Conecte-se agora

Aécio mantém discurso sobre falta de planejamento do governo do PT

Publicado

em

Jairo Carioca,
da redação de ac24horas
[email protected]

Vinte e sete anos depois, o senador Aécio Neves volta ao Acre e fala sobre reforma estrututural e lembra Euclides da Cunha e Tancredo Neves. “Tancredo lembrou que essa é uma região de brasileiros exilados dentro do seu próprio país”, disse Aécio. De forma carinhosa, Aécio Neves fez questão de prestar solidariedade às vítimas da cheia e reforçar o apoio ao governo do estado e disse que o Acre tem condições de se desenvolver a longo prazo.

“Quero ouvir o que os companheiros dessa região têm a dizer; temos muito que refletir sobre o que é possível fazer pelo Acre que não vem sendo feito. Apesar do aparente cenário de pleno desenvolvimento, na verdade vivemos grandes desigualdades”, ressaltou Aécio Neves.

Aécio disse que teve oportunidade de encontrar pessoas. Lembrou da eleição na Câmara dos deputados e disse que Bocalom é uma usina de aprendizagem. Para Aécio, a vida pública é oportunidade de convergir, de conciliar, de não perder de vista aquilo que nos une na politica.

“A população já demonstrou nas últimas eleições que deseja uma mudança de postura… de valores”. Aécio garantiu mais do que apoio e solidariedade; garantiu estimulo para alianças. Ele lembrou que já enfrentou o PT e as mesmas forças políticas. Disse que o PSDB  pratica o que prega na propaganda política. E elogiou Tião Bocalom.

Aécio lembrou que durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, o Acre recebeu em média R$ 350 milhões por ano de recursos não obrigatórios. Foi a crítica mais dura que fez aos petistas. Ele disse que teve o cuidado de antes de vir ao Acre consultar os investimentos feitos pelo governo federal em 2010, e se surpreendeu. Segundo Aécio, apenas R$ 80 milhões foram repassados ao Estado.

“Trago o abraço dos mineiros e a solidariedade do povo de Minas Gerais, estamos ofertando por meio da defesa civil a doação de cestas básicas e colchões, com objetivo de minimizar e socorrer os mais atingidos. Agora cabe aos governos se entenderem para que esse benefício chegue ao estado”, ressaltou.

Esticando a fala sobre as reais chances de vitória de Tião Bocalom, na disputa pela prefeitura de Rio Branco, o senador demostrou otimismo e não economizou nos elogios ao tucano. Ainda ressaltou a importância da união entre os partidos de oposição, como única saída para a vitória nessas eleições.

“Tião Bocalom é um nome de enorme respeito e tem todas as qualidades que sintetizam o que o PSDB prega: a honestidade e o trabalho. Nós temos aqui possibilidades enormes de sairmos vitoriosos se tivermos unidos, mas para isso é preciso um entendimento em torno de um grande projeto coletivo. A minha defesa é por um projeto alternativo de alianças em torno de projetos e não de interesses, por isso estarei estimulando sempre o entendimento e o despreendimento entre os partidos. Espero que as lideranças de oposição no Acre possam compreender que unidos seremos muito mais fortes. No que depender de mim, estaremos juntos para discutirmos um grande projeto para Rio Branco e as principais cidades do Acre, pois onde o PSDB governa mostra sua eficiência e governa muito bem”, conclui.

O neto de Tancredo Neves também disse que “a arte da politica é administrar o tempo”, ao explicar o processo interno em torno de sua possível indicação para concorrer a presidência da república. Para ele, o momento político é de reflexão. Ele pediu menos propaganda e mais ação. “A política feita com responsabilidade e planejamento, pode transformar a vida das pessoas”.

O presidenciável lembrou seu mandato frente ao Estado de Minas Gerais. Citando o choque de gestão, Aécio disse que Minas era uma porta que não fechava. Acrescentou que sem fazer discurso, fez o choque de gestão, um modelo que deve ser aplicado aos estados brasileiros. “Acabei com cargos comissionados, que vocês conhecem tão bem e que gastam com apadrinhados políticos.

– Essa é a diferença que o PSDB vai fazer. Não faço ataques pessoais, critico a estrututura. O PT abriu mão de ter um projeto de Brasil para ter um projeto de poder. Um país a serviço de seu partido e seus aliados – acrescentou Aécio.

Antônia Lúcia chora e declara apoio a Tião Bocalom

Em meio a festa tucana, a deputada federal Antônia Lúcia [PSC], aceitou o convite público feito pelo senador Aécio Neves e declarou ontem (22) apoio a pré-candidatura de Tião Bocalom à prefeitura de Rio Branco. Agora são cinco os partidos que compõe ao lado do tucano: PSDB, PTC, PRTB, PSC, PTdoB.

– Pela perseguição, por tudo o que aconteceu nas eleições passadas, eu declaro apoio a você Bocalom  –,  disse Antônia Lúcia.

Ela se emocionou ao falar sobre política e disse que sofre muito com a perseguição. Antônia Lúcia teve seu nome ecoado em coro pelo público que lotou o auditório. Ao lado de Bocalom, a bispa prometeu ajudar a fazer uma das maiores correntes políticas de oposição.

 

 

 

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Acre registra mais duas mortes e 39 novos casos de Covid-19

Publicado

em

Em boletim divulgado nesta segunda-feira, 02, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), registrou 39 novos casos de infecção por coronavírus, sendo todos confirmados por exames RT-PCR, fazendo com que o número de infectados salte para 87.186 nas últimas 24 horas.

Duas notificações de óbitos foram registradas nesta segunda-feira, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.802 em todo o estado. De acordo com o boletim, 27 pessoas seguem internadas entre leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e de enfermaria.

Até o momento, o Acre registra 239.015 notificações de contaminação pela doença, sendo que 151.816 casos foram descartados e 13 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. 84.869 pessoas já receberam alta médica da doença.

Continuar lendo

Acre

Imunização de adolescentes em Rio Branco deve iniciar nesta semana

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa) deverá iniciar a vacinação contra Covid-19 de adolescentes nesta semana. Segundo a assessoria da Semsa, a imunização começará pelos adolescentes de 17 anos com ou sem comorbidades. O imunizante utilizado será da Pfizer.

Segundo a pasta, o que falta ainda para o início da vacinação desse público é uma autorização da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que deverá ser reunir nesta segunda-feira, 02, ou terça-feira (03).

A Semsa afirmou que a decisão de começar apenas com uma faixa-etária ocorre devido ao público alvo de adolescentes entre 12 a 17 anos ser muito grande em Rio Branco. Ao total, são 50 mil, segundo dados colhidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Segundo levantamento da equipe do ac24horas junto à Semsa, mais de 193 mil pessoas adultas já foram imunizados com a primeira dose, sendo que 61.798 pessoas já completaram o ciclo de imunização com as duas doses ou dose única, ou seja, mais de 70% da população [284 mil] de Rio Branco já tomou a primeira dose.

Continuar lendo

Acre

Integrantes do cadastro de reserva da PM acampam na Aleac

Publicado

em

Na manhã desta segunda-feira, 2, os integrantes do Cadastro de Reserva (CR) do último concurso da Polícia Militar do Acre acamparam em frente à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) em busca da convocação do restante dos membros que ficaram de fora da última convocação.

Vanessa Morais, integrante do cadastro de reserva, contou que a manifestação surgiu após a declaração do governador Gladson Cameli em realizar novos concursos em 2021. Para ela, seria interessante a atual gestão aproveitar o restante do cadastro de reserva, algo em torno de 250 aprovados.

“O motivo de sempre, cobrar a convocação. Ao todo, eram 450 em manifesto na Aleac, na última vez ele prometeu chamar todos, teve a solenidade e foram anunciados e o número caiu para 325. Na convocação diminuiu para 200”, declarou.

A integrante se posicionou favorável ao anúncio do governador de que enviará a Aleac um PL para o remanejamento de dos aprovados para o Corpo de Bombeiros. “Em uma reunião a defasagem é de 125 militares, não contempla a todos. A manifestação começou hoje pela manhã às 8 horas e não tem hora para acabar”, ressaltou.

Continuar lendo

Acre

Matriarca da família Sales, Altiva Rodrigues morre em Brasília

Publicado

em

Em Brasília, nesta segunda-feira, 02, faleceu no Hospital Santa Lúcia, a matriarca da família Sales, Altiva Rodrigues Costa, 90 anos, vítima de um colapso no coração.

Dona Altiva é mãe do secretário municipal de Meio Ambiente, Normando Sales. Ela deixa 26 netos, nove bisnetos nascidos e dois a caminho.

A informação foi confirmada em nota publicada pela prefeitura de Rio Branco, assinada pelo prefeito Tião Bocalom (Progressistas).

“Toda a equipe da Prefeitura de Rio Branco lamenta a perda da matriarca da família Sales. Que Deus conforte a família e os amigos neste momento de dor e sofrimento”, diz em nota.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas