Conecte-se agora

Queimadas estão proibidas em todas as cidades do Acre, diz Instituto do Meio Ambiente

Publicado

em

Os acreanos estão proibidos de fazer qualquer tipo de queimada. A decisão é administrada pelo Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), que emite, quando solicitadas, as Autorizações para Uso Controlado do Fogo. Mas o documento está com emissão suspensa por orientação da Comissão Estadual de Riscos Ambientais.

Segundo informou o Imac, a proibição do uso do fogo para limpeza de pastagens e qualquer tipo de queima se dá em razão do início do período de estiagem. Contudo, a decisão, também tomada em 2016, não impediu mais de 8 mil denúncias de queimadas ilegais, todas registradas pelo órgão e pelo Corpo de Bombeiros.

Já este ano, explicou o instituto estadual, a Operação Floresta Viva já está em execução, e as fiscalizações ficarão ainda mais intensas nos próximos dias. Na capital as denúncias devem ser feitas à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), por meio do telefone 3228-5765.

Previsão do tempo

Segundo os órgãos de controle e monitoramento, a previsão é de que o Acre enfrente em 2017 mais um severo período de estiagem. O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), que monitora o clima na região, informou que de julho a setembro haverá poucas chuvas e as temperaturas serão elevadas.

“Junho e julho são dois dos meses mais quentes do ano, e as temperaturas devem ficar acima da média. Ainda teremos eventos de friagem, mas não com intensidade capaz de diminuir as temperaturas por muito tempo. Assim, o calor vai prevalecer em grande parte do estado”, afirmou o meteorologista Luiz Alves, do Sipam.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas