Conecte-se agora

Comercio de Capixaba fecha as portas temendo ação violenta do exercito boliviano

Publicado

em

E o final de semana na pacata cidade de Capixaba, distante 80km da capital Rio Branco, foi tomado pelo medo. Comerciantes adotaram o toque de recolher, temendo um confronto com o exercito boliviano. O exercito brasileiro vem patrulhando a região, mas mesmo assim o clima é de tensão.

Autoridades do Acre informaram que representantes do governo boliviano estão a caminho do Acre para apaziguar as contendas.

Da Redação ac24horas.com

Acre

ICMBio abre concurso com vagas para o Acre; veja o edital

Publicado

em

O edital do concurso para o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (29). Das 171 vagas do edital, 110 são destinadas ao técnico ambiental e 61 para o analista ambiental, que exigem os níveis médio e superior, respectivamente. Ao Acre são destinadas 14 vagas, sendo 9 T.A. e 5, A.A.

São exigidos nível médio e superior, respectivamente. Os cargos proporcionam remunerações que vão de R$4.063,34 para o técnico; e R$8.547,64 para o analista.

Acesse o edital: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/edital-n-1-icmbio-de-26-de-novembro-de-2021concurso-publico-para-provimento-de-vagas-nos-cargos-de-analista-ambiental-e-de-tecnico-ambiental-363030357

Continuar lendo

Acre

Familiares de presos voltam a fechar ponte do Rio Envira na BR-364

Publicado

em

Familiares de presos voltaram a fechar na manhã desta segunda-feira, 29, a ponte do Rio Envira na BR-364 em Feijó, interior do Acre. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com informações, o fechamento é em razão das más condições do presídio da cidade e pela falta de comunicação com os seus respectivos familiares.

Desde da última quinzena, diversos municípios, inclusive, a capital vem tendo ruas, avenidas e pontes fechadas por familiares de apenados.

O protesto na última sexta, 26, em Sena Madureira, ocorreu devido a suspensão de visitas nos presídios devido à paralisação dos policiais penais, que estão em um movimento pela aprovação da Lei Orgânica (LO) que regulamenta a categoria.

O projeto foi enviado no último dia 8 para a Casa Civil depois de passar por reformulação pelo grupo de trabalho criado pelo governo do Acre, em julho do ano passado, no entanto, o PL segue parado na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que consequentemente decidiram suspender o banco de horas.

Os policiais penais afirmam que o projeto não contempla todas as pautas deles, como equiparação de salários com as outras forças de Segurança, incorporação da gratificação aos salários e passá-los para nível superior.

Continuar lendo

Acre

Preço do ovo aumenta 35% em Rio Branco nos últimos 12 meses

Publicado

em

Uma pesquisa econômica aplicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou que o Rio Branco é a capital onde a inflação do ovo apresentou alta de 35% nos últimos 12 meses.

De acordo com os dados, antes, a unidade do item alimentício custava em média, 25 centavos e máxima de 50, nos últimos meses analisados, a unidade do ovo está custando R$ 75 centavos nos estabelecimentos comercias.

O economista Rubicleis Silva, disse em entrevista à Rede Amazônica nesta segunda-feira, 29, que o cenário tende a piorar. Para ele, o aumento no ovo tem a ver com as recentes altas no preço da carne, galinha e demais proteínas. “Com o aumento na demanda, as pessoas tenderam a consumir mais ovos, naturalmente houve aumento. Não temos perspectiva de melhora, ela tende a piorar, o Banco Central errou todos os números da inflação, eles deram margem de 5% e já estamos em 10%”, explicou.

O economista destacou que a inflação no Acre está em alta em 2021, gerando o aumento excessivo dos preços. “Vamos chegar a 15%. Com isso a inflação tende a ser maior do que projetado”, encerrou.

Continuar lendo

Acre

Policiais Penais deixam quase 600 presos nas mãos do governo

Publicado

em

Na noite deste domingo, 28, todos os chefes de equipes e coordenadores administrativos, de inteligência e de segurança do presídio Evaristo de Moraes, situado em Sena Madureira, interior do Acre, decidiram em comum acordo entregar seus cargos ao mesmo tempo. No total, foram entregues 9 cargos, entre eles 4 chefes de equipe, coordenador de segurança, administrativo, produção, inteligência e monitoramento eletrônico.

A decisão foi motivada após o governo enviar ao presídio homens do GEFRON e do GPOE em meio a um movimento dos policiais penais, que entenderam se tratar de uma tentativa de enfraquecer a classe.

O presídio de Sena Madureira abriga atualmente quase 600 presos. “Sem a atuação dos chefes de equipes, é impossível o bom andamento
do serviço diário, a atualização do sistema e outras necessidades. Não sabemos como o IAPEN vai lidar com isso”, informou um policial.

A intenção do movimento é sensibilizar os policiais penais que possuem cargos em outros presídios para que adotem a mesma postura. Uma outra decisão é seguir apenas o chamado Procedimento Operacional Padrão, chamado POP, e não estão aceitando o banco de horas.
A reportagem do ac24horas tenta falar com Francisco de Assis, diretor do presídio em Sena Madureira, mas não obteve retorno até o momento.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas