Conecte-se agora

Farra de cargos comandada por dirigente de partido pode estar sendo investigada

Publicado

em

cargos_01
Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

Nos bastidores políticos da Frente Popular do Acre (FPA) – coligação comandada pelo PT – que administra o Acre há quase 17 anos, o clima não é dos melhores. A antropofagia de alguns dirigentes de partidos nanicos que insistem em esvaziar as legendas aliados poderá resultar numa denúncia de suposta farra de cargos comandada por um presidente de agremiação da base aliada do governador Sebastião Viana (PT). Um segundo dirigente que reclama do canibalismo do colega, ameaça abrir a boca, caso o “aliado” continue esvaziando sua chapa de vereadores e revelar em qual empresa em fase de liquidação, seu colega de coligação estaria pilotando cargos que beneficiam esposa, amante, filho e amigos.

O blog não vai divulgar os nomes dos brigões para não atrapalhar uma possível investigação do Ministério Público. Posso deixar uma dica para os meus três leitores: um dos envolvidos na confusão se aventurou na oposição, mas voltou rapidinho ao aconchego da máquina pública, quando o governador aumentou sua cota de cargos. Enquanto o dirigente que reclama da antropofagia é fiel ao projeto da FPA, ele nunca deixou de declarar apoio aos cardeais petistas, mesmo colocando o pé na parede em algumas ocasiões. Será que o dirigente morto de fome, que banca a farra de cargos para familiares e amigos vai ser o pivô de uma investigação que promete melar o jogo dos demais partidos que sobrevivem dos cargos políticos da máquina comandada pelo PT?

Socorro Neri dá adeus ao ninho tucano
A professora da Universidade Federal do Acre (UFAC), Socorro Neri, anunciou na tarde de terça-feira (29), seu desligamento do PSDB. Ela se filiou ao partido para realizar um antigo sonho de disputar a prefeitura de Rio Branco. Elegante e educada, Socorro Neri não revelou os motivos que a levaram a desistir da pré-candidatura. Apesar de ter qualidades técnicas de sobra para pleitear uma candidatura, tudo indica que alguns ocupantes do ninho tucano não ofereceram uma recepção calorosa. Abaixo, a íntegra da nota:

Desligamento do PSDB

neri_01
Formalizei hoje meu desligamento do PSDB.

Desde que declinei da pré-candidatura a prefeita de Rio Branco por essa agremiação partidária, em dezembro último, minha permanência se configurou insustentável.

Todavia, decidida a olhar sempre para a frente, e a seguir em frente, reafirmo, aqui:

– minha gratidão aos amigos que fiz no PSDB e àqueles que ingressaram no partido por minha causa;

– e minha disposição, à cada dia mais renovada, de me somar àqueles que, independentemente do partido a que pertençam, dedicam suas vidas à construção de uma sociedade economicamente sustentável e socialmente desenvolvida.

Meu compromisso sempre foi e sempre será com o bem coletivo.

Casos de hepatites virais continuam preocupando
heitor_01O deputado estadual Heitor Júnior (PDT) revela que os números de casos de hepatites virais em cidades do interior do Acre são preocupantes. Ele destaca que nas andanças da caravana de seu gabinete e da Associação dos Portadores de Hepatites do Estado do Acre (PHAC), nos municípios do Vale do Juruá, foi constatado que o Estado não estaria cumprindo com sua obrigações na realização de dosagem de proteína C reativa (PCR). Outro dado é que a maioria dos portadores do vírus não têm condições de realizar o exame em laboratórios particulares. “Infelizmente o Estado não está realizando o exame de PCR que chega a custar R$ 800 nos laboratórios particulares. A saúde pública, em se tratando de hepatites, é um caso grave”, afirma Heitor Júnior.

moro_01Pedido de desculpas de moro não anula o conteúdo de grampo
O juiz federal Sergio Moro encaminhou um pedido de desculpas ao Supremo Tribunal Federal (STF), por divulgar grampos de Lula e Dilma. Os petistas vibraram, soltaram fogos e correram para compartilhar a matéria nas redes sociais. A verdade é que as “respeitosas escusas” de Moro não anulam o conteúdo dos grampos. Não adiante tentar tapar o sol com uma peneira. A santidade dos cardeais petistas foi maculada pelos planos de obstrução da Justiça. Claro, não resta dúvida que os brasileiros acreditam que o ex-presidente Lula é a criatura mais honesta deste país. Os brasileiros também acreditam que os desvios de recursos da Petrobras não eram de conhecimento da presidente Dilma.

PMDB_01Decisão relâmpago do PMDB
Bom, vejamos se eu entendi bem. O PMDB realizou uma convenção nacional para deliberar sobre o desembarque do partido do governo Dilma Rousseff (PT), fizeram suspense, deixaram pistas falsas que poderiam permanecer na aliança, marcaram a data da decisão. Na terça-feira (29), os caciques peemedebistas levaram apenas três minutos para decidir que rompem com o PT. Qual a linha de pensamento dos líderes do PMDB? Será que o partido abandona o governo para ser futuramente o governo, ou abandona o poder para permanecer no poder? É uma história parecida com aquela dos biscoitos “Tostines é fresquinho porque vende mais ou vende mais porque é fresquinho?” Já os cardeais petistas estão fazendo o seguinte questionamento: “O PMDB é um grande partido porque trai mais ou trai mais porque é um grande partido?” Eu acho que o PMDB sabe contornar as enrascadas e continuar grande pulando do barco na hora certa.

MARCOS_01Sebastião Viana cobrará a conta de Marcos Vinícius
Apesar de justificar que toda manifestação de expressão é um direito constitucional, e que respeita o posicionamento dos advogados acreanos contrários ao pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), o presidente da OAB/AC, o advogado Marcos Vinícius Jardim, poderá receber cobranças políticas de seu apoio ao impedimento da petista. Nos bastidores da manifestação de advogados do “ato em defesa da democracia e da Constituição Federal”, alguns deixaram escapar que o governador Sebastião Viana (PT) cobrará a conta do apoio que hipotecou à reeleição do presidente da OAB Seccional Acre. Parece aquela reclamação do senador Jorge Viana (PT), sobre o STF: “ministros nomeados por nosso governo que votam contra”.

profeta_01O profeta do apocalipse
“Esse país mergulhará em trevas como mergulhou no período da Ditadura Militar”, disse o líder do governo na Aleac, Daniel Zen (PT) para tentar passar à população que o impeachment de Dilma Rousseff (PT), seria como o impacto de um meteoro gigante na terra, levando o Brasil a uma catástrofe sem o comando da petista que foi alçada ao poder pelo ex-presidente Lula (PT). Na verdade, a coisa não funciona assim. Na época do impeachment do ex-presidente Collor, o país saiu fortalecido da crise política e conseguiu dar a volta por cima até chegar no Real, que passou a circular dia 1º de julho de 1994, controlou a hiperinflação e deu estabilidade econômica ao país. Portanto, menos profeta Zen do apocalipse.

Gehlen Diniz discorda de Zen

risco_01

O progressista Gerlen Diniz discorda que o Brasil mergulharia em trevas com a saída de Dilma Rousseff. Ele justifica que a visão petista é apenas a de perpetuação no poder, que o partido faria qualquer coisa para continuar no comando do país. “Só a expectativa de perder os cargos já causa calafrios. Temos que estar prontos. O PT não tem que ter medo de perder o poder. O PT tinha tudo para transformar esse país em um país melhor. O país está enfrentando uma recessão como nunca antes na história. O PT errou e errou feio. Pensou apenas em se perpetuar no poder. Golpe é você não respeitar as pessoas e se apropriar do dinheiro público”, disse Gerlen, que também admitiu que foi eleitor do ex-presidente Lula, mas que não voltaria a repetir o mesmo erro.

Ei, você se lembra da BR-364?
A estrada praticamente se acabou. Os gastos bilionários não resultaram numa obra com qualidade técnica comprovada. As denúncias da Controladoria Geral da União (CGU) não foram apuradas. Os culpados pelas péssimas condições de tráfego da estrada que consumiu mais de R$ 2 bilhões não foram identificados. As pessoas que precisam da rodovia continuam sofrendo com os atoleiros. Afinal, quando é que a Justiça Federal vai se pronunciar sobre as irregularidades detectadas no projeto? O povo quer saber. Enquanto as respostas não chegam, assistam este vídeo que demonstra a verdadeira situação da estrada que já foi bandeira de campanhas eleitorais.

video

Acre

Márcia Bittar diz que traz dois partidos e força para Mara Rocha

Publicado

em

A candidata ao senado Márcia Bittar (PL) disse na convenção que traz para a chapa de Mara Rocha (MDB), dois partidos políticos Republicanos e o PL e muita força e coragem.

“Trago aqui Mara o Republicanos, presidido por meu filho e o PL filho que o presidente Edson Bittar está aqui. Trago também força e coragem. Trago a benção do Senhor Jesus para todos”, ressaltou.

Márcia disse ainda que na próxima semana vai a Brasília com Mara para gravar uma mensagem para os acreanos junto com o presidente Jair Bolsonaro.

Ela, que já esteve ao lado do governador Gladson Cameli, de quem tentou ser vice e candidata indicada ao senado, diz que recebeu um Livramento “por não estar mais lá” e exalta a ação do ex-marido Márcio Bittar, que rompeu com Cameli para defender o nome dela.

“Estou muito orgulhosa do Márcio porque ele defendeu sua família e me honrou. Ele não diz mas está indo pro sacrifício como candidato ao governo. O Márcio chefe é da minha família e meu líder político”, exaltou ela afirmando que no senado vai lutar pela abertura da BR-364 até Pucallpa no Peru, como saída econômica para o Acre.

Continuar lendo

Acre

Márcia e Marcio Bittar se juntam na convenção do MDB

Publicado

em

Com mais de duas horas de atraso, a candidata ao senado na chapa do MDB, Márcia Bittar, chegou à convenção do partido acompanhada do ex-marido, o candidato ao governo, Márcio Bittar.

Márcia ficou no centro do palco ao lado da candidata ao governo, Mara Rocha. Já o senador licenciado permaneceu sentado na lateral do palco, onde foi cumprimentado por vários ex-colegas de partido.

Continuar lendo

Acre

Jéssica Sales diz que vai “recuperar” votos para deputada federal

Publicado

em

Após ficar 8 meses longe do Acre em tratamento de saúde e ter anunciado candidatura ao senado, a deputada federal Jéssica Sales, que afirmou a busca pela reeleição, disse não acreditar que perdeu votos.

“Eu acredito na força do meu trabalho. Mesmo fora do Acre eu sempre fui muito bem avaliada nas pesquisas para o senado e para a reeleição creio que seja da mesma forma. Tem muitos bons candidatos, mas o povo do Acre conhece meu trabalho, os recursos que destino para meu Estado. Eu agradeço a Deus pela minha saúde nesse tratamento de câncer e vou em busca da vitória. Vou lutar com unhas e dentes por esse mandato”, destacou.

Quanto ao senado, ela reafirma que é apenas um sonho adiado. “Eu vou ser senadora ainda um dia. Por enquanto é só um sonho adiado”, concluiu.

Jéssica teve câncer de mama, fez quimioterapia, retirou os seios e agora faz radioterapia. No dia 15 de agosto ela deverá ter alta e no dia 16 de agosto, deverá voltar para o Acre para fazer campanha para deputada federal.

Continuar lendo

Acre

Saída do público antecipa fala de Márcia Bittar em convenção

Publicado

em

Um fato curioso durante a convenção da Aliança pelo Acre composta pelo PL pelo Republicano na noite desta sexta-feira, 5, no auditório da Livraria Paim, chamou a atenção.

Ocorre que o auditório estava completamente lotado com charangas, muito barulho e muita festa com as equipes levadas pelos candidatos a deputado estadual e federal.

A organização do evento decidiu que cada candidato pelo Republicanos e pelo PL teria um minuto para fazer uma saudação. Acontece que alguns candidatos após as suas falas acabaram deixando o auditório junto com a sua militância.

Quando a atual deputada federal Antônia Lúcia abriu a fala dos candidatos à Câmara dos Deputados metade do público já havia deixado o local. Para que a fala da candidata ao Senado, Márcia Bittar, não fosse ainda mais prejudicada, a organização decidiu antecipar o discurso de Márcia. Mesmo assim, grande parte do público já havia deixado o auditório.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!