Conecte-se agora

Governo do Acre já investiu R$ 22,4 milhões na construção de escolas, diz agência

Publicado

em

Concita Cardoso – da Assessoria da SEE

Oferecer educação de qualidade na zona urbana e rural com escolas bem estruturadas e equipadas. Este é o objetivo do Governo do Estado que, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), investiu nos anos de 2011 e inicio de 2012, investiu recursos na ordem de R$ 22,4 milhões na construção, reforma e ampliação de 150 escolas em19 municípios acreanos.

Em 2011, cerca de 20 municípios foram contemplados com escolas que oferecem os ensinos Fundamental e Médio (Foto: Mardilson Gomes)

Em 2011, cerca de 20 municípios foram contemplados com escolas que oferecem os ensinos Fundamental e Médio (Foto: Mardilson Gomes)

Em 2011, os municípios de Assis Brasil, Bujari, Brasileia, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Feijó, Jordão, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Plácido de Castro, Porto Acre, Porto Walter, Rio Branco, Santa Rosa, Sena Madureira, Senador Guiomard, Tarauacá e Xapuri, foram contemplados com escolas que oferecem os ensinos Fundamental e Médio.

Para Valcicléia Mendes, que reside no Seringal Cachoeira, em Xapuri, “com os investimentos na educação todos saem ganhando. Estamos recebendo uma educação que não se diferencia da que é oferecida nas cidades. Temos potencial para concorrer em igualdade com alunos de todo o estado, principalmente no que diz respeito às provas do Enem, que visam o acesso a uma universidade”.

A mudança de vida e a alegria de pais, alunos e professores são percebidas em todos os lugares onde as escolas são inauguradas. “Estudo na escola dos meus sonhos”, relatou apequena Maria de Fátima Ferreira, aluna do oitavo ano da Escola José de Sousa Martins, localizada na zona rural do município de Rodrigues Alves, inaugurada no último dia 4 de abril.

Escola José de Sousa Martins, localizada na zona rural do município de Rodrigues Alves, inaugurada no último dia 4 de abril  (Foto: Mardilson Gomes)

Escola José de Sousa Martins, localizada na zona rural do município de Rodrigues Alves, inaugurada no último dia 4 de abril (Foto: Mardilson Gomes) 

A alegria de Maria de Fátima é justificada se levado em conta que sua escola foi construída no mesmo padrão de uma escola da zona urbana e vai beneficiar mais de 130 famílias.

Educação garante melhoria na qualidade de vida

A Escola Rural Esperança do Povo, no Seringal Cachoeira, é fruto do ‘Projeto Seringueiro’ implantado pelo Centro de Trabalhadores da Amazônia  (Foto: Mardilson Gomes)

<<< A Escola Rural Esperança do Povo, no Seringal Cachoeira, é fruto do ‘Projeto Seringueiro’ implantado pelo Centro de Trabalhadores da Amazônia (Foto: Mardilson Gomes)

Além de Rodrigues Alves, os municípios de Porto Acre, Xapuri e Epitaciolândia também tiveram suas escolas inauguradas recentemente. Em Porto Acre, a Escola Estadual Rural Cristo Rei vai atender alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e de alfabetização por meio da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A chuva não apagou o brilho da inauguração da Escola Rural Esperança do Povo, no Seringal Cachoeira. A escola vai beneficiar 147 pessoas. Ela é fruto do ‘Projeto Seringueiro’implantado pelo Centro de Trabalhadores da Amazônia (CTA) na década de 1980, tendo dele participado personalidades como Chico Mendes, Binho Marques e Marina Silva. Na época, a ideia desses líderes era criar uma escola que atendesse crianças, jovens e adultos que residiam naquela comunidade.

A presidente da Associação de Moradores e Produtores do Projeto Agroextrativista Chico Mendes (AMPPAE – CM), Naza Mendes, relatou que a reinauguração da escola marca o início de uma nova história. “Os investimentos feitos na educação nos últimos 13 anos permitiram que nossos filhos se formassem e voltassem para dar aula na comunidade, uma prova do respeito e compromisso do Governo com o povo do Acre”, relata.

O retrato da importância da educação na vida das pessoas é possível visualizar na vida da estudante Valcicléia Lima, ela relata que “antes era complicado estudar devido àsdificuldades no acesso a escola. Hoje a realidade mudou e tudo está bem mais fácil. Não imaginávamos que o Ensino Médio iria chegar na nossa comunidade. Isto nos incentiva a aumentar o nível de escolaridade. Hoje ninguém mais nos segura”, garante.

Mais de 670 Escolas Rurais recebem investimentos através do Proacre

Os investimentos financeiros do Estado em parceria com os municípios, oriundos do Proacre e de recursos próprios chegam a R$ 18 milhões (Foto: Mardilson Gomes)

<<< Os investimentos financeiros do Estado em parceria com os municípios, oriundos do Proacre e de recursos próprios chegam a R$ 18 milhões (Foto: Mardilson Gomes)

Na implementação da segunda etapa do programa estão sendo beneficiadas 672 escolas rurais do Estado e das prefeituras, com ações de reformas, ampliações, adequações e manutenções da rede física, aquisição de equipamentos e mobiliário escolar, onde parte já está com os serviços concluídos. Isso representa o fortalecimento da autonomia escolar, tão almejada pelas comunidades.

Os investimentos financeiros do Estado em parceria com os municípios, oriundos do Proacre e de recursos próprios chegam a R$ 18 milhões, os quais são transferidos diretamente às contas dos Conselhos e Consórcios Escolares da rede estadual e municipal de ensino em todo o Estado, visando à implementação de práticas de descentralização administrativa e operacional das unidades escolares localizadas nas Zonas de Atendimento Prioritário (ZAPs).

O grande desafio agora é garantir o padrão de qualidade necessário para oferecer melhores condições no desenvolvimento das práticas de ensino-aprendizagem, ampliar os níveis de acesso aos serviços educacionais e garantir qualidade na educação, com a consequente elevação dos índices de desenvolvimento da educação básica.

Para o secretário de Estado de Educação, Daniel Zen, “a abrangência do programa é extraordinária. Ele já chegou a 672 comunidades rurais (Foto: Mardilson Gomes)

<<< Para o secretário de Estado de Educação, Daniel Zen, “a abrangência do programa é extraordinária. Ele já chegou a 672 comunidades rurais (Foto: Mardilson Gomes)

As prefeituras são parceiras na execução do programa, pois garantem a estrutura de logística e apoio às suas escolas, que são a maioria, um total de 381 escolas municipais, enquanto o Estado alcança 291 escolas na sua rede de ensino. A grande sacada do programa, considerado revolucionário, é exatamente o envolvimento e a participação das comunidades rurais beneficiadas na execução dos recursos.

Para o secretário de Estado de Educação, Daniel Zen, “a abrangência do programa é extraordinária. Ele já chegou a 672 comunidades rurais e cada escola beneficiada representa uma comunidade alcançada, onde grande parte delas é de difícil acesso e nunca antes havia recebido ou executado diretamente um centavo de recursos públicos”.

O Coordenador Estadual dos Subprojetos Escolares do Proacre, Maurilho da Costa Silva, ressalta que “é gratificante ver que quase a totalidade dessas comunidades tem superado as dificuldades para receber e executar os recursos financeiros, pois para elas, ter uma escola nova, reformada e equipada dar prazer aos seus filhos em estudar, e principalmente por ver um direito constitucionalmente garantido sendo implementado em sua comunidade”.

Investimentos nos 22 municípios:       Recursos do Estado, oriundos do Proacre: R$ 16.829.111,68       Recursos próprios do Estado: R$ 1.192.157,71

       Recursos de contrapartida das prefeituras: R$ 308.735,00

       Recursos do Estado executados em parcerias com as prefeituras: R$ 8.389.549,43

       Recursos do Programa Nossa Escola: R$ 4.377.295,66

       Total de escolas rurais beneficiadas: 672 escolas, sendo 291 do Estado e 381 em parcerias com as prefeituras.

       Recursos aplicados em reformas, reconstruções, ampliações e manutenção das escolas rurais: R$ 15.923.928,77

       Recursos aplicados em aquisição de equipamentos e mobiliário escolar: R$ 2.118.748,38

       Total de salas de aulas que estão sendo reformadas, ampliadas e/ou reconstruídas: 1.200

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Acre não registra mortes, mas tem 12 novos casos de Covid-19

Publicado

em

Em boletim divulgado na tarde desta terça-feira, 27, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) registrou 12 novos casos de infecção por coronavírus, sendo cinco confirmados por exames RT-PCR e sete resultados de testes rápidos, fazendo com que o número de infectados salte para 86.999 nas últimas 24 horas.

Nenhuma notificação de óbito foi registrada nesta terça, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 permaneça em 1.797 em todo o estado.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Continuar lendo

Acre

OAB/AC faz levantamento de necessidades da advocacia

Publicado

em

Advogados das regiões de Tarauacá/Envira e do Juruá receberam a visita da Presidência da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC) na última semana. Os encontros tiveram o objetivo de escutar a advocacia dos municípios das macrorregiões do interior do estado sobre os desafios da classe e os avanços já conquistados nos últimos três anos de gestão.

Os profissionais das cidades de Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó, Tarauacá e Cruzeiro do Sul puderam compartilhar – presencialmente – com os dirigentes da Seccional acreana os problemas que têm enfrentado para exercer a profissão. Segundo o presidente da entidade, Erick Venâncio, esta escuta ativa faz parte do projeto de interiorização dos serviços da Ordem nos municípios, iniciado em 2019.

“Apesar da pandemia, nós sempre estivemos muito próximos da advocacia do interior. E este é o momento que sentamos para dialogar, colher críticas, sugestões e preparar novos projetos para o futuro, a partir daquilo que a advocacia entende ser o mais adequado”, explica Venâncio. O presidente ressalta que os profissionais do Alto Acre ao Juruá precisam ter condições dignas de trabalho para exercerem bem as suas funções diárias.

Também estiveram presentes nas visitas a vice-presidente da OAB/AC, Marina Belandi, que aproveitou a oportunidade para levantar demandas relacionadas às violações de prerrogativas, e o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/AC), Thiago Poersch, que apresentou os benefícios, projetos e auxílios da instituição voltados à classe.

Assessoria

Continuar lendo

Acre

Educadores prometem greve após encontro negado com Bocalom

Publicado

em

Centenas de servidores da Educação realizaram na manhã desta terça-feira, 27, uma manifestação em frente à prefeitura de Rio Branco para cobrar melhorias de trabalho para a categoria. De acordo com os manifestantes, caso não haja acordo, os profissionais planejam entrar em greve.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, a categoria tinha uma reunião marcada com representantes da prefeitura às 9 da manhã, porém, não foram recebidos no horário marcado.

A professora da rede pública de ensino, Silvia Costa, diz que a categoria almeja aumento no pagamento da insalubridade, revisão do plano de carreira, reposição inflacionária, auxílio alimentação e valorização da equipe de gestores. “Os gestores estão com a perda salarial acentuada”, declarou.

Continuar lendo

Acre

Seis pessoas ficam feridas em colisão entre caminhão e carro

Publicado

em

Uma colisão entre um caminhão baú e um carro deixou seis pessoas feridas na manhã desta terça-feira, 27. O acidente aconteceu na rua América, situada no bairro Nova Estação, em Rio Branco. De acordo com informações da polícia, a motorista do veículo Fiat Idea, de cor bege, trafegava com uma passageira no banco da frente e três crianças no banco traseiro na rua Palmares, quando teria invadido a preferencial na rua América.

Com isso, colidiu na lateral da cabine do caminhão baú de transportes de frios. Com o impacto, o motorista do caminhão perdeu o controle da direção, subiu na calçada e derrubou o muro de uma residência. Já o carro (Fiat Idea) ficou com frente e para-brisa destruídos.

Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionadas, bem como o Corpo de Bombeiros. Após os primeiros atendimentos às vítimas, as mesmas (seis pessoas) foram encaminhadas ao pronto-socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

A área foi isolada pelos Policiais do Batalhão de Trânsito para os trabalhos de perícia. Após a perícia os veículos foram removidos e a rua liberada.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas