Conecte-se agora

Candidato do PMN desconfia de reunião do governo com donos de postos de combustível a véspera das eleições

Publicado

em

Salomão Matos
Da redação de ac24horas
salomao.matos@gmail.com

O candidato pelo PMN Leôncio Castro, que disputa a prefeitura de Rio Branco nas eleições deste ano, achou estranho a reunião que o governador do Acre, Sebastião Viana teve ontem (30) com os donos de postos de combustíveis no estado “logo às vésperas do pleito de outubro”.

Uma foto da reunião, foi postada na página do perfil do governador onde ele aparece sentado á mesa discutindo um assunto que o post da imagem não mencionava ou havia comentário.

Com a segunda menor previsão de gasto de campanha política entre os seis candidatos a prefeitura da capital do Acre, em torno de R$ 200 mil, Leôncio disparou dizendo que “acho muito estranho uma reunião como essa em pleno período eleitoral. Espero que o ministério publico eleitoral através do combativo promotor Rodrigo Curti, fique de olho em tudo, já que na ultima eleição, combustível foi moeda de troca por votos. Acredito na justiça; o poder econômico não pode prevalecer nessa eleição, nosso futuro não será comprado!”, comentou na foto o candidato nacionalista.

O presidente do Sindicato dos Postos de Combustível no Acre, José Magide,  disse que a reunião com o governador tratou sobre a logística para dar mais prioridade ao abastecimento no estado e não deixar faltar o produto nos postos da capital e interior como ocorreu no início desde mês.

Questionado pela nossa reportagem se essas reuniões com o chefe do executivo com os donos de postos são freqüentes, Magide disse que não, mas pontual que somente este mês, o governador Sebastião Viana já os convocou anteriormente para outras duas reuniões.

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas