Conecte-se agora

No senado, Petecão, Jorge Viana e Gladson Cameli se solidarizam com ac24horas e pedem esclarecimentos as autoridades

Publicado

em

senadores_01No inicio dos trabalhos que antecedem a votação da PEC do Teto dos Gastos Públicos no Senado Federal, os senadores Sergio Petecão (PSD), Jorge Viana (PT) e Gladson Cameli (PP) se solidarizaram com a direção do site ac24horas, em relação a Operação da Policia Civil que cumpriu mandados de busca e apreensão na Sede do jornal e conduziu coercitivamente jornalistas para depoimento.

Primeiro a pedir a palavra, Sergio Petecão revelou que está proibido de falar com a direção do jornal por causa de uma medida cautelar que ele nem sabia que existia e ressaltou que o ac24horas é o “único jornal que publica o que mais ninguém publica”.

“Eu sempre tive problemas com esse jornal. O problema não é se tá a favor ou contra. O problema é que nós não podemos estar perseguindo jornalistas ou jornais, seja de oposição ou situação. Nós temos que saber conviver com esse tipo de situação. Fica aqui o me registro, vou passar o dia tentando colher mais informações para esclarecer a população e a imprensa nacional. Lá no meu Estado, a gente não tem Folha de São Paulo, não tem Estadão, lá a gente tem o ac24horas. Lá o povo não tem costume de acessar esses grandes jornais, mas como o ac24horas reproduz muito material desses grandes jornais, isso tem causado um incomodo muito grande em nosso Estado. Peço que as nossas autoridades possam estar vigilantes nessa situaçao que vem ocorrendo em nosso Estado”, disse o senador.

O segundo a tocar no assunto foi o senador petista Jorge Viana. Ponderado, Jorge ressaltou que as autoridades precisam esclarecer os fatos e que ele se preocupa pelo fato de jornalistas estarem sendo levados coercitivamente pela policia.

“Quero relatar uma ação judicial e policial, as informações ainda não são muito precisas, mas certamente tem respaldo judicial, senão não poderia ocorrer, mas um. dos sites mais lidos do Acre, o Roberto Vaz, Bruno Vaz e o jornalista Ray Melo, eu me preocupo. Me preocupo pelo sobressalto que o país vive, das inumeras operações. Eu lamento essa situação porque ai existe algo grave, não porque estejam isentas de serem ivnestigadas, mas a entrada em um veiculo de comunicação é algo muito grave, veiculo este que tem um proteção constitucional para os que trabalham nele. Isso não impede que todos sejam investigados. Eu mesmo que já fui atacado, agredido em todos os aspectos em vários veiculos de comunicação, eu recorri a justiça pelo o meu direito e em muitos casos alcancei a reparação. Eu espero, sinceramente, que as autoridades, inclusive o Ministério Público, da Justiça e da Policia possam esclarecer qual o tamanho da gravidade que implica em condução coercitiva de jornalistas, independente de concordarmos ou não com as linhas editoriais. Eu tenho [com o jornal] as minhas divergências, inclusive familiares. Eu ontem conversava com o governador Tião Viana e ele demonstrou, pelo menos pra mim, que estava preocupado com o que ocorreu. Eu acho que todos nós temos que ter uma maior clareza sobre esse episodio”, ressaltou Viana

Endossando as palavras de Petecão e Jorge, Gladson Cameli se solidarizou com a equipe do jornal e pediu que a verdade viesse a tona o mais rápido possível.

video

Anúncios

Destaque 2

Gladson afirma que Acre não terá Carnaval 2021: “será um dia normal de trabalho”

Publicado

em

O Estado do Acre não terá a festa de Carnaval 2021. A informação foi confirmada pelo próprio governador, Gladson Cameli, durante a coletiva do Pacto Acre sem Covid realizada na manhã desta sexta-feira (22). O motivo do cancelamento da festa é a pandemia do novo coronavírus. Segundo Cameli, a data “vai ser um dia normal de trabalho”, informou.

A notícia antecipada pelo governador explicou que o Estado optou por não realizar a festa para não colocar em risco a saúde das pessoas. “O Estado está fazendo tudo que pode, junto com o governo e municípios para que possamos dar atendimento ao povo”, disse Gladson.

O governo pediu que a sociedade ajude a combate o vírus, fazendo sua parte, uma vez que o sistema público de saúde não terá vagas para todo os pacientes. “Não vou demorar para tomar as decisões. Estou preocupado com o presente, para que a gente possa se planejar para o futuro”, exemplificou Cameli.

Além disso, o Decreto de toque de recolher das 22 horas às 6 horas da manhã será publicado na próxima segunda-feira no estado. “Não quero que achem que isso é retaliação. É para alertar ao povo que o vírus não passou. Ninguém vai fechar, mas tem que ter limite e vão ter que observar as regras”, salientou Cameli sobre o comércio.

Por fim, o governo voltou a pedir que a população não politize e siga obedecendo às medidas sanitárias.

Continuar lendo

Destaque 2

Vacinação contra Covid-19 pode iniciar já na próxima terça no Acre, diz Gladson

Publicado

em

O governador Gladson Cameli informou na tarde deste domingo, 17, enquanto se dirigia ao Aeroporto de Rio Branco para viajar em São Paulo, para buscar o primeiro lote de vacina contra a Covid-19, que caso as doses cheguem no Acre na segunda-feira, 18, a campanha de imunização deve iniciar já na terça-feira, 19.

“Se eu conseguir trazer essas doses já na segunda, eu já começo a vacinar já no outro dia. Não tenha dúvida. Estou correndo contra o tempo”, disse Cameli, revelando que neste primeiro lote deve chegar ao Acre entre 30 mil a 60 mil doses.

Uma solenidade será realizada nesta segunda-feira, 18, em São Paulo. O presidente da república, Jair Bolsonaro, entrou em contato com Cameli e demais governadores para uma solenidade na capital paulista.

Como a Coronavac, vacina do Instituto Butantan, é a única substância disponível em solo brasileiro, esta será distribuída aos governos primeiramente.

Continuar lendo

Destaque 2

Mesa diretora é eleita com N.Lima presidente, Michelle Melo vice e Antônio Morais 1º secretário

Publicado

em

Como já era esperado, o vereador reeleito N. Lima (Progressista) foi escolhido pela maioria dos votos como presidente da Câmara Municipal de Rio Branco pelos próximos dois anos. Lima surpreendeu nos bastidores da política e conseguiu o apoio de 11 parlamentares e com isso foi escolhido presidente da Câmara nesta sexta-feira, 1º de janeiro, logo após ser empossado.

A vice-presidente escolhida foi a vereadora Michelle Melo (PDT), com 12 votos. O 1° secretário eleito foi o vereador Antônio Morais, com 12 votos. O 2° secretário escolhido foi Hildegard Pascoal, com 12 votos. E o suplente ficou com Ismael Machado, com 13 votos.

Entenda

As articulações para a escolha de Nogueira Lima, de 65 anos, para o comando da Casa passou por altos e baixos devido ele ter se lançado candidato sem consultar o partido, pois a cúpula do PP tinha o interesse velado que Samir Bestene, filho do deputado estadual José Bestene, fosse o candidato, porém a possibilidade foi inviabilizada com o passar dos dias.

Com o prefeito eleito Tião Bocalom, do mesmo partido de Lima, abrindo mão publicamente de influenciar na escolha do comando do Parlamento, coube ao governador Gladson Cameli, por meio de emissários, entrar na disputa interna para que se chegasse a um consenso em torno de uma presidência sob o comando do PP. O ex-deputado Moisés Diniz foi escalado para intermediar as conversas que fecharam apoio a N.Lima.

Mesmo N.Lima conseguindo a maioria do apoio no parlamento, o vereador Emerson Jarude (MDB) manteve sua candidatura a presidência da casa.

Declararam apoio a N, Lima os vereadores eleitos Rutênio Sá, Samir Bestene, Adailton Cruz, Raimundo Nenem, Ismael Machado, Hildegard Pascoal, Michele Melo, Antônio Morais, Joaquim Florêncio, Fábio Araújo e Pastor Arnaldo Barros.

Continuar lendo

Destaque 2

Com mais de 15 mil pessoas afetadas pela enchente, rio Tarauacá continua apresentando vazante

Publicado

em

As águas do Rio Tarauacá, que banham o município de Tarauacá, continuam dando sinais de vazantes. Uma medição realizada pelo Corpo de Bombeiros do Acre, na régua que localiza em uma das pilastras de sustentação da ponte, às 16 horas, da tarde desta quarta-feira, 30 , aponta uma diminuição de 0,40m.

Pela manhã, desta quarta-feira, 30, o rio estava em 10,50m, sendo que a cota de alerta é de 8,40m. Segundo o Corpo de Bombeiro, às 16 horas, o rio se encontrava com 10,10m, com diminuição de 0,40m em seis horas.

Da tarde de segunda-feira até o início da noite desta terça-feira, 29, as medições apontavam uma estabilidade em que o nível se mantinha em 10,60m.

Segundo o Major Cláudio Falcão, do Corpo de Bombeiros do Acre (CBMAC), a previsão é que diminua nas próximas horas.

Pelo menos 4,9 mil casas foram atingidas pelas águas do manancial em quatro bairros: Centro, Senador Pompeu, Flores e Triângulo. São pelo menos 15 mil pessoas nesses bairros atingidos. A enchente desabrigou 87 pessoas que foram levadas para duas escolas da cidade.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas