Conecte-se agora

Polícia Civil prende acusados de roubar e incendiar comércio no Montanhês

Publicado

em

O delegado Alcino Ferreira Júnior e o investigador Elias, da Delegacia Antiassalto da Polícia Civil (DAPC) mostraram habilidade e competência, prenderam Andrew Franco dos Santos, 19, o Faísca, irmão gêmeo de Anderson Franco dos Santos, o Fumaça, assassinado na quinta-feira na Invasão do Caladinho ao enfrentar um policial militar com uma faca.

Investigadores da DAPC prenderam também em ação isolada o traficante e assaltante Ruan Geovani Melo de Arruda, 19, que era apontado como homem de confiança de Faísca e Fumaça, e segundo a investigação fizeram ruir a tranquilidade de moradores dos conjuntos: Montanhês, Jorge Lavocat e região do Caladinho. Os gêmeos, como são conhecidos são acusado de vários crimes, dentre os quais assaltos, furtos, tráfico de drogas, estupro e extorsão, além de formação de quadrilha.

Desde a madrugada de quarta-feira quando vários homens atearam fogo em uma mercearia no Montanhês que policiais da Delegacia Antiassalto da Polícia Civil (DAPC), sob o comando dos delegados Kalesson Néspoli e Alcino Júnior iniciaram as investigações e descobriram o envolvimento dos gêmeos e dos demais membros do bando, por eles comandado.

De posse de informações que pessoas estariam sendo pressionadas e ameaçadas de morte caso procurassem á polícia para prestar queixa, entre as vítimas consta uma estudante de 14 anos, estuprada por um dos gêmeos. Os delegados da DAPC representaram pela prisão de Faísca e Fumaça, obtendo o parecer favorável da Justiça.

Com a morte de Fumaça ocorrida na quinta-feira durante uma abordagem da PM na Invasão do Caladinho, Faísca continuava foragido até ser encontrado numa residência de parentes, pelo delegado Alcino Júnior e o investigador Elias, que conseguiram prendê-lo.
Na residência existiam 16 pessoas além do procurado. O delegado e o investigador conseguiram convencer que Faísca se entregasse, sem resistência. Ele foi levado para a sede da DAPC e deverá ser encaminhado ao presídio ainda hoje juntamente com seu cúmplice Ruan Geovanni Melo da Cunha, preso no inicio da noite de quinta-feira.

A Polícia Civil também prendeu Jairo Alves Valentin, 21, acusado de integrar uma gangue que atuava na cidade de Sena Madureira (145 quilômetros de Rio Branco). Valentin, segundo a polícia, na companhia de outras sete pessoas mataram com dezenas de tiros um desafeto no bairro Bom Sucesso, naquela cidade, há cerca de 60 dias. Ele foi capturado pelos investigadores da Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE) nas cercanias da rodoviária da capital na tarde quinta-feira.

Por volta de 6h30 desta sexta-feira, 27, policiais da DAPC prenderam em casa, nas imediações da Vila Custodio Freire, Wanderley Barroso da Rocha, 26. De acordo com a investigação da Antiassalto, ele juntamente com outras três pessoas roubaram uma cerâmica localizada no Distrito Industrial e agrediram com violência funcionários e clientes. Ele é o terceiro preso pelo crime; uma mulher que seria informante do bando de assaltantes está foragida.

 

Acre

Ações da Polícia Federal no Acre apreendem quase R$ 400 mil

Publicado

em

As duas operações simultâneas deflagradas em Rio Branco nesta quarta-feira (28), batizadas de Comitê Violeta e Algibeira, em conjunto com o Ministério Público Eleitoral, apreenderam cerca de R$ 400 mil em espécie.

As duas operações tiveram o objetivo de reprimir a prática de compra de votos, bem como o abuso do poder econômico e político durante as eleições.

Na primeira ação, a Polícia Federal cumpriu três mandados judiciais de busca e apreensão na cidade de Rio Branco/AC, contra um candidato e partidários. Na segunda, a Polícia Federal cumpriu três mandados judiciais de busca e apreensão também em Rio Branco.

Durante as investigações, a PF identificou um estreito laço entre um candidato e indivíduos pertencentes a uma facção criminosa atuante no Acre, com o objetivo principal da compra de votos.

Os envolvidos responderão pelos crimes de corrupção eleitoral, com pena prevista de até quatro anos de reclusão, e falsidade ideológica, com até cinco anos de prisão. Os dois delitos são previstos no Código Eleitoral.

Na outra ação, denominada Algibeira, identificou-se a presença de operadores de dinheiro, que no período pré-eleitoral guardavam quantias em espécie em determinado “bunker”, com a finalidade de dar suporte a eventuais candidatos e campanhas políticas.

Os envolvidos responderão pelos crimes de corrupção eleitoral e falsidade ideológica, ambos do Código Eleitoral; assim como Lavagem de Dinheiro. Em caso de condenação, as penas somadas poderão resultar em até 20 anos de reclusão

O nome da operação faz referência ao método mais utilizado pelos investigados na tentativa de retirar de forma discreta os recursos em espécie armazenados no imóvel alvo de buscas.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Federal.

Continuar lendo

Acre

Marcelo Bimbi é acusado de dar calote em cabos eleitorais

Publicado

em

O modelo acreano e candidato a deputado federal pelo Podemos, Marcelo Bimbi, está sendo denunciado por calote. A acusação foi divulgada em uma rede social por Luciana Silva que afirma ter sido contratada para trabalhar como cabo Eleitoral de Bimbi. De acordo com a postagem, Luciana afirma que apesar de ter feito o trabalho e assinado contrato não recebeu nenhum valor.

Acusa ainda Marcelo e um apoiador de sua campanha, identificado como Denis Braga, de terem desaparecido e não atenderem mais as ligações. Luciana firma que até o comitê de Bimbi foi fechado.

A reportagem do ac24horas procurou o modelo e candidato a deputado federal por meio de uma rede social, mas ainda não obteve resposta. O espaco segue aberto para devida manifestação, caso Bibi tenha interesse.

Marcelo bimbi se tornou famoso por ter sido casado com a modelo Nicole Bahls e por ter participado de diversos reality shows principalmente na Rede Record de televisão.

Continuar lendo

Acre

Petecão pede apoio para levar eleições para o 2° turno

Publicado

em

O candidato ao governo, senador licenciado Sérgio Petecão (PSD), esteve reunido na manhã desta quarta-feira, 28, com os trabalhadores do centro de distribuição do Arasuper em Rio Branco.

Durante a agenda, o candidato reafirmou seu compromisso com a geração de emprego e renda e valorização dos trabalhadores no Acre. “Tenho conversado incansavelmente com todas as categorias de trabalhadores e representantes da sociedade para aproximarmos as ideias do governo com as reais necessidades das pessoas e das empresas”, declarou.

Petecão aproveitou para pedir apoio e levar o pleito eleitoral ao segundo turno. “Anota aí, no próximo domingo, vote Petecão 55”, comentou.

Continuar lendo

Acre

Jorge, Marcus e Nazaré conversam com comerciantes no centro

Publicado

em

Os candidatos ao governo pela Federação da Esperança Acre, Jorge Viana (PT) e Marcus Alexandre (PT) e a candidata ao Senado, Nazaré Araújo (PT), estiveram nesta manhã no Mercado Municipal Elias Mansour, em Rio Branco. Jorge, Marcus e Nazaré receberam o carinho dos comerciantes e das pessoas que diariamente transitam na região.

“Estar aqui é uma mistura de alegria com emoção. As pessoas realmente entraram na campanha, elas querem a boa mudança, elas sabem que Marcus e eu somos do trabalho. É impressionante como a campanha cresceu. Nós entramos por último nessa disputa e já estamos em segundo lugar nas pesquisas”, disse o candidato ao governo.

Jorge Viana acrescentou que não tem dúvidas que ele e Marcus Alexandre disputarão o segundo turno e serão vitoriosos.

“A cada dia a nossa responsabilidade aumenta mais. As pessoas sabem que temos um projeto, um plano, que vamos reunir os melhores profissionais para trabalhar e que vamos trabalhar pela população, cuidar de todos, gerar emprego para a juventude e fazer a vida do acreano melhorar. Andar no mercado, ser abraçado como nós fomos, ser abraçado pelas pessoas alegres, sorrindo, é um presente de Deus. É sinal de que a vitória está vindo”, disse Viana.

O ex-governador ressaltou que o espaço que compreende o mercado municipal, o Terminal Urbano, o calçadão, o Shopping Popular e o mercado Aziz Abucater têm a marca das gestões do Partido dos Trabalhadores.

“Esse espaço precisa muito do cuidado e da atenção do Estado e do município. Nossas gestões, tanto no governo, quanto na prefeitura, sempre cuidaram desse espaço aqui no centro e com a nossa vitória para o governo esse será um lugar que receberá toda a nossa atenção”, pontuou.

Marcus Alexandre destacou que o calçadão e o entorno do Elias Mansour é um lugar onde o Acre se encontra. “Aqui você acha pessoas de todos os municípios. Sempre tratei esse lugar com muito carinho, aqui teve presença constante da nossa gestão e receber esse carinho e o abraço que Jorge, eu e Nazaré recebemos hoje é a demonstração que estamos no caminho certo, que nossa campanha está crescendo na hora certa e nós estaremos no segundo turno.

Marcus salientou que no segundo turno ocorre outra eleição e Jorge e ele estão prontos para debater a realidade que vive o Acre, falando dos problemas e apontando as soluções por meio do trabalho que estão prontos para oferecer para a população.

“É isso que nos motiva e essa reta final de primeiro turno nos mostra isso. O que conta a nosso favor é o trabalho que sempre fizemos e vamos fazer muito mais”, finalizou o ex-prefeito.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.