Conecte-se agora

Governo do Acre não cumpre acordos e médicos decidem realizar uma semana de protestos a partir do dia 14

Publicado

em

Por unanimidade, os médicos decidiram realizar uma semana de protestos a partir do dia 14 com a mobilização de toda a categoria pela realização de concurso público efetivo e a melhoria das estruturas dos hospitais.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC), José Ribamar Costa, afirmou que novas mobilizações serão realizadas devido o não cumprimento dos acordos firmados na greve de julho. O final de setembro foi o prazo dado pelo próprio governo para lançamento do edital do concurso público.

“A população não será assistida plenamente com o Programa Mais Médicos, pois eles trabalharão apenas na atenção básica. Nossa preocupação está voltada também para os hospitais que atendem casos complexos, como cirurgias e internações”, protestou o sindicalista.

Ribamar Costa afirmou que especialistas de diversas áreas estão ameaçando abandonar o Acre por falta de um contrato de trabalho efetivo, “estatutário”, o que poderá agravar ainda mais o problema da saúde pública.

“O governo oferece apenas contratos de trabalho precário, como prestador de serviço ou provisório por um ano, o que não ajuda a fixar o profissional, com isso muitos deles estão procurando outros Estados.”, confirmou o presidente.

Com a posição tomada pela classe médica, entre os dias 14 e 19 serão organizados mobilizações no sentido de informar toda a população o momento atual da categoria. 

 

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas