Conecte-se agora

Empresários querem que consumidor pague pelos prejuízos da cheia do Madeira

Publicado

em

Super Peixe_ABRE_NOVOAlguns grandes empresários estão querendo se recuperar dos prejuízos sofridos com a cheia do rio Madeira, onde tiveram ajuda do governo para manter seus estoques, tirando o couro dos consumidores. Subiram quase tudo. Ou pensam que o consumidor é tapado e não nota? Para comprovar basta ir a qualquer dos supermercados para notar a subida maluca dos preços. 

Oposição desarticulada
A oposição de Brasiléia precisa freqüentar aulas de matemática. Não tinha votos suficientes para atingir o prefeito de Brasiléia, José Everaldo (PMDB), entrando na  Câmara Municipal com um pedido de afastamento do prefeito. E em cima de um fato em apuração no MP: desfalques acontecidos na secretaria municipal de Saúde. Acho que o MP tem mesmo que apurar a fundo esta história mal contada, em Brasiléia. Como é que alguém de segundo escalão transfere 400 mil reais á sua conta sem a secretária saber?

Na cabeça de otário
Só cabe na cabeça de um otário que este rapaz tenha dado desfalque tão grande sem apoio.

Novas denúncias que exigem explicações
Chegaram novas denúncias à coluna – e não posso me furtar em publicar- de que a secretária municipal de saúde da PMRB, Alexandrina, já demitiu no último dia 11 de abril as médicas que tinham contrato com a prefeitura. E no contrato previa um aditivo por mais dois anos. E algumas, inclusive uma brasileira formada em Cuba, serão substituídas por médicos cubanos. Soube só agora que as demissões já aconteceram. Ou seja, o primeiro ato de uma ópera-bufa, que poderá servir de uma bela bandeira para a oposição está sendo desfraldada pela própria PMRB. Agora se durma com esse barulho: O programa “Mais Médicos” do governo federal, e no qual se incluem os médicos cubanos tem como objetivo suprir com médicos onde não existe e acrescer onde já existe. E não o inverso, substituir os atuais médicos lotados nas unidades de saúde do município por médicos cubanos. A PMRB tem que explicar isso, está algo mal contado nesta historieta de muito mau gosto. Com a palavra, a secretária Alexandrina.

Bem que avisou
O deputado Luiz Tchê (PDT) diz que foi o único na Aleac a e alertar colegas deputados investidores que, o Telexfree era uma pirâmide financeira. Acabou acontecendo o previsto.

Resolva de vez, Dra.Thais
A Telexfree dos Estados Unidos já quebrou. A do Brasil está encrencada na justiça. O que se espera da Juíza Thais Kallil e que mande liberar os valores dos investidores sob sua cautela.

 Belo exemplo
Sem oposição é ditadura. Mas há oposição e oposição. O Flaviano Melo (PMDB), por exemplo, faz oposição ao governo do PT, no Acre, de forma dura, mas não entra, jamais, no pessoal.

Combate-se o projeto
E por esta postura de equilíbrio que entra eleição e finda eleição e o Flaviano se reelege bem votado. A oposição do ataque à pessoa, do achincalhe, não tem mais espaço no debate político.

As urnas são cruéis
As urnas têm sido cruéis com aqueles que trocam o debate de idéia pela oposição estabanada.

Isso é certo
Por tudo o que está se assistindo em algumas prefeituras do interior, uma coisa é certa: vão encerrar os mandatos com ações de improbidade no MP e encalacrados no TCE e TCU.

Marqueteiro conversado
Já aconteceu a primeira conversa com o marqueteiro que vai conduzir a campanha do médico Carlos Beirute (PRP) ao Senado, o que mostra que não é balão-de-ensaio, a coisa é para valer.

Mãe de todas as batalhas
Pelos nomes postos, Perpétua Almeida (PCdoB), Gladson Cameli (PP), Roberto Duarte (DEM) e Carlos Beirute (PRP), a disputa do Senado será mais acirrada e eletrizante que para o governo.

Entrou na briga
Quem entrou na briga apoiado por grupo de votos para deputado estadual foi o Paulo Ximenes (DEM).

Mais um quebrado
O deputado Jamil Asfury (PEN) fez um relato das dificuldades financeiras pelas quais passa o prefeito de Porto Acre, Carlinhos da Saúde (PSDB). Pelo relato, mais um prefeito a quebrar.

Defesa consistente
Falando nisso, o Jamil parece que pegou o rumo. Foi o que se deduziu do seu discurso de ontem na Aleac. Fez uma bela defesa do governo Tião Viana sem aquela bajulação pessoal.

Jogo para a plateia
O deputado Gilberto Diniz (PTdoB) reapresentará na terça-feira seu projeto que acaba com a pensão de ex-governador. É só jogo para a platéia, a oposição não tem votos para aprovar.

Resposta óbvia
O deputado  Tchê (PDT) perguntava ontem  por qual razão Rondônia se desenvolveu e o Acre não? Rondônia soube usar os seus recursos naturais e não criar reserva até para perereca.

Fim do porco espinho
O governo já teria desativado a problemática compra de bicicletas elétricas chinesas, descartáveis, como tudo da China. Se foi isso, tirou um porco espinho político do seu colo.

Primeiro desalento
Os ex-secretários candidatos a deputado estadual já sentiram o primeiro desalento, saíram por completo da mídia, onde estavam quase diariamente. É que “ex” em política nunca é notícia.

Não convenceu
Na primeira conversa com o presidente do PSDC, José Afonso, o governador Tião Viana não o convenceu a rever a decisão partidária que liberou seus candidatos a ficarem livres ao Senado.

Nomes da oposição
Normando Sales (DEM), Romário Tavares (PSDB), Emerson Leão (DEM), Mailza Gomes (PSDB), Eliane Sinhazique (PMDB), Juracy Nogueira (PSB), Calixto (PSD), Alércio Dias (PSD),alguns nomes da oposição para a Aleac.

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.