Conecte-se agora

Candidatos, eleitores e partidos políticos descobrem força da internet nas eleições

Publicado

em

Embora a televisão ainda seja o principal veículo para informação de quem vai votar, os eleitores, os partidos políticos e os candidatos descobriram a força da internet e das mídias sociais e pretendem usá-las com intensidade nesta campanha.

Em cidades com mais de 200 mil eleitores, onde o acesso é mais fácil, a internet será usada “cada vez mais” pelos políticos, disse à Agência Brasil o diretor de Atendimento e Planejamento do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Iprespe), Maurício Garcia. Para ele, isso será possível pelo crescimento do uso de telefones celulares de banda larga e dos tablets, dispositivos portáteis de acesso a internet.

Garcia ressaltou, porém, que o eleitor não forma, necessariamente, opinião a partir do acesso a páginas de partidos ou candidatos. “Isso acontece quando as informações estão disponíveis em grandes portais ou em ferramentas como o Twitter, quando um amigo que acompanha coloca alguma informação que desperta a curiosidade da pessoa.”
Ele lembrou, no entanto, que, quanto menor a cidade e maior a dificuldade de acesso ao conteúdo de internet, mais pesa na formação de opinião do eleitor a propaganda eleitoral no rádio e na televisão. De acordo com Garcia, nessas localidades, existem outros fortes formadores de opinião, como padres e pastores e líderes sindicais.

A busca crescente de informações na internet é constatada também em sites oficiais. Em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do país, com 15 milhões de eleitores espalhados por 853 municípios, a busca por informações no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado mais que dobrou da última eleição municipal, em 2008, para cá.

Levantamento feito pelo coordenador de comunicação do TRE-MG, Rogério Tavares, mostra que, há quatro anos, 98 mil mineiros procuraram se informar sobre o pleito na página do tribunal, entre 16 de junho e 17 de julho. No mesmo período deste ano, este número pulou para 222 mil acessos individuais.

“Denúncias de propaganda irregular e informações sobre o partido político e as normas das eleições concentram o maior número de acessos”, disse Tavares. Entretanto, é grande o número de eleitores, especialmente da capital, Belo Horizonte, e de Uberlândia segunda maior cidade mineira, que buscam os dados dos candidatos, declarações de bens, por um link – porta de acesso a outra página – do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No TRE de Goiás, até agora, os conteúdos mais acessados foram os de serviços como retirada de certidões negativas criminais, filiações e inscrições do eleitor para ser mesário voluntário no dia do pleito. Segundo o coordenador da seção de Intranet e Internet do Tribunal, Rafael Didma, este ano “o pico” de entradas no siteocorreu entre janeiro e maio. Neste período, a média padrão de 70 mil buscas pulou para 140 mil por causa do recadastramento biométrico. Com 246 municípios, o estado concentra 4,2 milhões de eleitores.

No Acre, o uso da internet para fornecer dados sobre os candidatos ainda é incipiente. A três meses e meio das eleições a coordenadora da Corregedoria Regional Eleitoral Maria Arlete Freire de Souza, admitiu que nosite oficial estão “disponibilizadas apenas informações gerais de interesse do eleitor”.

Segundo Arlete, há dois canais disponíveis: a ouvidoria, para que o eleitor reclame de algum serviço que tenha demorado, e o de materiais informativos sobre a legislação eleitoral. Informações mais abrangentes sobre as eleições serão disponibilizadas ao eleitor somente em 24 de setembro por uma linha telefônica 0800, disse ela.

Em São Paulo, maior colégio eleitoral do país, com 31.229. 307 eleitores, muitos já têm o hábito de se atualizar em termos de campanha eleitoral consultando a internet. A publicitária Aline Sales, por exemplo, diz que se informa pela internet por falta de tempo para usar outros meios. “Quando chego ao trabalho, aproveito para ler as notícias. Pela correria, às vezes, não dá para assistir televisão, ouvir rádio, ler jornal, e a internet é o meio mais acessível.” Para Aline, a internet é o melhor meio para o eleitor se informar sobre os candidatos.

O projetista Theo Egami, porém, diz que procura saber mais sobre os candidatos conversando com amigos e parentes, mas também busca opiniões nas salas virtuais de bate-papo. “Acredito que é bom ver em fóruns, para ficar mais informado, ouvir rádio, estar atento ao dia a dia. Quando tenho tempo, costumo ir atrás de mais informações, mas depende muito do momento.”

O analista de cadastro Danilo Araujo afirma que confia mais no que lê na internet do que vê na televisão. “Me informo pela internet, fóruns de internet, discussão com amigos. Menos pela televisão, porque na televisão é tudo mentira.” Segundo Danilo, é mais fácil manipular informações pela televisão e pelo jornal impresso.

“Na internet, tem um leque muito maior, e a informação chega muito mais fácil. Se algum político faz alguma coisa errada, na mesma hora já tem cinco ou seis opções na internet para analisar e tirar uma conclusão”, disse ele.

Da Agência Brasil

Acre

Idoso que escapou da Covid-19 comemora aniversário em hospital

Publicado

em

Internado com Covid-19 desde o dia 19 no Hospital de Campanha de Rio Branco, o aposentado José Ambrosio de Lima Filho, completou 69 anos nesta quarta feira, 23, com direito a bolo e visita da família dentro da unidade hospitalar. Todos os protocolos sanitários foram seguidos pelos familiares e o paciente pôde interagir com parentes e equipe no aniversário.

“Tenho muito o que comemorar porque escapei da Covid e estou vivo. Agradeço a essa equipe maravilhosa, a minha família e a Deus por esse momento de alegria. Estou mais confiante agora que sairei daqui sem sequela para viver feliz ao lado da minha família”, citou emocionado.

O diretor do INTO e Hospital de campanha, médico Osvaldo Leal, destaca todo o trabalho em torno da recuperação dos pacientes. “Celebrar a vida de nossos pacientes tem se tornado um hábito de nossa equipe. Importante nestes momentos destacar a luta pela vida e o trabalho em torno da recuperação de nossos pacientes”, conclui o gestor.

Continuar lendo

Acre

Rio Branco amanhece sob forte nevoeiro; veja as fotos

Publicado

em

Diversos pontos na região central de Rio Branco amanheceram com uma forte neblina nesta quinta-feira (24). O fotojornalista do ac24horas, Sérgio Vale, registrou algumas imagens.

Nas fotografias é possível constatar que os motociclistas devido a intensidade do nevoeiro tiveram que levantar a viseira de seus capacetes para tentar alguma visibilidade. Em outra imagem, uma parte da ponte Sebastião Dantas.

Segundo os meteorologistas da Climatempo, o fenômeno é mais comum no inverno, mas aconteceu agora por haver bastante umidade na atmosfera.

Segundo o meteorologista, o tempo nesta quinta-feira (24) será de bom, sem chuvas, com baixa umidade do ar, que vai predominar no Acre, em Rondônia, no Amazonas (sudeste, sul e sudoeste), em Mato Grosso, na Bolívia (planícies) e no Peru (região de selva).

Nas demais áreas do Amazonas, poderão ocorrer chuvas fortes, acompanhadas de raios. No Distrito Federal, em Goiás e na maior parte de Mato Grosso, tempo seco, com sol e poucas nuvens. Em Brasília, em Goiânia e nos arredores, a temperatura cai rapidamente durante a noite.

Fotos: Sérgio Vale/ac24horas (PROIBIDA A REPRODUÇÃO)

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Continuar lendo

Acre

Mais de 72 mil estão aptos a tomar a segunda dose da vacina no Acre

Publicado

em

Ao menos 72.768 acreanos devem procurar os postos de saúde em todo o Estado para tomar a segunda dose das vacinas contra a Covid-19.

O Acre aplicou até agora, de acordo com os dados que constam na plataforma do E-SUS Notifica, alimentada pelos municípios, cerca de 205.656 1ª doses, dessas já estão aptas a tomar a 2ª dose, explica o epidemiologista da Secretaria de Estado da Saúde, Marcos Lima: “conforme os critérios de tempo definidos pelo Ministério da Saúde, 116.989 pessoas, sendo que 44.221 pessoas já fizeram isso, ainda faltam 72.768”.

O Ministério da Saúde indicou que o último lote de vacinas enviados ao Acre, com 19.250 doses, é para essa finalidade -a de completar a imunização.

Continuar lendo

Acre

Após reunião, ExpoAcre deve ocorrer entre outubro e novembro deste ano

Publicado

em

A secretária Estadual de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique, revelou nas redes sociais que esteve reunida com a Associação Comercial, Industrial, de Serviço e Agrícola do Acre (ACISA) para definir as tratativas de realização da ExpoAcre 2021. Além disso, existe a possibilidade do governo promover a tradicional Cavalgada.

Sinhasique destacou que o governo estuda a possibilidade da realização da feira agropecuária entre os meses de outubro e novembro. Segundo a gestora, a realização da maior feira do Acre deve levar em conta o avanço da vacinação. “Começamos as tratativas que levam em conta a vacinação que está avançando rapidamente, as adequações sanitárias, o clima e o tempo, as estruturações que precisam ser readequadas para essa realidade, a data, os shows, as reformas e inscrições de participantes”, declarou.

Sinhasique ressaltou que a partir de agora terá muito trabalho pela frente. “Com responsabilidade, trabalhos em conjunto e todas as medidas que precisam ser adotadas vamos fazer a retomada da economia e da vida no Acre”, explicou.

A tradicional feira ocorre anualmente na segunda quinzena de julho, no entanto, a última ExpoAcre ocorreu em 2019, pois em 2020 o evento foi cancelado por conta da pandemia do novo coronavírus.

A festa é a maior no campo do agronegócio no estado. Em 2019, durante nove dias, a ExpoAcre movimentou mais de R$ 74 milhões e atraiu mais de 200 mil pessoas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas