Conecte-se agora

Vice de Gladson, Rocha alfineta sugestão de delegados sobre lista tríplice para secretário

Publicado

em

O vice-governador eleito Major Rocha (PSDB) afirmou nesta quarta-feira, 21, que entende a intenção da Associação dos Delegados da Polícia Civil do Acre em apresentar uma lista tríplice ao governador eleito Gladson Cameli como sugestão ao cargo de secretário de Polícia Civil a partir de 2019, porém diz não entender por que os delegados não tiveram a mesma iniciativa durante os 20 anos de governo do PT.

Rocha, que foi nomeado por Cameli como uma espécie de comandante geral do setor de segurança do Acre, fala em nome do novo governo.

Como a Polícia Civil não é composta apenas pelos 58 delegados atualmente em atividade, o tucano afirmou ser necessário ouvir também os agentes e escrivães de polícia.

“Mesmo sendo um cargo de livre nomeação e exoneração do futuro governador, entendo que a iniciativa ADEPOL, de apresentar, ao próximo governo, uma lista tríplice para auxiliar na escolha do próximo Secretário de Polícia Civil, deve ser analisada e considerada.
De igual sorte, em respeito aos Agentes e Escrivães, que também fazem parte dessa valorosa corporação, penso que eles merecem ser ouvidos, e garanto que isso será feito. É bom lembrar que aquele que for escolhido pelo Governador Gladson Cameli comandará não só os Delegados, mas toda a Polícia Civil.

Reforçando o meu respeito à iniciativa da ADEPOL, não posso deixar de estranhar o fato dessa iniciativa não haver sido intentada nos 20 anos de governo da Frente Popular, quando os líderes da Polícia Civil foram nomeados sem qualquer tipo de debate com seus integrantes, inclusive escolhendo delegados com menos de 6 anos de profissão.”

A declaração do militar foi dada após reportagem veiculada em ac24horas sobre o tema. Nesta terça-feira, 20, os delegados foram às urnas para votar em uma lista tríplice escolhida pela classe. Os delegados Fabrizzio Leonard, Sérgio Lopes e Alcino Junior compõem essa lista.

Acre 01

Em Plácido, Gladson visita obras de ramais e entrega equipamentos para zona rural

Publicado

em

As obras nos ramais e estradas vicinais não param no estado do Acre. Neste domingo, 25, o governador Gladson Cameli esteve em visita aos ramais Mendes Carlos/Eletra e Novo Horizonte, na zona rural de Plácido de Castro. Acompanhado de secretários de estado, representantes do legislativo federal, estadual e municipal e do prefeito da cidade, Gladson vistoriou as obras, recebeu informações sobre o andamento dos serviços e conversou com moradores e produtores da região.

Acompanhado da equipe de secretários, Gladson vistoriou as obras e conversou com produtores rurais Foto: Dell Pinheiro/Secom

O investimento nas obras de recuperação dos ramais Mendes Carlos/Eletra e Novo Horizonte, construção de nove pontes, manutenção com tapa buracos, limpeza de vias e entrega de equipamentos como motoniveladora, pá carregadeira e retro escavadeira chegam a um valor total de R$ 11.644.761,57. As melhorias e os equipamentos alcançam uma média de 20 mil pessoas e são desenvolvidas por meio do Departamento de Estradas e Rodagens (Deracre), com apoio do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac).

Uma das primeiras moradoras do ramal Mendes Carlos, Maria das Graças de Souza, que mora no local há 40 anos, agradeceu as melhorias proporcionadas pelo estado. “Eu como moradora daqui, quando cheguei e vi o tamanho da obra, quase me emocionei. Nunca sonhei em ver isso aqui e agora está acontecendo. Sou muito grata por isso”, disse.

Maquinário utilizado nas obras pelo governo do Estado é de primeira linha e Investimentos chegam a a um aporte total de R$ 11.644.761,57 Foto: Dell Pinheiro/Secom

O presidente do Deracre, Petrônio Antunes, explicou que, somente no ramal Mendes Carlos, o governo trabalha na recuperação de 33 km. “Estão sendo feitas todas as drenagens, tanto das entradas de fazenda como nos pontos críticos, com reforço, sub-base e base, deixando o ramal com a largura ideal para receber transportes pesados e com uma base para aguentar de inverno a verão”, explicou.

Na ocasião, o prefeito do município, Camilo Silva, destacou a importância da obra para a comunidade, tendo em vista o número de famílias beneficiadas. “Elas vão sair do isolamento, da dificuldade no escoamento da produção, graças a esse governo. Queremos agradecer o governador por ter olhado para Plácido de Castro. São muitos os investimentos nesses sete meses de 2021”, afirmou.

Governador Gladson Cameli é homenageado com o título de Cidadão Placidiano; na foto, com autoridades do Legislativo estadual e do Executivo municipal Foto: Dell Pinheiro/Secom

Durante solenidade na Vila T da Enco, localizada no ramal Novo Horizonte, Gladson recebeu o título de cidadão placidiano e uma moção de aplausos da Câmara Municipal de Plácido de Castro. “Eu fui eleito para governar o estado do acre e não governo só. Governo inclusive com os vereadores”, destacou o chefe do executivo durante discurso. Em uma de suas falas, ele garantiu a pavimentação de ruas da Vila Campinas.

A solenidade aconteceu em frente à Escola Rural Manoel Barros, que passa por processo de revitalização juntamente com a escola Flávia Pimentel, representando um investimento de mais R$ 200 mil.

Com colaboração de Elenilson Oliveira, da Agência de Noticias do Acre

Continuar lendo

Acre 01

Produtor de cervejas artesanais, acreano inova e cria vinho de açaí em sua residência

Publicado

em

Com colaboração do jornalista, Altino Machado

Imagina tomar um vinho de açaí? Se alguns não imaginam o sabor, o servidor público, Marcos Júnior, já sabe como é. Marcos, que é um degustador e produtor de cervejas artesanais, teve a ideia de produzir um vinho de açaí em sua residência, após começar a produção de um hidromel com amora.

Para escapar da Lei nº 7.678, de novembro de 1988, que dispõe sobre a produção, circulação e comercialização do vinho e derivados da uva e do vinho, o servidor público teve a ideia de chamar o vinho de açaí de “pajuari”, que é uma espécie de bebida estimulante usada pelos indígenas a partir de frutas fermentadas. Tecnicamente, de acordo com a legislação, o termo “legal” seria “fermentado de açaí”, mas o que ele produz é realmente “vinho de açaí”. 

Em uma entrevista ao jornalista, Altino Machado, Marcos explicou como tem sido a experiência na produção do “pajuari”. No Instagram, o servidor público tem um perfil do vinho de açaí Florisa: @florisavinhos. 

“Após alguns anos produzindo cerveja artesanal em casa, inclusive com uso de frutas regionais em fruit beers, passei a tentar produzir hidromel, o qual também permite a adição de frutas. Após produzir um hidromel com amora que ficou bem interessante, resolvi testar o açaí! Nos testes iniciais, em janeiro deste ano, já vi que o produto teria um potencial para algo semelhante a um vinho tinto de uva, mas com as características próprias do açaí: aroma intenso de frutas roxas, boa acidez e reminiscências de madeira, castanhas e terrosidade. A partir disso, comecei a fazer pequenos ajustes (e ainda ajustando) nos lotes subsequentes, e atualmente vejo que duas versões ficaram bem boas: uma com um pouco de açúcar residual e outra mais seca. O açaí é um fruto maravilhoso e, para mim, foi uma grande satisfação ter conseguido vinificar e produzir um vinho de boa qualidade com ele”, afirmou. 

Continuar lendo

Acre 01

Rio Branco inicia vacinação de pessoas de 18 anos contra covid-19 nesta segunda

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou na tarde deste domingo, 25, que nesta segunda-feira, 26, a vacinação contra a covid-19 estará disponível para o público de 18 anos ou mais, em 12 pontos de Rio Branco. A vacinação começará às 8 horas e terminará às 16 horas.

Para se vacinar é necessário levar documento de identificação, CPF ou cartão do SUS e carteira de vacinação. Confira os locais para aplicação da primeira e segunda dose disponível:

Urap Hidalgo de Lima;

Urap Rosângela Pimentel;

Urap Maria Barroso;

Urap São Francisco [segunda dose];

Urap Vila Ivonete;

Urap Cláudia Vitorino;

Urap Eduardo Assmar;

Urap Bacurau [segunda dose];

Urap Valdeiza Valdez [Segunda dose];

Centro de Convenções da Universidade Federal do Acre (Ufac);

Policlínica Barral y Barral [segunda dose] e para segunda dose no drive-thru em frente ao 7º BEC.

Continuar lendo

Acre 01

Após 20 dias sem jogos, gramado da Arena é criticado; Gestor culpa problema de energia

Publicado

em

A bola voltou a rolar no estádio Arena da Floresta neste sábado, 24. A praça esportiva já estava há 20 dias sem a realização de uma partida oficial. O último jogo realizado foi na derrota do Atlético Acreano contra o Penarol do Amazonas pelo Campeonato Brasileiro da Série D, no último dia 04 de julho.

Atletas, comissões técnicas e crônica esportiva reclamaram das condições do gramado do estádio, que apresentava muitas falhas  e buracos. Outra reclamação é em relação a quantidade de luminárias queimadas, o que deixa o estádio menos iluminado do que é o padrão da Arena.

Júnior Santiago, chefe de esportes do governo do Acre, explicou que o problema da falta de energia no estádio que perdurou por 10 dias comprometeu a qualidade do gramado. “Nós tivemos um problema sério de energia quando ocorreu um curto-circuito e queimou uma subestação. Imagina ficar dez dias sem poder aguar o gramado porque não tinha água? A própria Energisa teve dificuldade de encontrar os cabos que são bem específicos. Nós já recuperamos bastante e vamos recuperar ainda mais o gramado. Prova é de que antes desse problema de energia o gramado estava em boas condições”, diz Santiago.

Outra denúncia é a realização de peladas aos sábados pela manhã, o que estaria contribuindo para dificultar a recuperação do gramado. “Essa informação não é verdadeira. Só quem usa o campo são os representantes do Acre na Série D que treinam duas vezes por semana, mas nem isso estamos deixando mais”, afirma Santiago.

O gestor não comentou sobre a iluminação e se há previsão de substituição dos refletores queimados.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas