Conecte-se agora

No Acre, até crise do flamengo é usada para provocações políticas de petista contra tucanos

Publicado

em

Luciano Tavares, da redação de ac24horas
lucianotavares@ac24horas.com

O Presidente da executiva municipal do PT, André Kamai cometeu uma pequena gafe ao usar a crise vivida pelo Flamengo no Campeonato Brasileiro para cutucar o PSDB no Acre.

Em sua página no Twitter, o petista diz que “tudo que os tucanos lideram vai de ladeira abaixo. A tucana Patricia Amorim ta conseguindo colocar o #Flamengo no caminho da segundona”.

Na verdade Patrícia Amorim, que está em seu terceiro mandato de vereadora pela cidade do Rio de Janeiro, deixou o PSDB no ano passado e filiou-se ao PMDB, o que quase lhe rendeu cassação, já que os tucanos cariocas entraram com uma ação junto ao TRE/RJ requerendo o mandado da parlamentar flamenguista alegando infidelidade partidária.

A peemedebista Patrícia Amorim tenta se reeleger para presidência do clube em meio a um imbróglio interminável. Além da crise do time em campo, surgem acusações de oposicionistas contra ela de usar seu mandato político para beneficiar membros do clube da Gávea e parentes.

E no Acre terra de gente politizada e de constantes brigas por causa da política, a crise do futebol do rubro-negro passa a ser usada como provocação dos petistas contra a oposição. Só não se sabe ainda quem vai sair vitorioso desse confronto que, ou se encerra no dia 07 de outubro, ou vai para a “prorrogação”, no dia 28 de outubro, dia da votação do 2º Turno.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas