Conecte-se agora

Em clima pesado, sessão da Câmara é suspensa no grande expediente

Publicado

em

O clima está pesado na sessão legislativa desta terça-feira (27) na Câmara Municipal de Rio Branco. Tudo por conta das declarações dos vereadores da base do prefeito Raimundo Angelim, do PT, na polêmica que envolve a aprovação através de empréstimo junto à Caixa Econômica Federal. Os vereadores Sargento Vieira [PPS] e Alonso Andrade [PSDB] foram duros ao dizer que não aceitam falta de respeito no tratamento do assunto.

– O que estamos cobrando é transparência. Alguém está mentindo nesse jogo. A secretária de planejamento do Angelim fala uma língua e os vereadores da base falam outra. Afinem seus discursos, apresentem dados e tragam o projeto para votação. Digam aonde o governo gastou, aonde a prefeitura gastou, quanto entrou de ajuda de Igrejas, de empresas, do governo de São Paulo, ai a gente aprova o empréstimo – disse Vieira.

Os vereadores Roger [PSB] e Elias Campos [PRP] permaneceram calados e sem dar respostas as provocações feitas pela oposição. Não há garantia de que o projeto será colocado em votação nesta terça-feira. A base de Angelim conta no plenário, com o desfalque da vereadora Ariane Cadaxo [PCdoB].

Acre

Duarte apresenta PL que acaba com a taxa de licenciamento de veículos

Publicado

em

O deputado estadual Roberto Duarte (Republicanos) protocolou na Assembleia Legislativa nesta segunda-feira, 23, o Projeto de Lei (PL) que põe fim ao pagamento da Taxa de Renovação de Licenciamento Anual de Veículo (TRLAV) no Estado do Acre. Atualmente os contribuintes pagam uma taxa de licenciamento anual no valor de R$184,10.

O principal argumento do autor do PL, deputado Roberto Duarte, é a implantação da emissão digital do documento de licenciamento. Atualmente, o motorista pode ter acesso ao Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) por meio de um aplicativo.

“Com a emissão do documento de forma digital, a cobrança pela prestação do serviço se faz descabida. Peço a todos os deputados que fiquem ao lado do povo. A cobrança da taxa ainda pesa no orçamento do contribuinte num momento crítico, em que as dificuldades financeiras atingem muitas famílias no Estado do Acre, que gastam valores exorbitantes com energia elétrica e combustível. Vamos lutar pela isenção dessa taxa”, afirmou.

O CRLV é emitido exclusivamente de forma eletrônica por meio do site do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC). Portanto, o proprietário do veículo não receberá mais a versão impressa e poderá fazer a cópia, bem como do documento do carro digital com o QR Code gerado pelo DENATRAN.

O PL surgiu após sugestão do cidadão

Andresso Magalhães, em conversa com o deputado Roberto Duarte.

“Procurei o deputado, pois acredito que ele é um dos únicos que luta pelas causas do povo. Ouvi ele falando na rádio sobre ICMS da energia solar e procurei para mostrar o PL sobre essa causa. Se o Detran não está imprimindo o papel desse documento, tem que pelo menos baixar essa taxa”, disse Andresso.

Continuar lendo

Acre

Polícia do DF prende namorado de acreana encontrada queimada

Publicado

em

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, na manhã desta segunda-feira, 23, o suspeito de matar Marina Paz Katriny, de 30 anos. A vítima foi encontrada na última quarta-feira, 18, com o corpo parcialmente carbonizado.

De acordo com informações, o homem, que não teve sua identidade divulgada, era namorado da vítima. O caso é investigado pela 17ª Delegacia de Polícia e foi registrado como feminicídio.

Segundo o delegado Mauro Aguiar Machado, durante o interrogatório, o acusado confessou que matou a namorada e detalhou o crime. Mais informações devem ser repassadas em entrevista coletiva.

Marina morava há 6 anos com uma tia em Brasília, era formada em pedagogia e pós-graduada em ensino especial. Se mudou para a cidade em busca de oportunidades.

A acreana foi enterrada neste domingo, 22, ao lado de seus familiares e amigos. Uma vaquinha foi realizada para custear o translado de seu corpo até Rio Branco e em poucas horas atingiu a meta.

Continuar lendo

Acre

Nenê Junqueira foi multado por dirigir carro da SEPA embriagado

Publicado

em

O ex-secretário Nenê Junqueira, da pasta de Produção e Agronegócio (SEPA), foi flagrado numa caminhonete da secretaria no trevo de Senador Guiomard, na Rodovia AC-40, quando retornava de uma viagem à Xapuri no final da tarde do último dia 16 de abril, cinco dias antes de ser exonerado do cargo.

De acordo com o auto de infração, o próprio Nenê, que se chama José Aristides Junqueira Franco Júnior, dirigia a caminhonete pertencente à SEPA de placas QWN0C23. Ao ser parado, o ex-secretário apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Por isso, foi multado por dirigir sob influência de álcool e a caminhonete só foi liberada com a chegada de uma outra pessoa habilitada. O valor da multa, sem os descontos, se aproxima dos R$ 3 mil. A infração é considerada gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro e custou 7 pontos na CNH de Nenê Junqueira.

A reportagem falou com Nenê Junqueira que confirmou que se recusou a fazer o bafômetro e afirma que já recorreu da multa. “Estou recorrendo dessa multa, eu me recusei a fazer o bafômetro e na multa consta que foi álcool zero, por isso estou recorrendo. As duas são infrações distintas”, disse Junqueira, sem negar que estava dirigindo sob efeito de álcool.

Junqueira foi uma indicação do senador Márcio Bittar (MDB) para ocupar a SEPA, mas recentemente foi substituído pelo médico veterinário Edivan Maciel. Desde da exoneração, Junqueira tem adotado uma postura de defender Bittar nas redes sociais e de vez ou outra alfinetar a gestão do governador Gladson Cameli, evidenciando ainda mais o racha dos dois grupos.

Continuar lendo

Acre

Cunhada de Tchê é exonerada de cargo comissionado da SEE

Publicado

em

A indefinição do PDT no apoio à reeleição do governador Gladson Cameli começa a custar a cabeça de indicados do deputado estadual Luiz Tchê, principal nome da legenda no Acre.

No Diário Oficial desta segunda-feira, 23, Gladson exonerou a cunhada do parlamentar, Marina Lostarnaud Galvão Schafer. Marina ocupava uma CEC-5 na Secretaria de Educação.

As relações entre o Palácio Rio Branco e o PDT ficaram mais tensas após o presidente estadual do partido, Emylson Farias, afirmar que o partido não tinha fechado questão em relação à reeleição de Gladson e da vereadora Michelle Melo ter colocado seu nome à disposição do partido para uma candidatura ao governo. Michelle teve, inclusive, a irmã exonerada no dia seguinte à declaração.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!