Conecte-se agora

Ativista dos Direitos Humanos fala pelo Facebook sobre sofrimento de mulheres na Maternidade de Rio Branco

Publicado

em

O ativista e presidente do Movimento dos Direitos Humanos no Acre, Jocivan Santos usou seu perfil no Facebook para falar sobre o sofrimento das mulheres gravidas na Maternidade de Rio Branco Bárbara Heliodora.

De acordo com Jocivan Santos existe uma seria divergência entre os familiares das grávidas e médicos da Maternidade, sobre o tempo de espera e o tipo de parto a ser realizado na unidade médica.

“Existe uma série de divergências entre os familiares das gravidas próximo a dar a luz, e o medico que faz o acompanhamento das pacientes. Primeiro que há casos, em que mesmo diante do sofrimento da mãe devido a complicação da gravidez, o medico faz a opção pelo parto normal, ai o sofrimento da mãe se torna demorado”, escreveu Jocivan.

A demora no atendimento tem deixando a família revoltada que muitas vezes querem o parto cesariana de imediato.

Ainda de acordo com o ativista dos direitos humanos, tem chegado ao conhecimento do Movimento que na maternidade o esposo de uma mulher protestou devido a demora no atendimento a sua esposa que estava com complicações na gravidez. “Somente depois do barraco do marido da senhora grávida que o médico optou pela cesariana”, postou.

Joana_in1

 

 

 

 

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas