Conecte-se agora

Subtenente mata sargento com tiros nas costas na sede do Comando Geral da PM

Publicado

em

90551987-a65c-49fb-b4ed-6562d72eb6bc

Um subtenente da Polícia Militar matou o colega de farda na tarde desta quinta-feira (24) dentro do Comando da Polícia Militar do Acre. O motivo do homicídio, segundo a Assessoria da PM, teria sido motivo banal, mas não informou maiores detalhes. Os dois estavam à serviço no momento do crime. Uma nota será divulgada pelo comando nas próximas horas.

pppm_1230_nova_fotoSegundo informações preliminares, o subtenente Adelmo matou com um tiro o sargento identificado como Paulo Andrade.

Uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas a vítima já estava morta.

Comandante-geral da PM diz subtenente pode ser expulso da corporação

O comandante-geral da Polícia Militar do Acre, Júlio César se pronunciou sobre o homicídio registrado na noite desta quinta-feira (24) dentro das dependências do quartel, onde um subtenente matou um sargento a tiros.

O sargento Paulo Andrade, de 44 anos, foi morto com um tiro nas costas. Segundo o comandante-geral, o sargento e subtenente discutiram após o sargento chamar a atenção do subtenente José Adelmo Alves dos Santos, de 49 anos, por suposto atraso no horário de serviço.

“O subtenente Adelmo foi chamado atenção na falta de serviço e reagiu de forma desproporcional disparando contra o sargento Paulo Andrade. É um crime duramente militar. Todas as providências foram tomadas, o local foi isolado e o subtenente foi detido. Ele encontra-se em uma unidade militar à disposição da justiça”, disse o comandante-geral.

O comandante comentou ainda que situação igual a esta ocorreu em 1996 quando um policial disparou contra um colega dentro do quartel. Ele acrescentou também que o autor do disparo pode ser expulso da corporação e pode pegar 30 anos de prisão.

O sargento Paulo Andrade tinha mais de 20 anos no exercício militar. Já o subtenente Adelmo tem mais de 30 anos na profissão militar. Ele era da reserva militar, mas havia sido convocado recentemente para reforçar a segurança na capital após a onda de ataques por parte de facções criminosas que ocorreu no segundo semestre deste ano em cidades do estado. Ele, até então, fazia segurança na Organização das Centrais de Atendimento (OCA), na área central de Rio Branco. Todos os exames psicológicos e físicos antes de retornar da reserva indicaram boas condições em Adelmo, segundo Julio Cesar.

Uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas a vítima já estava morta.

Anúncios

Acre 01

Gladson dança com o Zé Gotinha ao lado de vacinas e viraliza nas redes sociais

Publicado

em

Um vídeo gravado enquanto o governador do Acre, Gladson Cameli, entregava o lote de vacinas CoronaVac na Divisão Estadual de Imunização e Rede de Frio, em Rio Branco, viralizou por meio de compartilhamento nas redes sociais na manhã desta terça-feira (19). Nas imagens, Cameli ensaia uma dança em comemoração à chegada dos imunizantes ao estado.

Este não é o primeiro vídeo em que o governador aparece dançando e que faz sucesso com os internautas. Nos comentários do vídeo, Gladson vem sendo elogiado pela maneira que vem conduzido as ações da secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) diante da pandemia do novo coronavírus.

Cerca de 41 mil doses da CoronaVac chegaram ao Acre nesta terça e já começaram a ser distribuídas aos 22 municípios. As primeiras aplicações foram realizadas no auditório do Pronto-Socorro de Rio Branco.

O primeiro a receber a vacina foi o idoso José Marcelino, de 85 anos. Depois dele, outras três pessoas também receberam o imunizante: a enfermeira Maria José Monteiro, 66 anos, a enfermeira indígena Elza Severino da Silva Manchineri e a técnica em enfermagem Raimunda Gomes do Nascimento, 69 anos.

 

Continuar lendo

Destaque 2

Gladson volta atrás e veta reforma administrativa que ele mesmo propôs à Aleac

Publicado

em

Um dos vetos do governador Gladson Cameli aos projetos de lei aprovados pela Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) surpreendeu nesta terça-feira, 19. É que o governador vetou o projeto de nova reforma administrativa que ele mesmo propôs aos deputados no final do ano passado.

O curioso é que Gladson chegou a mudar a reforma a pedido dos parlamentares criando cerca de 120 cargos. Pela proposta, a nova atualização criava a Secretaria de Governo (SEGOV) e também altera a nomenclatura da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), que passará a se chamar Secretaria de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (SEMAPI). Outra mudança é a criação do cargo de ouvidor na estrutura da Controladoria-Geral do Estado (CGE).

Dedicado exclusivamente ao início da vacinação contra a Covid-19 nos últimos dias, Gladson ainda não se pronunciou oficialmente sobre os vetos. A pandemia, inclusive, foi a justificativa do governador para o veto.

“A reestruturação orgânica das Secretarias de Estado, sem previsão de exceções, restou ponderado que, neste momento, a alteração dessas estruturas organizacionais poderia prejudicar a prioritária ação de governo, que é a imunização da população acreana em relação à doença COVID-19. Isso porque as referidas ações exigirão, mais do que nunca, atividades coordenadas de diversos órgãos e unidades administrativas do Poder Executivo, responsáveis não apenas pela área da saúde, mas também pela infraestrutura, logística e gestão administrativa”, afirmou o governador no texto publicado no Diário Oficial.

Continuar lendo

Extra Total 2

Com início da imunização, Cameli aposta em virada da Covid-19 e pede conscientização do povo

Publicado

em

Após a cerimônia que resultou na vacinação do idoso José Marcelino de Oliveira, de 85 anos, primeira pessoa a receber a imunização da CoronaVac no Acre, que será utilizada no combate aos efeitos da Covid-19, o governador Gladson Cameli (Progressistas) pediu em coletiva de imprensa responsabilidade da população acreana e voltou a alertar para o uso das máscaras, álcool gel e evitarem as aglomerações.

Feliz, Cameli agradeceu o empenho de todos os profissionais de saúde durante o combate à pandemia da covid-19 e classificou esta terça-feira, 19, como “o processo de virada dessa página” em relação à covid-19, e reforçou a obediência aos protocolos sanitários.
“Eu só quero dizer que iniciamos hoje esse processo de imunização. O governo não está medindo esforços e aqui ficou claro de que quando há um diálogo com todos, a gente move montanhas. Então, é louvável, todos que estão nos apoiando, todos os profissionais que se encontram aqui, estão nos lugares mais distantes, a imprensa e a qual eu cumprimento o mundo todo. Iniciasse hoje, a caminhada, do processo de virada dessa página”, afirmou.

Ao fim do discurso, Cameli agradeceu a esposa Ana Paula Cameli e o filho Guilherme pela paciência durante o combate ao vírus e voltou a pedir responsabilidade social da população enquanto o Acre não realiza a vacina em massa da população.

“E fica aqui registrado meu agradecimento, a minha esposa e ao filho [Guilherme] de coração e pela paciência comigo, porque houve dias e dias de tensão, não foi fácil. Convido a todos a me ajudarem a conscientizar as pessoas que a vacina chegou e que nós precisamos manter as regras: uso de máscara, lavando bem as mãos, passando álcool gel 70%, porque o covid vai passar e a vida vai continuar. Pessoal, parem de achar que a vida tá normal e que as coisas voltaram ao normal, porque não estão. Estou fazendo esse apelo a todos. Evitem fazer aglomerações”, salientou.

O secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, elogiou o comprometimento do governador Gladson Cameli (Progressistas) em garantir a vacina e agradeceu a todo o empenho dos profissionais de saúde durante os períodos críticos da pandemia.

“É um momento histórico de muita esperança e fé. Iniciando pelos nossos guerreiros da saúde e que tem a minha eterna gratidão. Ainda é um momento de muita responsabilidade todos os cuidados necessários têm que ser mantidos: uso das máscaras, uso da higiene e evitar ao máximo as aglomerações. Eu tenho certeza que todos nós juntos iremos vencer essa doença. Que Deus abençoe à todos”, afirmou.

Continuar lendo

Cotidiano

Instituto Federal do Acre abre inscrições para cursos superiores em Xapuri

Publicado

em

O Instituto Federal do Acre abre inscrições, a partir desta terça-feira (19.01), para o Processo Seletivo 2020/2 de vagas remanescentes em cursos superiores no campus Xapuri.

Ao todo estão sendo ofertadas 70 vagas para as áreas de Tecnologia em Agroecologia e Tecnologia em Agroindústria. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site https://selecoes.ifac.edu.br/.

Conforme edital, a seleção será realizada por meio de nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para isso, o candidato deverá indicar, durante a inscrição, seu resultado em alguma das edições dos anos de 2010 a 2019.

As inscrições seguem até o dia 25 de janeiro e o resultado preliminar da seletiva será divulgado até às 17h, do dia 26 de janeiro.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas