A crise financeira se alastrou em todo o Brasil e vários estados tem enfrentado dificuldade para o pagamento de servidores públicos. Pelo menos 12 estados estão nesta situação, entre eles, o Acre.

Para garantir o pagamento salarial dos servidores, o governo do Acre tem feito algumas manobras. Uma delas é que, desde janeiro de 2016, os salários passaram a ser pagos nos últimos dois dias úteis de cada mês. Antes, os pagamentos eram feitos a partir da terceira semana de cada mês, com prioridade para aposentados e pensionistas.

Além disso, houve um corte de 20% no pagamento de 2.553 cargos comissionados a partir da folha de julho.

Em outros estados, por exemplo, os governos têm parcelado salários ou escalonado pagamentos de acordo com o valor, na qual parte do funcionalismo é paga em um dia e parte em outro.

Porém, nesta quarta-feira (10), para aliviar a pressão, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou o texto principal do projeto de lei sobre a renegociação das dívidas estaduais, o que não impede de o governo congelar reajustes salariais aos seus servidores por dois anos.

Previous
Next
error: Este conteúdo é protegido.