT no Acre: “não ficou ninguém”

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, vereador N. Lima (Progressistas), usou a tribuna nesta quinta-feira, 6, para comemorar a derrota do Partido dos Trabalhadores (PT) nas urnas no último domingo, 2 de outubro.

O militar destacou que esse processo começou em 2016 e culminou na falta de representatividade na política acreana – tanto na Câmara Municipal, Assembleia Legislativa e Câmara Federal. “Nós começamos aqui, eu você [Jarude] Lene, Roberto Duarte, a extinguir aqui na Câmara, não ficou ninguém, agora vocês também conseguiram tirar o PT de dentro da Assembleia Legislativa e tirar a representação do PT do Acre na Câmara Federal, aí limparam tudo”, declarou.

Lima disse ainda que a derrota do PT ocorreu pelos inúmeros desmandos no Estado ao longo dos últimos anos. “O Acre pode dizer não ao Partido dos Trabalhadores, ao PT, ao 13, o número é importante, mais não ao partido que era só mentira, não era dos trabalhadores e sim dos seus representantes”, comentou.

Continuar lendo

Acre

Mailza conhece programa Caixa Para Elas e reafirma apoio a Bolsonaro

Publicado

em

A convite da senadora eleita e ex-ministra Damares Alves, a senadora e vice-governadora eleita pelo Acre, Mailza Gomes (PP-AC) conheceu em Brasília, junto a outras representantes do Congresso, o programa Caixa Para Elas.

Em um vídeo gravado durante a visita, Damares explica sobre a iniciativa e afirma que esse é o maior projeto de investimento e prevenção à violência contra a mulher.

“Aqui estamos, mulheres eleitas, reeleitas, duas vice-governadoras eleitas, senadoras, viemos a Caixa conhecer o programa Caixa Para Elas, o maior programa de investimento e prevenção à violência contra a mulher. Estamos muito felizes com o que vimos aqui. É um país que acredita em mulheres, um governo que acredita em mulheres”, disse.

Mais cedo, Mailza participou de um café da manhã com políticos da base e outros representantes acreanos, em conversa com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, reafirmou seu apoio a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL-AC).

“Bolsonaro defende a família, os valores cristãos, destinou recursos, e esteve presente no Acre, nos momentos que nosso povo mais precisou. Eu, Gladson, e grandes nomes que representam nosso povo no Congresso apoiamos esse projeto”, declarou.

Veja o vídeo:

play-rounded-fill
Continuar lendo

Acre

Conheça o bancário que é a grande surpresa das eleições de 2022

Publicado

em

É normal após a apuração das eleições, a surpresa da população com nomes até então desconhecidos que vencem o pleito eleitoral com o contraste de alguns favoritos, medalhões que não conseguiram se eleger.

Uma das principais surpresas das eleições deste ano no Acre foi Pablo Bregense, praticamente um desconhecido em boa parte do estado, inclusive da capital acreana, onde está concentrada metade do eleitorado do Acre.

O bancário de 35 anos nasceu em Sena Madureira, é casado e tem um filho de 3 anos. É filho de Maria Alzira Bregense e neto da professora Leonice de Fernandes, mulher que dedicou toda a sua vida aos serviços educacionais. Seu avô materno, Sebastião Bregense, um dos mais antigos barbeiros de Sena Madureira. “Foi com meu avô que aprendi a trabalhar honestamente e lutar pelos meus ideais”, afirma.

Sua vida profissional começou aos 18 anos, quando ingressou no Banco da Amazônia, onde permanece até hoje. Desde 2013, exerce a função de gerente, onde adquiriu experiência em gestão. Atualmente é responsável pela agência do município de Plácido de Castro, onde reside.

“Como me dediquei ao atendimento ao homem do campo, me tornei conhecedor das dificuldades que os produtores rurais e extrativistas encontram para o cultivo de suas lavouras, fato que despertou a vontade de ingressar no campo político. Sonho agora como deputado construir meios do estado crescer e produzir, tornando o Acre um lugar melhor para viver”, explica.

A explicação de ser desconhecido na capital está nos votos obtidos, o que o torna um candidato verdadeiramente interiorano. Dos seus 5.386 votos que o elegeram pelo PSD, o maior quantitativo dos votos veio do interior. Bregense teve 74% de seus votos em Sena Madureira (2.370), o terceiro mais votado; Plácido de Castro (884), segundo mais votado e Acrelândia, onde teve 355 votos, sendo o quarto mais votado do município.

Continuar lendo

Acre

Jéssica anuncia que irá disputar a prefeitura de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A deputada federal Jéssica Sales (MDB) usou as redes sociais na última quarta-feira, 5, para confirmar os rumores de que será candidata à prefeitura de Cruzeiro do Sul no pleito eleitoral de 2024.

A candidata acompanhada de familiares e amigos disse que não irá abandonar a política – ao contrário do que defende seu pai – o ex-prefeito Vagner Sales. “Em 2024 estou voltando, prefeita de Cruzeiro do Sul, já tenho 5 cabos eleitorais, venha você também”, declarou Sales em cima de uma canoa no Vale do Juruá.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.