Conecte-se agora

Videogames: vício em jogos é classificado como doença

Cerca de 3% dos gamers sofrem com esse distúrbio, segundo OMS

Publicado

em

Um dado vem chamando a atenção da Organização Mundial de Saúde (OMS), a obsessão por jogos digitais. No Brasil essa “brincadeira ou diversão” vem chamando a atenção de especialistas. A partir de agora o uso excessivo de videogame é considerado um distúrbio. O vício em games consta na 11ª classificação Internacional de Doenças (CID), como um dos problemas de saúde mental.

A compulsão por jogos eletrônicos vem sendo classificada pela OMS como um padrão de comportamento persistente e recorrente. E se torna intensa cada vez mais para quem joga a ponto de afetar o psicológico e fazer do jogo a preferência diante de todos os outros interesses da vida.

Em muitos lugares, incluindo o Reino Unido, já existem clínicas autorizadas para tratar de distúrbios como estes, com o intuito de combater o problema e não gerar uma “doença compulsiva”.

Para quem não sabe, ou tem filhos em casa, quando uma pessoa está viciada em jogos, geralmente, carrega esses sintomas de distúrbios: não ter controle da intensidade e duração do tempo de permanência diante das telas; priorizar o jogo em detrimento de outras atividades; aumentar a frequência de uso do videogame, mesmo depois de ter tido consequências negativas por conta do vício.

O estudante Abrãao Silas, 18 anos, joga há 10 anos e gasta, em média, de 3 a 5 horas por dia jogando. “É um mundo inovador e tecnológico, onde exploro sentimentos, nos quais na vida real não são proporcionados. Quando não tenho tempo para jogar durante o dia, eu troco sim o dia pela noite.  Hoje, o meu jogo favorito é o Rainbow Six Siege”, conta o estudante que não se considera um viciado.

O atrativo dos jogos é, como o estudante mencionou, “proporcionar algo diferente” e muitos jovens se veem nesta mesma sensação ao jogar. Mas, como tudo na vida, o controle e limite são fundamentais. Que tal, por exemplo, levar para lado positivo e investir em uma formação ligada ao universo dos games? É possível ainda fazer especialização na área.  É como jogar, agora na área do negócio. Para quem gosta do mundo dos games vai aí algumas dicas de cursos: Jogos Digitais, Design de Games, Desenvolvimento de Jogos Digitais.

Estude o mundo dos games

O Educa Mais Brasil, programa de bolsas de estudo pode te ajudar a embarcar nesse jogo nos estudos. É possível conseguir 70% de desconto e cursar uma graduação de Desenvolvimento de Jogos Digitais ou fazer especialização em Jogos Digitais. O portal AC 24 HORAS  é parceiro do programa, para conseguir este benefício é preciso fazer a inscrição pelo site http://www.educamaisbrasil.com.br/ac24horas.

Anúncios

Na rede

Prefeito de Rodrigues Alves reúne equipe para alinhar planejamento e ações para 2021

Publicado

em

O prefeito de Rodrigues Alves, Jailson Amorim (PROS), se reuniu nesta sexta-feira, 22, na Escola Cunha Vasconcelos com todos os secretários, coordenadores e diretores dos departamentos da Prefeitura para alinhar as ações que serão executadas em 2021. 

O Chefe do Executivo Municipal destacou que a reunião teve o principal objetivo otimizar recursos e equipes. “O nosso grande objetivo é trabalhar de forma organizada para que o nosso povo possa viver melhor aqui em Rodrigues Alves e para isso é preciso planejar para executar”, afirmou. 

O secretário de Planejamento, Hudson Chaves, destacou a necessidade de usar o planejamento como ferramenta de transformação da realidade. 

“É necessário implantar uma cultura de Planejamento, o que não é fácil já que  planejamento é algo metódico e complexo. Mas este grupo entende o quanto isso é determinante para o sucesso da administração”, concluiu. 

Continuar lendo

Acre 01

Acreanos pró-impeachment de Bolsonaro ocupam praça em frente ao Palácio Rio Branco

Publicado

em

Manifestantes contrários ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reuniram na tarde deste sábado, 23, na praça do Palácio Rio Branco. Eles se concentraram no entorno da Uninorte, de onde saíram em carreata, a partir das 16h , rumo ao Centro da capital, pedindo o impeachment do presidente.

A carreata teve percurso pelas avenidas Ceará e Getúlio Vargas e terminou no Palácio Rio Branco. O videomaker do ac24horas, Whidy Melo acompanhou ao vivo a manifestação pacífica. 

O grupo levou diversos cartazes, bandeiras e faixas com a hashtag ForaBolsonaro, além de mensagens a favor do impeachment, de vacina para todos e a retomada do auxílio emergencial.

Participaram do ato integrantes da União Juventude Socialista (UJS) e de partidos como PT, PCdoB e Psol e a sociedade civil em geral.  Cidades de todo o Brasil foram palco neste sábado, 23, de carreatas em defesa do impeachment de Jair Bolsonaro (Sem partido). 

Continuar lendo

Extra Total

Com petistas e comunistas, carreata pró-impeachment de Bolsonaro chama atenção no Acre

Publicado

em

Cidades de todo o Brasil foram palco neste sábado, 23, de carreatas em defesa do impeachment de Jair Bolsonaro (Sem partido). As manifestações, que começaram cedo, também pediram vacina para todos e a continuidade do auxílio emergencial.

Em Rio Branco, a carreata saiu por volta das 16 horas da Uninorte com percurso pelas avenidas Ceará e Getúlio Vargas e terminou no Palácio Rio Branco, no centro da capital.

O comboio de carros levava cartazes da União Juventude Socialista (UJS) e de partidos como PT, PCdoB e Psol. Com buzinaços, centenas de acreanos pediram o fim da gestão do presidente da República.

Participaram do movimento pró-impeachment ativistas políticos como: Francisco Panthio (PCdoB), André Kamai (PT), Gabriel Forneck, ex-vereador pelo PT, deputado federal Leo de Brito (PT) e a sociedade civil acreana. Muitas pais, mães e avós também estiveram presentes acompanhados de crianças que seguravam cartazes.

Confira a galeria de fotos de Sérgio Vale:

Continuar lendo

Acre 01

Em carreata pró-impeachment, Leo diz que Bolsonaro foi o maior aliado do coronavírus

Publicado

em

Cidades de todo o Brasil foram palco neste sábado, 23, de carreatas em defesa do impeachment de Jair Bolsonaro (Sem partido).  As manifestações, que começaram cedo, também pediram vacina para todos e a continuidade do auxílio emergencial.

Em Rio Branco, a manifestação começou por volta das 15:30 na Uninorte. Ao ac24horas,  o deputado federal Leo de Brito (PT) defendeu a abertura do processo de impeachment pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). 

Ele destacou que o movimento pró-impeachment é organizado pela sociedade civil brasileira e pontuou que o movimento não tem dono ou cor partidária.

“É um movimento de vacina para todos, em defesa do SUS, pela continuidade do auxílio emergencial e sobretudo um movimento para a volta da dignidade do Brasil. O movimento não tem dono. O Brasil simplesmente está sendo abandonado pela irresponsabilidade de Bolsonaro que resultou nas mais de 200 mil mortes na pandemia, porque ele com a sua irresponsabilidade foi o maior aliado do coronavírus. Não dá mais”, afirmou. 

Ao ser indagado sobre os pedidos de impeachment de Dilma e Bolsonaro, Leo argumentou que existe diferença entre os casos. Segundo o petista, Bolsonaro cometeu mais de 20 crimes de responsabilidade. 

“A diferença é que tem mais de 20 crimes de responsabilidade cometidos por Bolsonaro e não sou eu que estou falando, são juristas do Brasil todo. No caso da Dilma, não houve crime de responsabilidade, tanto que o Eduardo Cunha revelou em seu livro.  No caso de Manaus, ele mostra bem isso. Bolsonaro também usa as estruturas do Estado para salvar os filhos da justiça. O povo tá na míngua e sem emprego, sem auxílio. A miséria tá voltando e o Brasil tá o caos” destacou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas