Conecte-se agora

Marcus Alexandre fala de plano de governo para internautas

Publicado

em

Stalin Melo

Em um encontro realizado com internautas no auditório da Unimed, Marcus Alexandre teve a oportunidade de falar de suas propostas e do plano de governo para administrar Rio Branco a partir do ano que vem. Ele também respondeu as perguntas realizadas pelos eleitores através das redes sociais.

Marcus Alexandre fez questão de dizer que as redes sociais fazem parte das nossas vidas e que elas são importantes ferramentas de comunicação e até mesmo de fazer campanha. E parte da campanha acontece em redes como o facebook e o twitter, onde ele tem páginas oficiais para que os eleitores possam se comunicar com o candidato.

No encontro, Marcus Alexandre explicou que o plano de governo, que foi discutido com mais de duas mil pessoas nos três meses que antecederam à campanha, tem cinco eixos principais e vinte e quatro áreas, que atendem a todos os setores da administração da nossa cidade.

Ele começou falando da infra-estrutura e da mobilidade urbana, um dos problemas crônicos que a cidade enfrenta. E muitas das perguntas feitas pelos internautas e também pelos presentes no encontro foi relacionado ao trânsito. Marcus Alexandre destacou a necessidade de continuar investindo nas vias urbanas.

Outro assunto importante abordado por Marcus Alexandre aos internautas foi a central do empreendedor, que será criada dentro dos moldes de funcionamento da OCA, uma referência de atendimento à pessoa física. Na prefeitura, a meta é desburocratizar o atendimento à pessoa jurídica.

Ele teve a oportunidade de falar sobre todos os eixos do plano de governo, incluindo a regularização fundiária, a construção de cinco terminais de integração, dos investimentos na saúde e na construção de vinte creches e a ampliação do número de escolas de tempo integral.

Uma das perguntas que mais chamou a atenção no encontro foi uma participante da platéia, que questionou Marcus Alexandre sobre o novo que ele representa. Marcus explicou que o novo é exatamente a forma de como pretende cuidar da cidade e a forma de como enfrentar os desafios.

Ao final do encontro, Marcus Alexandre foi muito aplaudido e outro encontro chegou a ser sugerido para que um maior número de pessoas possa participar e fazer perguntas a ele.

 

Acre

Ney Amorim se coloca a disposição de Gladson e agradece os votos

Publicado

em

O candidato derrotado ao senado, ex-deputado estadual Ney Amorim (PODE), usou as redes sociais nesta segunda-feira, 3, para agradecer aos mais de 73 mil votos conquistados nas urnas – que lhe renderam o segundo lugar no pleito eleitoral deste ano.

Sorridente, Amorim se disse satisfeito com o resultado das eleições e mencionou o pouco tempo de campanha obtido. “Quero agradecer a todos vocês e aos amigos que foram nos lugares mais distantes pedir apoio para nossa candidatura. O meu tempo foi curto e não pode está nos 22 municípios”, comentou.

Amorim também agradeceu aos mais de 200 mil votos obtidos pelo governador reeleito, Gladson Cameli (PP) e se disse pronto para contribuir na próxima gestão. “Me coloco à disposição para ajudar no que puder, como sempre fiz com minha família”, ressaltou.

Continuar lendo

Acre

Jenilson agradece aos mais de 65 mil votos na disputa pelo Senado

Publicado

em

O candidato ao senado, deputado estadual Jenilson Leite (PSB), usou as redes sociais nesta segunda-feira, 3, para agradecer aos mais de 65 mil votos conquistados no pleito eleitoral deste ano.

O parlamentar destacou que os votos obtidos demonstram a confiança do eleitor no seu trabalho. “Fizemos uma campanha propositiva, ouvindo nossa gente. Agradeço pelo resultado que conquistamos, ele representa a força de um trabalho feito de forma dedicada ao nosso povo e sabemos que cada voto foi dado com muita esperança”, declarou.

Leite disse ainda que sua campanha não foi fácil, haja vista que, teve que batalhar com candidaturas milionárias – referindo-se ao apoio do governo na chapa majoritária do adversário, o candidato Ney Amorim (PODE). “A conjuntura era muito adversa, lutamos com armas de pau, sem a força da máquina do Estado ou de prefeituras, nosso maior parceiro foi a gratidão das pessoas pelo nosso trabalho realizado e a esperança das acreanas e acreanos”, comentou.

Jenilson fez agradecimentos ao apoiadores e colaboradores de sua candidatura – incluindo a militância do PSB. “Agradeço de coração todos os amigos e amigas que lutaram ao meu lado, nossos candidatos a deputados estadual e federal, minha família, os colaboradores do meu mandato de deputado estadual, os parceiros e parceiras do PSB e tantas outras pessoas dos segmentos sociais de nosso estado. A vida segue e continuaremos fazendo a nossa parte, como sempre fizemos, agora em outra posição social”, ressaltou.

Continuar lendo

Acre

Bancada do Acre terá 3 deputados do PP, 3 do UB e 2 do Republicanos

Publicado

em

A bancada federal do Acre passará por uma grande transformação a partir de 2023. Dos atuais 8 deputados federais do Acre que compõem o espaço, sete deixarão seus cargos, que passarão a ser ocupados por novatos.

O Partido Progressista, que não tinha nenhum representante da bancada federal no Acre em 2018, passará a ter três: Socorro Neri, Zezinho Barbary e Gerlen Diniz. O União Brasil, antigo PSL, que também não participava da atual composição, também contará com três deputados: Meire Serafim, Coronel Ulysses e Eduardo Velloso.

Outro partido que vai voltar a compor a bancada acreana será o Republicanos com Antônia Lúcia, que atualmente ocupa o cargo de deputada federal com o licenciamento do deputado federal Alan Rick, que se afastou do cargo para disputar a vaga do senado e saiu vitorioso. Roberto Duarte, que atualmente é deputado estadual na Assembleia Legislativa, também vai compor o time do Republicanos em Brasília.

Da legislatura de 2018, a maior bancada da composição federal do Acre na câmara era do MDB, com os deputados Mara Rocha, Jéssica Sales e Flaviano Melo. Mara disputou o cargo de governadora e não se elegeu. Jéssica e Flaviano não conseguiram atingir o quociente eleitoral e também não se reelegeram.

Os deputados Perpétua Almeida (PCdoB), Jesus Sérgio (PDT) e Léo de Brito PT, também não conseguiram se reeleger. Já Vanda Milani, abriu mão da reeleição, para disputar a vaga de senado e perdeu.

COMPOSIÇÃO EM 2023;

PP
Socorro Neri (PP) – 25.842 votos
Zezinho Barbary (PP) – 19.958 votos
Gerlen Diniz (PP) – 19.560

UNIÃO BRASIL
Meire Serafim (União) – 21.285 votos
Coronel Ulysses (União) – 21.075 votos
Eduardo Velloso (União) – 16.786 votos

REPUBLICANOS
Antônia Lúcia (Repu) – 16.280 votos
Roberto Duarte (Repu) – 14.522 votos

Continuar lendo

Acre

Longo derruba “carma” de que líder do governo não se reelege

Publicado

em

O deputado estadual Pedro Longo (PDT), se reelegeu ao cargo por mais 4 anos com 7.732 votos e pôs fim ao “carma” de que todo o líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre não se reelege devido aos desgastes constantes de defender a administração no parlamento.

Longo foi o parlamentar mais votado pelo PDT, seguido por Luis Tchê, com 7.390 votos, Michelle Melo com 5.990 e Chico Viga 5.601, todos eleitos no domingo. Com isso, o PDT se torna a maior bancada da Aleac a partir de 2023.

Aos 60 anos de idade, Longo falou em entrevista ao Bar do Vaz, dias antes da eleição, que não tinha medo do carma de não se reeleger por defender Gladson na Aleac. “Pelo contrário, quero romper tabus. Se a população nos acompanhar, quero ser um dos parlamentares mais votados e mostrar que esse mantra comigo não vai colar”.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.